História Das Profundezas do Pacífico - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Sereismo
Visualizações 4
Palavras 375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Luna Spirelle


Fanfic / Fanfiction Das Profundezas do Pacífico - Capítulo 2 - Luna Spirelle

-Luna! volte aqui agora!

Luna ouviu sua mãe a gritando mas preferiu fingir que não ouviu, Ela sempre implicava com as idas a praia. Mas vc deve pensar; oq tem demais em ir á praia? Ainda mais em um belo sábado?  O que acontece é que Luna n era uma garota normal, Ela sempre teve grande amor e atração pelo mar desde muito pequena, até aí, tudo bem, mas com o passar do tempo, de acordo Luna foi crescendo, achou maneiras de se tornar uma verdadeira sereia, projetou uma cauda maravilhaso feita de cilicone feita pela própria Luna. Sua mãe não gostava da idéia de sua filha andando por aí como uma animadora de festas, mas n importava oq dissese Luna nunca a obedecia, o sereismo era sua paixão e ela não abandonaria por nd.

Naquela manhã Luna pegou sua cauda, seu biquíni de conchas, e uma bela saida de praia. Luna saiu o mais rápido que pode para sua mãe não tentar a segurar, ela precisava aproveitos aquele dia de ondas calmas. Luna além de sereia era surfista, nos dias de ondas agitodas costumava surfar, e na maior parte do tempo estava trabalhando de sereia no aquário da cidade, mas em dias como esse Luna gostava de pegar sua cauda e se exibir como maior parte das sereias amam, Ela gostava de ver a reação das crianças ao verem seus sonhos se tornando reais, e a reação dos homems em relação a sua Beleza.

Luna tinha uma beleza imensa, era magra, cintura fina, seios e bunda de tamanhos perfeitos para suas proporções, tinha um longo cabelo azul turquesa e olhos praticamente da mesma cor, e sua beleza não era só exterior era interior também, Luna sempre foi muito gentil e edusada com todos, sua personalidade sempre foi como a da água, mansa e tranquila, mas se magoada se torna feroz quando ainda é recente e no dia seguinte se torna como a ressaca do mar.

Então podemos dizer, que Luna sempre fora filha da água, uma filha que acidentalmente nasceu como humana, mas assim como as tartarugas que nascem na areia mas encontram o caminho de volta para seu abitar natural, Luna assim como as sereias que nascem em terra, encontrou seu cominho de volta para o oceano



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...