História DarkTubers and friends - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~Sky_Morgan

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe Z. "Felps", Originais, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Alan Ferreira, Felps, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Amigos, Crossover, Darktubers, Fanfics, Novas Amizades, Youtubers
Visualizações 8
Palavras 524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Eu Já te disse eu estou bem, sky!


   *POV Sky*

Depois de algumas horas andando,eu finalmente abri a boca para falar:

-Linh...O que você vai fazer quando encontrar os seus pais?

Ela não respondeu.

-LINH!-Grito.

-Eu não sei.-Fala ela-Mas sabe que eu me indigno...você sabia não sabia?

-...É...Eu sabia...-Falo.

Naquele momento nossos celulares tocaram.

-Alô meninas?-Fala felps

-Oi...-Falo

-Como vocês estão?-Pergunta ele.Então Linh toma o celular de minha mão.

-Oi Felps-Diz ela-sim estamos bem.Alias,eu queria saber se...VOCÊS SABIAM QUE EU ERA DE UMA FAMILIA DE ASSASINOS!-Ele coloca no viva voz

-Bem...Ah...sim nós sabiamos....Mas nunca te falamos por que..tivemos medo de te-Ela tira do viva voz e da o celular pra mim.

                                                ^-^ Quebra tempo ^-^

-Ahhhhhh Linh vamos parar um pouco?Que ta foda de caminhar!-Fala Puddin

-Sobe nas costas da Sky então retardado-Diz ela sem olhar para trás.

-Eeeeiiitaaaaa grossa-Fala Puddin.

-Mas linh...já está ficando escuro denovo...não é melhor a gente parar?-Falo.

-Ta bom...vamos andar mais um pouco e vamos achar algum lugar.

Então nós andamos.Chegamos em um lugar "perfeito" como diz a Linh.Era perto de um precipicio,não seebaia ao certo por que a Linh achava aquele lugar perfeito...Mas estava prestes a descobrir.

Puddin e eu nos deitamos para dormir enquanto Linh só fingiu ter dormido.

Eram umas seis horas da manhã quando eu acordei, e cade a linh? Sentada perto do precipicio.

-LINH PUTA QUE PARIU TU NÃO PRECISA PULAR NÃO!-Grito

-Como?Eu não vou pular sua retardada-Fala ela

-...O que você ta fazendo aqui?-Pergunto

-Passei a noite inclara só pensando na vida...e acabei me lembrando de algumas coisas...-diz ela com uma expressão triste.

Então eu me sentei do lado dela.

-O que você lembrou?-Pergunto

-Eu lembro que até os meus oito anos,eu era treinada para matar pessoas...Um casal me treinava...Acho que eram maus pais mas não tenho tanta certeza...Eu...já matei muita gente...-Diz ela com os olhos cheios de lágrimas.

-Mas...como você não se lembrou disso antes?-Pergunto

-É como se tivessem apagado minha memória...E me posto em uma vida perfeita...-Fala ela.

-...Do que mais você se lembra?-Pergunto

-lembro que...depois de apagarem minha memória,eu estava em um carro e me lergaram em uma rua perto da minha antiga casa.Então meus pais me acharam.Os meus pais estavam assustados.Mas eles me acolheram.Por esse mesmo motivo,ninguém queria ser meu amigo...por que...-Ela pareceu se lembrar de algo.

-Por que...?-Pergunto

-Eu matei a classe toda...-Diz ela assustada e seu olho direito fica preto e branco.

-Li...Calma Li...J-Já passou...-Falo tentando acalma-la.

-PARA DE TENTAR ME ACALMAR!-Grita ela me empurrando.E vale recaltar que nós estavamos sentadas perto do precipicio,quase na ponta quando ela me empurrou.

Não,eu não morri.Eu me segurei na ponta.Linh parece ter libertado algum, instinto assasino.Por que ela tentou me jogar do precipicio.

-Eu to calma Sky...Eu to super bem-Diz ela

-Linh...Você não ta bem!-Falo

-EU JA DISSE QUE ESTOU BEM SKY!-Grita a menina que solta minhas mãos do lugar que eu estava agarrada.Por sorte havia um galhozinho,que eu consegui me segurar.

Quando subi novamente,a linh havia sumido.

                                         *P.O.V linh*

Eu havia surtado.Meu senso assasino veio atona do nada.Só sei que sentia sede se sangue.Não sabia se realemnte tinha matado a Sky mas...O que eu queria era matar com minhas proprias mãos.

Naquele dia eu matei muita gente....

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...