História De mãozinhas dadas ao caminho do amor - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Personagens Originais
Tags Baekyeol, Chanbaek, Chanbaek! Kid, Exo, Exo Kid, Fluffy, Kaisoo
Visualizações 570
Palavras 1.455
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E CHEGOU O PENÚLTIMA CAPÍTULO E, EU ESTOU CHOROSA.

Ta sem enrolação, vou deixar pra agradecer no último capítulo porque eu sou aquela que se deixa, fala mais que sei la o que.

Mas vou agradecer as pessoas que aguentaram meus surtos no whatsapp, saibam que amo vcs que me aguentam kkk

Agora vão ler que eu vou ali chorar.

Boa Leitura!

Capítulo 17 - Chapter 17


♡De mãozinhas dadas ao caminho do amor♡



♡~♡



-Channy não dormi não - Baekhyun chacoalhava Chanyeol pelos braços com certa força. -OLHA, OLHA Chan, a música. 


Baekhyun fala  animado mas Chanyeol não dava muito interesse, seus olhos estava quase fechando pelo sono que lhe tomava o corpo.


-Baek deixa eu dormi! - Se virou no sofá e, tentou dormir, mas Baekhyun não deixava.


O filme acabou e Baekhyun olhou para o lado vendo o amigo dormindo.  


-Channie? -Baek balançou o amigo que abriu os olhos devagar 


-Hun?


-Você nem viu o filme comigo. -Fez biquinho.


-Desculpa. -Chanyeol coçou os olhinhos com a mãos. 


-Tudo bem! O quê vamos fazer agora Chan? 


-Não sei Baek, você não pode nem andar direito.


Falou Chanyeol. ficaram em silêncio os dois e puseram a pensar, nada tinha graça porque Baekhyun estava com gesso e, nem podia andar direito.


-Vamos brincar de mímica? -Sugeriu Baek e Chanyeol assentiu.- Eu começo primeiro. 


Baekhyun começou a gesticular com a mão e a cabeça, era meio confuso tudo, Chanyeol estava com um interrogação bem linda ao seu lado, na mente do pequeno nada fazia sentido o que o amigo tentava gesticular. 


-Baekkie eu não sei. -Fez biquinho triste.


-Mas é um macaco YEOLLIE. -Falou Byun


-Mas isso não se parecia um macaco, porque você estava com a mão na boca? 


-Porque eu estava imitando um macaco filhote. -Baekhyun falou e fez Chanyeol cair na gargalhada.


-Tá, ta .- Falou Chanyeol mexendo com a mão como descaso. -Agora é minha vez.


Chanyeol ficou de pé e começou mexendo os quadris, as pernas estavam juntas e do nada ele abriu um pouco as pernas e os braços, parecia que ele estava em um prancha, Byun entedeu na hora.


-BARBIE EM VIDA DE SEREIA -Gritou o baixinho.


Chanyeol assentiu e começou a cantar as música do desenho, ele errava a letra toda o que acarretou a um Baekhyun se contorcendo de risada.


-Ai chega Baek, cansei. -Se jogou no sofá.- Baek?


-Hun?


-Você quer casar comigo? Mas tipo de verdade?


Perguntou Chanyeol com os olhos fechados. 


-Ahn? -Perguntou Baekhyun com os olhos fechados 


-Baek você quer casar comigo?  


Baekhyun olhou para o amigo não entendendo muito bem aonde o amigo queria chegar. 


-Porque quer se casar comigo Channie?


-Mamãe falou que casar, é um gesto muito lindo com a pessoa que se ama e, eu te amo.


Chanyeol falou para o amigo que ficou vermelhinho na hora.


-Eu também te amo Chan. -Falou Baek tímido. 


-Então casa comigo?


Byun olhou o amigo e lhe abraçou. 


-Sim Chan, eu caso com você.


E para oficializar Chanyeol deu um selinho em Baekhyun que corou com sua atitude mas sorriu.


Chanyeol pegou Baekhyun pelas mãos e lhe ajudou a andar, caminharam de mãos dadas para o fundo da casa.


E a partir daquele momento, o mundo daquelas duas crianças iriam começar a se modificar, acarretado de sentimentos intensos.



Dizem que destino não existem, mas posso falar que talvez algo semelhante possa existir? Tem coisa no mundo que são inexplicável, você não sabe porque conheceu 'tal pessoa, ou porque isso aconteceu com você? tem coisa no mundo que não há um pontinho de explicação, apenas acontecem, uns dizem que é obra de Deus, ou dizem que os destino estavam entrelaçados, ou talvez seja apenas o famoso "acaso" da vida. Mas como minha vó sempre dizia "Deus escreve certo por linhas tortas. 

E esse amor que cresce com a maior pureza do mundo, não se acabaria ali, tenha certeza que não. Todos temos algum objetivo nessa vida e um deles eu creio fielmente é achar sua capanhia, afinal o ser humano não nasceu pra ficar só. 


Quatro crianças, Quatro corações, Quatro ser humano que acharam suas metades desde cedo. O amor que nasceram entre ambos foram nascido no mais puro e  sinceros sentimentos, eles aprederam que tudo há um tempo, e eles esperaram para em fim ter o famoso "Que seja eterno quanto durem"


♡~♡





10 Depois/Casamento KaiSoo



-Ai meu coração. -Choramingava Kyungsoo. -AI EU NÃO QUERO MAIS CASAR!


-Vou dar na sua cara Do Kyungsoo. -Falou Baekhyun tricando os dentes.


Hoje era o dia do casamento que Kyungsoo sempre sonhou, mesmo ele e Jongin só tendo 20 anos, ambos decidiram casar, mas parecia que o Do estava tendo um ataque do coração que estava cogitando a idéia de não casar.


