História DC Universe - Gotham - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow, Batman, Batman vs Superman: A Origem da Justiça, Esquadrão Suicida, Liga da Justiça, Mulher Gato, Smallville
Personagens Alfred Pennyworth, Amanda Waller, Barbara Gordon, Bruce Wayne (Batman), Canário Negro, Coringa (Jack Napier), Diana Prince (Mulher Maravilha), Edward Nashton/Nygma (O Charada), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Helena Bertinelli, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley, Personagens Originais, Ray Palmer (Eléktron), Selina Kyle (Mulher-Gato), Shiera Hall (Mulher-Gavião), Slade Wilson, Thea Queen
Tags Alfred, Arlequina, Arqueiro Verde, Asa Noturna, Bane, Batgirl, Batman, Canário Negro, Coringa, Hera Venenosa, Luta, Mulher Gato, Mulher Maravilha, Sangue, Superman, Vingança, Zatanna
Exibições 25
Palavras 1.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vamos lá!

Capítulo 6 - Birds Of Prey - Part 2


         

  A morte de Alfred foi a gota d'agua para Bruce. Ele lutava para vingar Dick, mais com Alfred era diferente. Wayne se exilou em si mesmo, ficando quatro meses em uma cabana no Alaska. Durante esses quatro meses muita coisa mudou...
Um grupo de mulheres alto denominadas como "Aves de Rapina" cuidam de Gotham, que caiu nas mãos de todos os vilões...

  
   Quatro meses atrás...

  Bruce estava há um mês em seu apartamento no centro da cidade, sua mansão estava sendo reformada.
-Bruce...
-Eu não quero falar com ninguém agora Selina. - Bruce estava em um apartamento. Ele e Selina estavam na cozinha, um silêncio toma o lugar.
-Bruce, você não precisa ficar sozinho... Ninguém precisa... -Diz Selina se aproximando de Bruce. Ele está de costas para a moça, ela tenta abraçar Bruce mais ele a empurra.
-Selina... Me desculpe... Eu não quis...
-Chega Bruce. Eu não sei que tipo de "tara" que você tem de querer afastar as pessoas de você... pra mim deu. -Selina pega sua bolsa que estava na sala e deixa Bruce sozinho no apartamento.

  Asilo Arkham - 12 p.m.
-Florzinha... Tô entediada... -Diz Arlequina em sua cela.
-Eu também louquinha.. -Responde Hera Venenosa. Um barulho estranho de salto alto começa a ser ouvido pelas vilãs.
-Oi garotas... prontas para a diversão?. -Era Selina usando seu trage de Mulher Gato.
-Ta do nosso lado agora, Gatinha?. -Pergunta Harleen desconfiada.
-Se eu não estivesse, eu não iria trazer isso... - Selina entrega as vestes de Harleen e suas armas.
-Aaaaaaah valeu gatinha. -Grita Arlequina com um sorriso estampado do no rosto.
-Eu tô pensando em trocar o terror em Gotham hoje...
-Mudou de lado Selina?. - Pergunta Hera.
-Eu só tenho o meu lado... E gosto de sair com vocês. E sei que vocês também. -Conclui Mulher Gato.
-Hum...

-Vamos Laurel... Eu vou comprar as passagens para Starling City. - Diz Oliver ao sair do hospital. -Ele estava com alguns ferimentos no braço direito e um pequeno corte no rosto.
-Eu acho que vou junto, ver o papai. -Fala Sara junto de Queen.
-Ollie, eu vou ficar. -Responde Laurel olhando para seus amigos.
-Laurel... -Oliver olha para Sara e da alguns passos a frente ficando bem próximo do rosto de Laurel.
-Você tem que ir Ollie, Star City precisa de você... Do Arqueiro Verde, e Gotham precisa da Canário Negro.
-Eu... Nem sei o que dizer. Laurel aqui é muito perigoso... Tanto para você quanto para a Canário. -Oliver coloca a mão no ombro de Laurel.
-Eu sei me cuidar... Aliás, Helena também irá ficar. Eu vou ficar de olho nela junto de Barbara Gordon.
-Eu acho que a Canário Negro vai detonar em Gotham. -Diz Sara abraçando a irmã.
-Ollie, isso não é pra sempre. Eu vou voltar para Starling e junto da equipe, mais no momento eu vou ficar com as Aves de Rapina... -Conclui Laurel, momentaneamente Batgirl aparece planando no ar e se junta a nova companheira de combate.
-Eu não quero atrapalhar, mais Mulher Gato, Arlequina e Hera Venenosa estão à solta... -Fala Batgirl.
-Certo, vamos ajudar...
-Não Ollie, isso é da nossa conta agora, vocês vão para Starling. -Diz Laurel correndo junto de Batgirl.
-Tchau Laurel...
 

