História De encontro com a luz da tua lua - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Hopega, Sobi, Sope, Sugahobi, Werewolf Au, Werewolf Hoseok, Wizard Au, Wizard Yoongi, Yoonseok
Visualizações 175
Palavras 2.739
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Misticismo, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi <3
Então, eu quis tentar uma coisa diferente com essa fanfic. O Hobi é lobo, lobisomem na verdade, mas a fic não é abo. O Yoongi é um bruxo e o amor deles não é só romântico adnsaknda eu quis explorar outra forma de afeto, um amor mais puro e tal e espero que vocês gostem <3~
Ah, aumentei a diferença de idade deles. Tirando o flashback que tá lá bonitinho a idade deles na época, o Hobi tem 20 e Yoongi 27 no presente, belezinha?
Gente me perdoem pelos prováveis errinhos, não dá pra betar bem às 4 da manhã dkasdn

Boa leitura.

Capítulo 1 - Único


Faltava pouco para o Sol nascer quando o lobo caiu em frente à porta do bruxo. Sua mente se acalmava aos poucos, dando sinais de que logo voltaria à forma natural, mas as dores no corpo e memórias do que havia feito não desapareciam com os pêlos. O lobo ouvia ao longe os animais começando a saírem de suas tocas, os pássaros cantando e a respiração tranquila do bruxo do lado de dentro.

Com um uivo dolorido, o lobo voltou à forma de homem, mas estava cansado demais para bater na porta. Apenas fechou os olhos e dormiu.

~

Hoseok acordou com a voz de Yoongi. O bruxo falava algo baixo de frente ao altar, tinha a cabeça e mãos viradas para o alto e Hoseok esperou pacientemente. Olhando para baixo, percebeu que seu tronco estava coberto com uma espécie de pasta e algumas plantas, um pano grosso cobria de sua cintura para baixo. Lembrava perfeitamente de tudo o que havia acontecido na noite anterior, o estrago que causou perto de casa e os animais que matou. Sentia o gosto da morte desses animais em sua boca e uma onda forte de enjôo o consumiu.

ㅡ Beba isso. ㅡ Yoongi se ajoelhou ao lado da cama com uma colher de pau, Hoseok não pensou duas vezes antes de tomar o líquido esverdeado. ㅡ Vai te ajudar com as dores.

Hoseok apenas assentiu, Yoongi parecia abatido e lhe machucava saber que era sua culpa. Antes da maldição começar, costumava visitar o bruxo todas as tardes, Yoongi sempre tinha um semblante tranquilo e passavam a tarde toda conversando. Yoongi chegou até mesmo a tentar lhe ensinar magia, mas parou ao descobrir da maldição de Hoseok, seria imprudente dar tanto poder à alguém tão instável.

Hoje em dia Yoongi vivia sempre pálido e cansado, Hoseok sabia dos rituais que ele fazia para tentar manter os espíritos longe. Yoongi doava grande parte de sua energia apenas para tentar protegê-lo, enquanto isso, Hoseok perdia o controle e tentava destruir qualquer forma de vida que se colocasse em sua frente.

ㅡ Desculpa. ㅡ Yoongi sorriu fraco ao levantar. ㅡ Yoongi, me desculpa.

ㅡ Você não tem culpa, não precisa se desculpar. Na verdade, deveria ficar feliz pois conseguiu controlar a besta por um bom tempo. ㅡ Hoseok não concordava com isso, ficaria feliz se nunca mais perdesse o controle. Não tinha motivos para comemorar ou sentir orgulho.

ㅡ Você está tão fraco… ㅡ Yoongi adicionou algumas ervas ao caldeirão, tentando ignorar as palavras de Hoseok. Sabia muito bem que estava fraco, mas conseguiria se doar muito mais se fosse necessário, sabia seus limites.

ㅡ Você também, então fique quieto. ㅡ Hoseok estalou a língua, mas resolveu obedecer. Continuou olhando para Yoongi, sempre gostou de observá-lo fazendo poções e feitiços, ele parecia tão poderoso, quase invencível.

Yoongi pronunciou algumas palavras de encantamento e Hoseok sorriu ao ver a fumaça trocando de cor, conseguia sentir a energia que Yoongi transmitia e por um instante voltou a ser apenas um menino.

ㅡ O que é isso?

ㅡ Uma poção pra te proteger. Vai te ajudar a curar mais rápido e te purificar. ㅡ Respondeu com um sorriso. Yoongi derramou um pouco do líquido em uma taça e ajoelhou ao lado de Hoseok novamente. ㅡ Você vai ficar bem.

Hoseok bebeu o líquido e sorriu para o bruxo, ficaria bem por ele.

