História Darkness ( Imagine Baekhyun ) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun
Tags Byun Baekhyun, Drama, Fluffly, Imagine, Sobrenatural, Violencia
Exibições 292
Palavras 1.359
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oiiin pessoas <3
Tudo bem ?

Como prometido, mais um capítulo da fanfic para vocês.\(^0^)/

Me desculpem se houver algum erro, ou se ficou muito simples.


Hoje meu dia não está sendo um dos melhores.

Kissus*^3^~ e boa leitura.

Capítulo 15 - Sorry


Fanfic / Fanfiction Darkness ( Imagine Baekhyun ) - Capítulo 15 - Sorry




                [•••]


Não sei o que anda acontecendo comigo. Às vezes estou bem, mas na metade das vezes, não. Sinceramente, Estou parecendo aqueles adolescentes que procuram constantemente uma fortaleza para se abrigar, apenas mágoas que não querem passar.


Não é nada demais, é só uma vontade enorme de chorar até que eu não possa mais. Acredito que não seja nada, só uma dor insistente que não passa. Um vazio que não se preenche. Uma solidão que não é passageira, e sim eterna.

Este é um pedido de socorro, De alguém que já está quase no fundo do próprio poço. Estou quase lá, só preciso de um empurrão. Alguém que já chegou ao deserto total. Eu moro em um mundinho totalmente escuro, Onde só se vive de mentiras, onde só se é possível viver de ilusão.

Eu já não aguento viver desse jeito, é doloroso demais. Maldito destino que insiste em me deixar sozinho.


" Quando vira um nó, já deixou de ser um laço".

                 [***] 


A luz que insistia entrar pelas brechas daquela persiana estavam me cegando aos poucos. Hoje concerteza não era um dia de calor muito menos aquele frio de congelar, tudo estava na medida possível. O Ar condicionado daquele mísero quarto era horrível, pouco se podia respirar. 


Meus olhos molhados continuavam a derramar lágrimas sem sentido, mesmo que já tivesse passado algumas horas do ocorrido com ____, eu ainda me culpava fortemente. 

Eu preciso mudar esse meu jeito de tratar as pessoas, principalmente _____.Irei mudar sim, mas não pelos outros e sim por mim. 

Pelo menos irei tentar. 


Eu tento... Tento não machucá-la, porém eu sempre falho. Não prometo porque sei muito bem que não irei conseguir. Eu sou um verdadeiro fracassado, cheio de coisas absurdas em mente. 

Olha para você _____, Uma garota comum como qualquer outra nesse mundo, com um poder enorme sobre mim. Você me vicia a cada segundo que passa. 

Eu poderia ficar com qualquer garota, que em um estalar de dedos eu conseguiria arrancar tudo delas, mas com você é totalmente diferente. Você é diferente das outras, porque você ____ é única e é isso que faz eu te amar. Me desculpe se eu não soube te dar o verdadeiro valor que uma mulher precisa ter. 

Enfim...

 E eu, Sou Byun Baekhyun um homem idiota de carteirinha, que tem tudo nas mãos. Inclusive uma mulher perfeita igual à você, porém eu sou tão imbecil que não dei o verdadeiro valor a pessoa que eu dizia amar. 

e é por esse motivo que eu tenho que dar um fim nisso tudo, Antes que eu te machuque mais ainda.Será melhor assim, pra mim e pra você. 


                         *

Não sei quanto tempo estou sentado nessa cadeira esperando ___ acordar. O tique taque daquele pequeno relogio pendurado naquela parede branca realmente, não colaborava comigo. Dentro desses minutos insuportaveis eu já havia cuidado de seus machucados, enquanto a mesma se mantia desacordada. Ela estava em um estado deplorável. 


Porém o bom de tudo isso é que nenhum médico ou enfermeira se atreveu a vir aqui me pertubar. 


- ______ acorde, o daddy não está mais aguentando esperar - Minha vontade de sair desse maldito lugar era sem dúvidas, enorme. Isso é tudo culpa daquele desgraçado do Lay, se não fosse aquele inseto nem aqui eu estava. Talvez, estaria em casa apreciando minha obra de Arte nominada de Oh Sehun, enquanto acendia meu maravilhoso cigarro. 