-Olha que luxo!!!! -Grita Arlequina quebrando uma vitrine de uma loja de bijuterias.
-Credo Quina... Vem eu vou levar vocês para uma joalheria, isso aí é plástico e latão. Não segura muito não, pode dar tétano. -Diz Mulher Gato puxando Harleen.
-Ai que Amorzinho voce. -Fala Arlequina rindo.
-Jóias... Os melhores amigos de uma mulher poderosa. -Diz Hera...
-Sim Pam... A única coisa que uma mulher precisa é de um colar de pérolas e um anel de diamante.-Fala Selina andando junto das vilãs.
-Quer conversar amiga? Você parece chateada... - -Fala Harleen com seu taco no ombro.
-Eu só quero ferrar muito com Gotham hoje...

-Eu posso trazer Dick e Alfred...
-Eu gostaria muito, mais é errado e não quero que eles sofram novamente... -Diz Bruce conversando  com uma sombra na parede de seu apartamento.
-A escuridão te domina Batman, você precisa da luz dentro de você... Tire alguns meses de férias... Saía de Gotham e depois retorne e conversaremos... -Responde a sombra.
-Vou aceitar seu conselho...

-Eu quero... Um de Chocolate. -diz Harleen pegando um sorvete de uma loja.
-Cade as jóias Gatinha?.- Perguntar Hera.
-Calma Pam, estamos quase lá. -Selina continua a andar.
-Canário Não pegue leve... -Diz Batgirl surgindo do alto de um prédio.
-Pode deixar. -Canário Negro solta um grito da Canário e quebra várias vitrines.
-Agh... Que droga. -Diz Selina ao ver as heroínas.
-Ela arrasa no falsete! -Grita Arlequina com as mãos nos ouvidos.
-Já chega Mulher Gato...
-Já chega nada, Eu não vou parar... Ninguém domina essa Gatinha... -Grita Selina dando um chute em Barbara.
-Ahg...
-Peguem a Canário. -Selina se mantém ocupada com Barbara.
-Vou fazer um churrasquinho de passarinho... -Diz Harleen sacando sua magnum.
-Não... Envenenamento é melhor. -Fala Hera com um sorriso em seu rosto.
-Sem churrasco e sem veneno... Agora Caçadora!. - Após Laurel dar o sinal, Helena Bertinelli que estava em uma sacada de um casebre começa a disparar várias flechas com explosivos contra as vilãs.
-Você se enganou Canário... Vai ter churrasco sim... De samambaia e de palhaço... -Diz Helena pulando da sacada.
-Adoro o cheiro de pólvora, mais prefiro sangue. -Arlequina se levanta rapidamente e golpeia Caçadora com seu taco de baseball. A vigilante vai direto pro chão, instantaneamente Canário Negro devolve o golpe na vilã. Laurel da uma cotovelada em Harleen e depois um chute no rosto da moça.
-Só se for o seu...
-Todo sangue é válido. -Hera Venenosa da uma rasteira em Laurel, mais a Canário se recupera rapidamente e contra-ataca
-Caçadora, Temos que terminar com isso rapidamente. -Diz Laurel olhando ao seu redor. Algumas figuras estranhas estavam aparecendo no local.
-O que está tramando Selina? - Perguntar Batgirl usando seu bat-merangue contra a gata.
-Eu apenas decidi não seguir ordens... ou sentimentos. Poder manda agora. -Selina usa seu chicote em Batgirl, ela o prende no pé da Bat-Moça e o puxa, derrubando a garota na hora.
-Parece que o jogo virou... Não é mesmo?. -Diz Arlequina correndo junto de Hera Venenosa e Mulher Gato. As três vão para dentro de um carro preto, nesse momento aparecem vários homens com roupas escritas "Asilo Arkham".
-Ai... Que mer...
-Pra trás vocês duas. -Fala Laurel interrompendo Helena Bertinelli. A Canário solta um Grito da Canário contra os homens, porém ela já havia usado essa técnica antes e os prisioneiros já estavam preparados para isso.
-Seu grito não... Funcionou. -Diz Barbara olhando para Laurel.
-Vou aumentar a frequência... -Laurel aumenta os decibéis de seu apetrecho e solta um grito mais alto possível. O apetrecho aquece muito e começa a piscar, porém estava surtindo efeito, os homens estavam retrocedendo.
-Canário... É melhor parar, seu dispositivo sônico vai explodir. -Diz Batgirl. Laurel continua, seu apetrecho continua a piscar forte até que ele "explode". Laurel continua de pé e usando o grito da Canário porém sem o apetrecho, como se ele tivesse se fundido à as suas cordas vocais.
-Hã? -Caçadora fica impressionada com o que acaba de ver. Todos os prisioneiros fogem e deixam o local rapidamente.
-Você está bem?. -Barbara estava preocupada com Laurel, afinal a Canário já poderia ser "classificada" como uma meta-humana.
-Estou... Me sentindo bem... Eu não sei, estou normal e ao mesmo tempo não. - Laurel coloca sua mão em cima de seu apetrecho e o olha por alguns segundos.
-Você arrasou, foi demais!. -Fala Helena sorrindo para as garotas.
-Não foi tão ruim para a primeira missão, mas temos que melhorar nosso entrosamento... -Diz Batgirl começando a andar, Canário Negro e Caçadora a seguem.