~

A primeira vez que se viram, Hoseok tinha nove anos e estava fugindo de um garoto do vilarejo que vivia o perseguindo por nada. Era uma daquelas crianças implicantes que batiam por diversão, sua mãe havia dito para aprender a se defender sozinho, mas Hoseok nunca gostou de violência então sempre fugia. Naquele dia acabou indo longe demais na sua fuga e entrou na floresta, a lenda que corria em seu vilarejo era a de que a floresta vivia cheia de bruxos que devoravam crianças. O medo de encontrar algum bruxo fez com que Hoseok se afundasse mais por entre as árvores, ficando completamente perdido.

Yoongi estava colhendo algumas ervas ao redor de sua casa quando Hoseok o viu, o cabelo tão claro quanta sua pele e as roupas exóticas coloridas deixaram óbvio para o garoto que estava de frente com um bruxo. O que o confundia era que aquele bruxo não se parecia em nada com os que contavam na cidade, ele não era um velho com olheiras e corcunda, também não tinha chifres ou garras enormes; se fosse para analisar, tirando a cor do cabelo, Hoseok o achava bem parecido com os irmãos mais velhos de seus amigos da escola.

ㅡ Precisa de ajuda? ㅡ A voz amigável pegou o menino de surpresa.

ㅡ O senhor é um bruxo? ㅡ Perguntou com vergonha.

ㅡ Sou sim, o senhor também é? ㅡ Yoongi respondeu rindo, Hoseok cruzou os braços.

ㅡ Eu não sou senhor, sou só uma criança!

ㅡ Bom, eu também não sou senhor. ㅡ Hoseok inclinou a cabeça para o lado confuso.

ㅡ Como assim? Na cidade dizem que vocês tem mil anos! ㅡ Yoongi riu mais uma vez e Hoseok começou a se sentir ofendido.

ㅡ Acho que ninguém vive por tanto tempo assim, eu tenho só dezesseis.

ㅡ Você come criancinhas?

ㅡ Claro que não! O que é que andam dizendo pra vocês? ㅡ Dessa vez Yoongi estava realmente ofendido.

ㅡ Que vocês são super velhos comedores de criancinha, como eu posso saber que você não está mentindo? Talvez você queira me comer.

ㅡ Até que você é bem gordinho… ㅡ A expressão desconfiada do menino começou a mudar para uma de choro e Yoongi riu se desculpando. ㅡ Calma, é brincadeira. Eu não como crianças… Meu nome é Yoongi, qual o seu nome?

ㅡ Ho-Hoseok. ㅡ O menino ainda estava um pouco assustado, Yoongi se sentiu culpado e largou a cestinha com ervas no chão.

ㅡ Hoseok, você está perdido, não é? Quer que eu lhe ajude a encontrar o caminho para casa? ㅡ O garoto assentiu e Yoongi se aproximou, segurando a mãozinha pequena. ㅡ Por que você parou aqui? Não é só de bruxos que você tem que ter medo, tem muita gente normal perigosa por aí.

ㅡ Um garoto chato fica me perseguindo, eu acabei me perdendo enquanto fugia dele. ㅡ Yoongi balançou a cabeça negativamente.

ㅡ Bom, você não pode ficar andando por aí sozinho, é perigoso. ㅡ Hoseok olhou para o alto e ficou hipnotizado com a forma que o cabelo do bruxo brilhava contra o sol. Quase bateu num galho por ficar olhando para Yoongi, por sorte o bruxo o segurou rindo. ㅡ Você é um rapazinho muito inteligente, gostei de você. Sempre que quiser fugir desse menino, você pode ir até a minha casa.

ㅡ Sério? ㅡ Yoongi concordou. ㅡ Então eu posso vir depois da escola?

ㅡ Claro. ㅡ Os dois pararam um pouco antes da entrada da floresta. ㅡ Só tome cuidado, estarei te esperando.

ㅡ Pode deixar! Até amanhã, Yoongi! ㅡ Hoseok acenou e saiu correndo contente. Não conseguia acreditar que havia falado com um bruxo de verdade! Seus amigos nunca acreditariam.

Yoongi continuou o vigiando até que o garoto desaparecesse de vista. Era a primeira vez em anos que falava com alguém que não fosse um bruxo, estava feliz.

~

Yoongi não sabia o que era, mas tinha certeza de que algo estava errado.

Estava com uma sensação ruim desde a hora que acordou, tentou se distrair purificando algumas de suas pedras, mas foi o mesmo que nada. Sua intuição lhe dizia que algo ruim estava para acontecer, estava com medo pois todos os rituais o deixaram fraco demais para conseguir se defender de algum ataque ou coisa do tipo. As coisas só pioraram ao sentir uma falta de ar terrível, caiu de joelhos no chão completamente fraco e acabou derrubando algumas pedras consigo.

