História "Daughter" Submissive - Second season. - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Bieber, Criminal, Justin, Rose, Sadismo, Submissa, Submissive, Trafico, Violencia
Visualizações 136
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora, eu me explico no próximo capítulo! Prometoooo.
Desculpem tbm o capítulo minúsculo, não desistam da fic!
Boa leitura amores! ♥️

Capítulo 45 - Hoje por você, amanhã por mim.


-Justin. -Jake “cumprimenta” Justin e eu me afasto dele, percebendo que Justin estava prestes a avançar em cima do garoto.
-Jake. 
-Bom, eu só vim ver como Rose e o bebê estavam, vou voltar ao trabalho. 
-Ótimo. 
-Tchau Rose, se precisar de alguma coisa..
-Se ela precisar de algo eu estarei aqui, muito obrigado. - Jake fica calado e eles se encaram mortalmente, até que finalmente ele vai embora. 

Justin se veste rapidamente e começa a se perfumar e pentear o cabelo, já dava pra saber que o príncipe estava se aprontando para sair. 
Ele dá um beijo em Caleb e vai em direção a porta, abre a mesma e olha pra mim.
-Vou sair, se precisar me ligue. - Ele é curto e grosso e eu apenas fico o olhando sem enter o porque do seu mau humor repentino. 

Eram dez horas da noite, eu havia acabado de amamentar Caleb e ele pega no sono novamente. Eu estava ansiosa para ver as coisas do cofre, mas Chaz não me dava sinal de vida, provavelmente se esqueceu de mim e saiu com seus amigos, indo atrás das vadias que eles tanto sentiam falta, cretinos.
A vida que eles tinham estava voltando, Ryan e Anne não estavam mais juntos, Justin e eu também não, Chris e Christiely apenas ficavam, não era nada sério, e o Chaz? Bom, o Chaz fica com todo mundo. 
Alguns minutos se passam e eu estava na sala assistindo um filme, mas eu estava muito bem acompanhada, eu e meu balde de pipoca. 
-Mas que escuridão é essa? - Chaz chega no melhor momento do filme, estragando tudo. 
-O que tá fazendo aqui? 
-Eu não falei que traria algumas coisas pra você?
-Pensei que ia sair com Justin e os garotos, aproveitar que estão os cinco livres e desimpedidos.
-Rose.. você só pensa o mal de mim! E dos caras também.
-Onde eles foram?
-Ciúmes?
-Aí Chaz, cadê as coisas? 
-Bom, eu trouxe poucas. Apenas coisas que deu tempo examinar.
-Por exemplo?
-Essas fotos, cartas de amor, sua mãe era bem romântica. E também, esses documentos. 
-E o que são?
-São os documentos que fazem tudo dos seus pais passarem pro seu nome, a partir de amanhã! 
-Como assim?
-Todas as propriedades e contas que seus pais tinham estavam sobre domínio do Tyller, por ele ser seu responsável legal, mas como você já é maior, vão passar pra você, inclusive aquela mansão enorme que vocês moravam. 
-Não acredito. 
-Pois acredite, você é uma das mulheres mais ricas de Atlanta. 
-Me belisca Chaz. -Ele leva a brincadeira a sério e me belisca mesmo, o que me deixa muito chateada e com o braço roxo, mas tudo bem, nada vai tirar a minha paz. 
-Então, você vai comigo resolver isso amanhã?
-Sim, eu já falei até com um advogado, sou muito eficiente.
-Estou surpresa! Mas agora vem, você tem trabalho. 
-Tipo? 
-Tipo, queimar todas essas cartinhas e fotos do Tyller.

Juntamos várias coisas de Tyller, que envolviam minha mãe e fizemos uma fogueira no jardim, nos sentamos perto e eu até me alivio de certa forma. 
-Está bem?
-Sim. Obrigada Chaz.
-Hoje por você, amanhã por mim. 
-Claro, eu sempre vou estar aqui pra você. 
-Eu sei disso parceira. -Ele sorri e passa as mãos no meu cabelo, bagunçando-o por completo. Como eu amo esse idiota. 

No dia seguinte eu havia acordado feliz da vida, não tinha visto Justin chegar pois ele chegou muito tarde. Mas eu não tenho o que cobrar dele, então não vou falar nada. Mentira, eu vou falar sim porque ninguém tem nada a ver com a minha vida. 
-Bom dia. 
-Bom dia príncipe. -Falo sarcástica e ele me olha estranhando, regendo uma sobrancelha.
-Você tá bem?
-Eu estou ótima! E você, como está depois da sua ótima noite?
-Como é? Minha ótima noite?
-Sim! 
-Eu estava na casa do Ryan. 
-Hum…
-Trabalhando, tínhamos muito trabalho acumulado e… perai, por que você tá me interrogando? 
-Eu te interrogando? Jamais, você que tá se explicando. 
-Pois é, e olha que eu não devo explicações.
-Pois é. Bom, estou indo resolver umas coisas, Caleb está alimentado e eu volto antes dele ter que se alimentar novamente. Já falei com a sua mãe e ela vai ficar com ele pra mim. 
-Onde você vai?
-Não te devo explicações, beijo!. 


Notas Finais


Galerinha, só eu que tô amando essa amizade da Rose dom Chaz??? 😍😍
O mundo dá voltas e Rose se vingou do Justin 😂 Eu amo mt isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...