-Gotham está perto de algo novo...
-Do que está falando?
-Sangue... Trevas e escuridão...

No dia seguinte...
-Eu não via a hora de voltar para Central City, essas partículas que estava na bomba eram bem complicadas, até mesmo para meu organismo. -Diz Barry Allen saindo do hospital, Laurel havia ido buscar o velocista escarlate.
-Fico feliz que esteja bem, Barry pode me fazer um favor?. -Pergunta a loira.
-Sim Laurel, qualquer coisa que esteja ao meu alcance. -Responde Allen.
-Quero que entregue isso para Cisco... -Laurel entrega uma caixa para Barry.
-Sem querer ser intrometido...
-Você já olhou, pra que quer permissão?. -Fala Laurel sorrindo.
-Ele te Ajuda, tem certeza que quer devolver?.
-O grito da Canário não está mais aí Barry, está aqui. -Diz Laurel aprontando para seu pescoço.
-Pera... Antes de eu ir vamos tomar um café. -Fala Barry devolvendo o sorriso para a Canário.

-Então você vai embora. -Diz Barbara ao entrar no apartamento de Bruce, ele estava com suas malas prontas e em mãos.
-Sim. Eu tenho assuntos a tratar.
-Esta fugindo, se fosse um assunto do Batman você não levaria mala. -Fala Barbara convicta.
-Talvez... -Bruce olha para o lado. Barbara continua a encarar o rapaz.
-Talvez?.
-Babs, eu vou e volto rapidamente. Eu vi voce ontem... As Aves de Rapina foram ótimas.
-Eu sei... Selina estava atordoada.
-É, eu sei... -Bruce anda e abre a porta e olha para Barbara.
-É temporário?.
-É temporário...

  Quatro meses se passaram. Muita coisa mudou, Gotham é dominada por criminosos cruéis e perigosos. Bruce Retorna para a cidade é repara na mudança...

-Então, pensou na minha proposta, Bruce?.
-Sim... Eu pensei e... quero que traga Dick Grayson e Alfred de volta, Ravena...

       CONTINUA...

Vamos lá que esse capítulo tem várias referências (Steve Rogers curtiu isso).

Temos a sombra (Ravena) dizendo a frase "A escuridão te domina" - Frase dita pela Titan após ativar seus poderes demoníacos no jogo Injustice Gods Among.
Mulher Gato carinhosamente chama Arlequina de "Quina" esse apelido realmente é usado na HQ da Harleen, por todos os seus amigos e o Coringa tbm.
Finalmente Laurel tem seu grito da Canário de verdade, e assim como nesse capítulo ela consegue usar seu grito em uma missão junto das Aves De Rapina (HQ). Anteriormente ela havia sido sequestrada e tortudada na história. Isso tirou sua capacidade de ter filhos e de emitir o famoso grito da Canário. Ela chegou a ser banhada nas águas do poço de Lazarus, isso trouxe de volta à capacidade de ter filhos e de usar o grito, e em outra versão ela volta a usar o grito ao pular em um desfiladeiro, assim ela consegue planar nele.

No próximo capítulo começa a nova fase da história "The King and Queen of Gotham". Sem ser a próxima semana na outra teremos dois capítulos por semana e um especial de "Flashpoint paradox".
É isso espero que tenham gostado.
XoXo Madam X

   


Notas Finais


;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...