História Darkness {Namjin} - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Personagens Originais, Rap Monster
Tags Namjin, Namjin Oneshot, Oneshot
Exibições 103
Palavras 517
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Como vocês sabem meus OTP's são Namjin e Yoonseok, então resolvi escrever sobre um deles hihihi
Espero que gostem!
Boa leitura :3

Capítulo 1 - Um simples homossexual


  Na escuridão na noite, só dava para escutar os soluços do hyung.
  Saber que ele chorava por minha causa, me despertava vontade de fazer o mesmo.

A vida é tão injusta. Na verdade, a população era.
  Por que um simples homossexual não pode ser feliz ao lado de seu amado?
   Feliz... Vamos ser sinceros, eu nem lembro mais o significado desta palavra.

  Essas cinco letras, sozinhas não são nada. Precisam uma das outras pra formar essa palavra, que pelo que sei, tem um grande significado.
   A vida é assim também, sozinhos não somos nada. E é por isso, que eu preciso do Kim Seokjin para que meu ser, possa ser finalmente completado.

  -Hyung, você gosta de me fazer sofrer? – perguntei, já esperando uma resposta meio óbvia

  -Não preciso nem responder. – diz, em meio dos choros

  -Então pare de chorar, seu choro me faz sofrer. – digo inocente

  -Eu não consigo. Viu? Eu sou um idiota! Faço até a pessoa que amo sofrer. – o surpreendo com um beijo, que me fez lembrar o sentido da vida

  -Eu te amo, Hyung! – esboço um sorriso – Não vamos "ligar" para aquela maldita foto. Você tem que dar graças que ela terminou com você, assim podemos nos assumir.
  
  A família do Jin hyung é muito rígida pra essas coisas. Eles tem vários tipos de preconceitos, e um deles, é contra homossexuais.

  -O problema não é ela – começou a se explicar – , e sim, os meus pais.

  -A culpa foi minha... Eu não devia ter te beijado, foi esse meu descuido para ela tirar essa foto. – senti lágrimas escorrendo pelo meu rosto


  Nesse ponto da vida, eu não estava mais me importando com nada... A não ser com o homem de cabelos rosados, que estava ao meu lado.
  
  Os poucos carros que passavam na frente daquela praça, ficavam nos olhando, provavelmente achando que um de nós estava sendo estrupado, ou vítima de um assalto.
   Francamente, dois gays não podem mais conversar, sentados no banco de uma praça, duas e quarenta da manhã?

    O que vai ser daqui em diante?

Teríamos que nos separar? Ele iria voltar para casa, dizendo que tudo era uma tremenda mentira, namoraria uma garota fingindo ser hétero, mesmo não estando feliz?

  E eu? Sem sombras de dúvidas, não iria voltar para casa. A coisa que menos quero agora é ver minha família. A única família que quero, é a que possivelmente iria formar com o Jin.

  Não sei se iria conseguir viver sem ele. Sua risada. Sua cor. Seu jeito. Seu estilo musical. Seus beijos. E até mesmo seu choro iriam fazer fazer falta.
   Eu só queria aproveitar os últimos momentos com ele.

  -Devíamos ir para algum motel. – digo

  -Por que acha isso? – pergunta, como sempre, desconfiado

  -Talvez veja nossa última noite juntos. – limpo o rosto – Devo ter dinheiro suficiente para pagar.

  Sua boca se curva, formando um sorriso, bem pequeno, mas que já valeu a pena.
 
  Só espero que um dia, esse nevoeiro que ofusca minha vida, passe, e deixe que os raios de Sol, ilumine.


Notas Finais


Me digam nos comentários o que acharam '3'

Me sigam no Twitter: @JuuKookies
Kissus e até! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...