        *Ligação On* 



- Porque fez isso comigo seu imbecil? Você prometeu a mim que não iria cometer isso novamente, mas pelo o que estou vendo, você não é bom com promessas não é mesmo Lay? Ou será que devo lhe chamar de Yixing? -



- Me poupe de suas paranoias e joguinhos baratos Baekhyun! Você é completamente maluco. Mas não se preocupe, seu segredo estará bem guardado -



- Agora eu sou paranoico? Me poupe você que não é digno das próprias palavras, então acho melhor você calar essa maldita boca porque argumento é uma coisa que você nunca irá ter, Não Mude de assunto seu maldito! Não me ameaçe Lay! muito menos jogue chantagem pra cima de mim, você pode acabar se dando mal com isso.- 


- Lay responda minha pergunta seu desgraçado! Ou será que você não entendeu?  Não me faça repetir novamente-


-Baekhyun você acha mesmo que pode controlar todos a sua volta? se você acha isso está totalmente errado. Porque você não pode, Ouviu? Você não passa de um garotinho com medo da realidade! - A vontade de querer socar a cara desse idiota até que a última gota de sangue caia é muita, só que... eu irei guardar minha vontade e ansiedade quando eu estiver à ponto de matá-lo. 



- Seu desgraçado! quem você acha que é pra falar assim comigo? Lay você é um inútil mesmo. Apenas mais um verme nesse mundo achando que sabe de tudo só porque cursa uma faculdade de merda! Você mexeu com a pessoa errada, e irá pagar as consequências com a própria vida, Acho bom você se esconder ou fugir para bem longe caso contrário eu irei te  achar e arrancar cada membro de seu corpo com um grande sorriso estampado no rosto - 


   ...


             *Ligação Off* 


YA... Que filho da puta! ainda tem a coragem de desligar na minha cara. 


- Baekhyun...você está me dando medo- _____ estava sentada na cama com cara de choro e os olhos levementes arregalados, eu até me assustei porque o olho dela já é um pouco grande e desse jeito parece até que iriam pular pra fora.


- Shii! Não tenha medo Baby o daddy não irá te fazer mal- Coloquei meu dedo indicador sobre seus lábios entre abertos enquanto envolvia meus braços por volta de seu pequeno corpo.

    Não demorou muito para a mesma corresponder ao abraço. Por um momento, todos os meus problemas foram para bem longe de mim, afastando tudo de ruim. Aquele abraço me confortou tanto mentalmente quanto espiritualmente, não queria acabar com esse momento nunca, porém era preciso. 




- Coloca - Tirei minha blusa de frio estendendo em direção à ela.

Como __era pequena, certamente, a blusa iria ficar grande na mesma. O que irá deixá-la mais fofa do que já é. 



- Pra que?- 



- Não faça perguntas idiotas ___! Apenas use-a -



                [***]


- Onde pensa que vai Sr.Byun?- Perguntou o mesmo médico de algumas horas atrás. 


- Agora eu devo satisfações da minha vida pra qualquer um e não estou sabendo, Me de licença! eu tenho coisas mais importantes a fazer.- Puxei______ pela mão, porém o médico ficou na nossa frente impedindo que algum de nós dois passase.



- Sai da minha frente Velho idiota, Eu sou Byun Baekhyun então eu faço o que eu bem quiser!- O empurrei fazendo o mais velho ir de encontro ao chão, pouco me importando se alguém viu ou não.


      



        *FlashBack On *


- Baekhyun! - gritou minha mãe enquanto atendia algum de seus clientes bêbados.


- O que foi mamãe?- Disse enquanto coçava os olhos levemente

- Quero que você vá limpar os banheiros, Agora! - Falava ela enquanto apontava para a vassoura e o balde que concerteza, contia algum produto de limpeza dentro do mesmo.


Não disse nada, apenas segui em frente, pegando apenas o necessario. Chegando lá, O cheiro daquele banheiro era extremamente horrível. Totalmente sujo, cheio de mosca.

Eu não iria limpar aquilo, não mesmo.

30 minutos depois...


- PORQUE VOCÊ NÃO ME OBEDECEU BAEKHYUN?- Os gritos que ela me dava, eram de me deixar surdo. Meu rosto foi para o lado com uma certa agressividade, me fazendo cair de joelhos a sua frente. 


   


             *FlashBack Off*


- _____!- A Chamei fazendo a mesma parar um pouco  mais a minha frente. 

 

- Olhe para mim, babygirl! - Peguei carinhosamente sua mão, o que fez _____ me olhar espantada. 


A puxei selando nossos lábios, fazendo nossas bocas se encaixarem perfeitamente uma na outra. Senti suas pequenas mãos irem em direção ao meu pescoço aprofundando mais o beijo.  


Alguns segundos depois, nesse mesmo ritmo, a falta de ar foi presente.

- Me desculpe, mas não dá mais, Não podemos se ver mais, você precisa ficar longe de mim... pelo seu bem e pelo meu - Eu só queria que ela me entendesse, que eu menos queria era que ela se fosse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...