Hoseok. Precisava ajudar Hoseok.

 

 

Não muito longe dali, Hoseok sentia a besta tomar conta de cada parte de seu corpo. Cercava um outro lobo, não sabia que existiam outros com a maldição por perto, o Hoseok verdadeiro teria ficado empolgado com a ideia de ter alguém além de Yoongi para conversar sobre isso tudo, mas naquele momento ele não era Hoseok. Era uma besta sedenta por sangue, mesmo que fosse o sangue de um dos seus. Sangue de humano.

Hoseok atacou o outro lobo, mordendo o pescoço com força suficiente para matar, mas o outro lobo era ágil e conseguiu escapar com um ferimento não tão grave. O corpo de Hoseok tremia em ódio, por mais que tentasse manter a cabeça no lugar para sair dali, a sua mente repetia a mesma palavra sempre.

Mate.

O lobo o atacou primeiro, pegando Hoseok de surpresa. Uivou de dor ao sentir o arranhão do outro lobo, mas se jogou sobre ele, fazendo com que rolassem no chão tentando acertar mordidas um no outro. Hoseok se sentia cada vez menos Hoseok e mais besta. Ele era uma fera comandada pelo espírito maligno da maldição, era uma máquina de matar. Conseguiu morder o lobo mais forte dessa vez, mas também foi mordido. Rolou para o lado com a dor, deixando espaço livre para que o outro lobo fugisse.

Sua mente estava confusa, Hoseok tentava assumir o controle novamente, mas a dor o impedia de pensar de forma clara. Acabou desmaiando no meio da floresta, sendo vencido pela dor e pela besta.

~

Foi Yoongi quem descobriu sobre a maldição de Hoseok através de um sonho. Era comum que bruxos tivessem alguns dons especiais e ele tinha o dom da visão. Quando viu o futuro obscuro de Hoseok ficou arrasado, não foi fácil contar para ele, o adolescente tinha apenas quinze anos e sonhava em se tornar um bruxo como Yoongi, mas não tinha como administrar magia enquanto não conseguisse vencer os desafios que teria que enfrentar.

Por não ter sido transformado magicamente, mas ter nascido com a maldição, Hoseok ainda não era completamente bom ou ruim, ele tinha os opostos brigando dentro de si. A humanidade e a besta. O bem e o mal. Hoseok precisava vencer aquela luta o quanto antes, pois quanto mais velho fosse, mais forte a besta ficava e mais espíritos ruins atraía para Hoseok. Era por isso que seu desequilíbrio era cada vez mais constante. E era por isso que Yoongi se sacrificava cada vez mais.

~

Os dois caminhavam à beira do lago que ficava perto da casa de Yoongi, nenhum deles quis contar sobre o ocorrido. Hoseok não disse que quase deixou a besta lhe consumir, preferiu se curar sozinho do que preocupar mais Yoongi. O bruxo também não quis contar sobre o que tinha acontecido, ainda mais por continuar com um pressentimento ruim. Seus rituais de proteção estavam cada vez mais desgastantes, não sabia se daria para continuar com aquilo por muito tempo.

ㅡ Eu tenho um presente pra você. ㅡ Yoongi disse baixo e Hoseok virou a cabeça para ele, o sorriso largo que brilhava mais do que o Sol tomando espaço em seu rosto.

O bruxo tirou um cordão de dentro do bolso de sua calça. A correntinha era prata, mas o pingente era de madeira e tinham alguns desenhos entalhados.

ㅡ É tão bonito… O que são esses desenhos? ㅡ Hoseok perguntou depois de ter colocado o cordão no pescoço. Segurava a madeira com delicadeza, passando a ponta dos dedos pelos símbolos e sentindo o leve cheiro de arruda que ela emanava.

ㅡ É um bindrune. Lembra que eu te disse sobre ele? ㅡ Hoseok tentou buscar na memória as aulas que teve com Yoongi e acabou se lembrando de quando falaram sobre talismãs.

ㅡ Você fez um talismã pra mim? ㅡ Yoongi sorriu, sentando em uma pedra.

ㅡ Esses símbolos são runas, essas são as runas Raitho e Tywas, vão te ajudar a encontrar seu caminho e vencer seus inimigos. Também está ungida com óleo de arruda para te proteger… Quando você sentir que conseguiu seu objetivo, deve queimar o talismã. ㅡ Hoseok só sabia sorrir. Yoongi sempre pensava em alguma forma de protegê-lo, não era merecedor de nem 1% das coisas que o bruxo fazia.