-Ai Baek, cadê o AR, CADE?? - Soo se jogou no sofá que havia no quartinho onde estavam.


-Kyungsoo para de crise tá, você vai entar lá e se casar logo, antes que eu pega essa sua cabeleira preta e te arraste até aquele altar.


-Baek não quero mais casar, não consigo, eu não 'tô bem, preciso ir ali.


Kyungsoo tentou correr mais Baekhyun segurou ele, jogando ele no sofá. 


-Você só sai daqui pra subir naquele altar kyungsoo, você entendeu? -Byun falou bravo.- Por Deus Kyungsoo porque está chorando?


-Eu estou nervoso. -O pequeno se encolheu no sofá. 


Suspirou Baekhyun e, sentou ao lado do amigo lhe abraçando. 


-Vai ficar tudo bem Soo, você vai casar, vai poder morar com o Nini..


-Jongin. - Falou Kyungsoo interrompendo Baekhyun.


-Ahn? -Perguntou confuso. 


-Pra você ele é Jongin, não é porque você esta tentando me acalmar que eu dei a liberdade de você chamar meu Nini de Nini, só eu chamo.


Baekhyun soltou Kyungsoo com a cara mais raivosa do mundo.


-Morra Kyungsoo! Tchau seu ingrato.


Byun se virou pra sair do quarto mas Kyungsoo segurou ele pelos cabelos.


-Você não vai sair daqui. -Soo falou bravo. -Você vai me acalmar, entendeu? 


Baekhyun arregalou os olhos e assentiu. 


-Chanyeol mandou uma mensagem falando que Jongin está quase vindo buscar você. -Falou Baekhyun, enquanto digitava no celular. 


-Ai droga Baekhyun, tira essa bunda daí e vamos então. -Falou Kyungsoo apressado e Byun olhou-lhe incrédulo. 


-Nossa, cada a "mocinha" que esta a ponto de um taquicardia quase agora?


-Byun se eu fosse você eu levantaria e me apressava, porque estou a ponto de fazer Chanyeol ser viúvo antes mesmo de um dia ele chegar a casar contigo. -Falou Kyungsoo com um sorriso calmo


 Baekhyun levantou e seguiu o amigo até a porta, passaram pelo corredor que dava até o altar e quando ouviram alguém grita " O noivo dois está vindo" uma música começou a tocar.


Baekhyun deixou Kyungsoo no altar junto com o pai do mesmo e correu para o lado de Chanyeol.


-Pensei que o olhudinho ali tinha fugido. -Sussurou Chanyeol, fazendo Baekhyun soltar uma risada e em seguida uma cotovelada por falar aquilo.


-Quieto Chanyeol!


Os dois ficaram quietos e observaram Kyung andando até o altar, Jongin estava radiante, seu sorriso fazia contraste com seu terno preto, quem o visse nem imaginária que era uma criança ainda.


Kyungsoo chegou ao altar e, seu pai depositou um beijo em sua testa e estedeu a mão do pequena para Jongin que parecia nervoso.


Os dois sorriram e começaram a escutar as palavras do padre. A cerimônia estava quase no fim quando Baekhyun começou a chorar meio audível. 


-Olha Chan eles vão se casar tão Jovens, que orgulho do nossos filhos. -Falava Byun entre soluços. 


Kyungsoo olhou pra ele com raiva e sussurrou ameaçador. 


-Se você não fechar a boca Baekhyun, eu juro que arranco seus dentes, um, por, um.


Byun arregalou os olhos e parou imediatamente, Kyungsoo olhou para o padre vendo a cara de espanto do homem de meia idade e sorriu fofo.


-Pode continuar. -Falou Kyungsoo fofo e, completou. -Se poder parte pro final também. 


O padre assentiu e partiu pro final, fazendoaos convidados lhe olharem estranho.


-Você Kim Jongin aceita Do Kyungsoo como seu legítimo esposo. Para amar e respeita, na alegria e, na triteza, na saúde e doença, por todo dia de sua vida?


Jongin olhou para Kyungsoo e abriu um sorriso que fez seus olhinhos se fecharem minimamente. 


-Aceito.


-E você Do Kyungsoo aceita Kim Jongin como seu legítimo esposo. Para amar...


-Aceito. -Falou Kyungsoo interrompendo o padre.


-Err...Bom, então os declaros casados, podem se beijar. 


Kyungsoo nem ouviu o padre falar o final, apenas segurou Jongin pela gravata borboleta e puxou-lhe para o encontro de seu lábios, fazendo os convidados vibraram.


Chanyeol deixou uma lágrima cair e Baekhyun viu e, comecou caçoar do mais velho, falando o quanto Chanyeol era sensível.


-Ai Chan, você sempre foi sensível. -Byun abraçou Chanyeol enquanto observavam os convidados sairem e irem direto para festa que era do lado onde tinha acontecido a cerimônia. 


-Falou a pessoa que fez o casamento parar pra ver sua crise de choro. -Falou Chanyeol com um sorriso debochado. 


-Ei. -Baekhyun bateu no braço de Chanyeol e abraçou-o mais forte.


-Você não acha que o casamento deles foram um tanto que cedo?


-Não, eles sempre se gostaram e, eles sempre quiseram esse momento. -Falou Byun.


-Verdade.


-Ei vocês, vai ficar ai com essas caras de "tacho" ou vão vim pra festa?- Kyungsoo volto a te a cerimônia e chamou os amigos.


Os dois sorriram e seguiram Kyungsoo.


E aquele seria o começo de uma nova página na vida de Kyungsoo e Jongin.



Afinal Soo sempre foi do Nini e, vice versa.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...