ㅡ Muito obrigado. ㅡ Hoseok se ajoelhou de frente para Yoongi e segurou as mãos do bruxo, gostava dos anéis que ele usava e dos símbolos gravados em seus braços. ㅡ Sabe, quando eu estou correndo por aí sem ter noção de quem eu sou e o que vou me tornar, tento sempre olhar para a Lua.

ㅡ Por quê?

ㅡ Não sei, ela me atrai. Eu fico mais calmo, sabe? É como se ela me dissesse que logo eu estarei normal novamente. ㅡ Yoongi sorria encantado com a forma que o mais novo falava, parecia estar sempre sonhando acordado. ㅡ Quando eu olho para você, tenho esperança de que tudo isso vai passar. Acho que você é a minha Lua.

Hoseok tocou os fios dourados de Yoongi, enrolando uma mecha no dedo enquanto sorria. Yoongi quis dizer que Hoseok era o seu Sol, mas ao invés disso, decidiu encostar seus lábios sobre os do mais novo num selar inocente. Não tinha segundas intenções, apenas a necessidade de dizer que Hoseok não era o único a se sentir assim.

~

Hoseok corria floresta adentro desesperadamente, a besta estava cada vez mais forte e estava nessa forma há dias. Yoongi havia lhe explicado que quanto mais tempo na forma de lobo ficasse, logo se tornaria um para sempre e aquilo não era o que ele queria. Hoseok não queria perder sua humanidade, suas lembranças e sentimentos, porém estava fraco demais para lutar contra, quanto mais se alimentava de carne e sangue, mais fraco ficava.

Deixava de pensar como um humano para agir como uma besta.

Estava na parte mais densa da floresta, as longas árvores impediam a luz de entrar e Hoseok não buscava mais pela Lua. Sua mente gritava para que ele matasse, estava confuso e as memórias se extinguiam mais rapidamente. Não conseguia mais lembrar do rosto das pessoas que estudaram consigo, ou do nome da sua irmã. Hoseok estava morrendo.

Desapareça.

Parou de correr subitamente, apontando o focinho para o alto, conseguia sentir um cheiro estranhamente familiar. Ouvia o barulho de passos esmagando galhos e folhas no chão, estava pronto para atacar o que quer que fosse. Mas o que saiu de entre as árvores não era um animal, era um humano.

Era Yoongi.

Mate.

Hoseok reagiu ao ver o bruxo, não conseguia lembrar de seu nome, mas o cheiro era tão familiar e acolhedor que fez algo dentro de si acordar. Talvez se estivesse com suas memórias, saberia que algo estava errado, pois Yoongi não costumava sair durante a noite e estavam muito longe da casa do bruxo e do vilarejo. Mas não tinha mais suas memórias e apesar de ter reagido, o espírito ruim ainda dominava seu corpo. Hoseok não conseguiu evitar, rosnando para Yoongi.

Mate.

Yoongi respirava pesadamente, nunca imaginou que sentiria medo de Hoseok algum dia, mas ali estava ele, com medo de ser devorado por aquele que jurou sempre proteger e que agora, vendo sua situação, temia ter falhado.  O lobo o seguia com o olhar, andando lentamente em sua direção; estavam consideravelmente longe um do outro e quando Yoongi ia para o lado, ele o acompanhava.

 

ㅡ Hoseok, eu sei que você ainda está aí… ㅡ Yoongi sussurrou, engolindo seco ao ver o lobo ficar em posição de ataque. ㅡ Por favor, acorde.

Agora. Mate.

Um morcego passou voando na hora que a besta ia atacar, atraindo a atenção de Hoseok que olhou para o céu e acabou vendo a Lua entre as folhas das árvores.

Quando eu olho para você, tenho esperança de que tudo isso vai passar.

Reaja.

Yoongi cobriu o rosto com as mãos e se abaixou ao ver o lobo tomar impulso, mas após nada ter acontecido depois de alguns minutos, abriu os olhos para ver o que tinha acontecido. O lobo estava parado no mesmo lugar, como se tivesse sido petrificado. Soltava alguns grunhidos, mas não se mexia. Yoongi sorriu aliviado, era como em sua visão.

 

Talvez o choque de ter visto o bruxo como sua presa tivesse o acordado, ou talvez sua esperança na Lua o trouxe de volta à realidade. Hoseok não sabia explicar exatamente o que tinha acontecido, mas era como se tivesse acordado de um pesadelo abruptamente. Sentia o corpo fraco, mas ao mesmo tempo estava mais forte.

O lobo de verdade havia nascido.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim porque eu tinha esse plot há séculos e tava doidinha pra montar asdnakjsdn qq
Beijão e obrigada por terem lido!

twt: @/yooncuzinho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...