História De Ponta Cabeça - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Logan Lerman
Personagens Logan Lerman, Personagens Originais
Tags Amizade, Logan Lerman, Romance
Exibições 27
Palavras 1.680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Constelações


Sam sobe para trocar de roupa enquanto nós dois vamos até o lago, no meio do caminho Daniel me olha. 

-Você não está se aproveitando da Sam né? 

Sinto o peso do mundo sobre a minha cabeça. 

-Por que está falando isso? Claro que não. 

-Você e os meninos tem essas ideias estupidas de apostas e é sempre as meninas que saem magoada. -Ele para e coloca o dedo indicador sobre meu peito. -Se você magoa-la por uma maldita aposta....Eu te arrebento Logan. Ela é uma garota incrível, que não demonstra mas sei que está se corroendo por dentro por causa do ex ainda e não merece ser magoada pelo astro que ela é apaixonada. 

Ele caminha até a água e pula e eu fico parado ali ouvindo a voz dele falando sobre ela ser apaixonada. Cara o que estou fazendo? 

Ando até a beira do lago e me sento no pequeno pier. 

-FINALMENTE. -Duda da um berro que comprova que já está bêbada. -Tira essa camisa e entra logo. 

Olho para trás e Sam está caminhando lentamente, está com short preto e uma camisa do Acampamento Jupiter, abri o sorriso e fui até ela. A camisa era maior que ela, quase cobrindo o short. 

-Você nunca usa camisas mais justas não? 

-Da um tempo Logan. 

Alex sai da casa de biquini, seu corpo está esbelto, seios fartos, pernas torneadas, ela anda fazendo academia. Olho para Sam que está olhando e ajeita a camisa e senta em uma cadeira. 

-Você não vai entrar? 

Ela olha para Alex e depois me olha, com certeza está com vergonha. 

-Não... não to muito afim. 

-Você vai sim vem. -A puxo fazendo se levantar. -Se não tirar a camisa eu vou te jogar com ela. 

-Você não faria isso.  

-Não deveria ter dito isso. 

Pego Sam no colo e a levo para o lago, ela grita e se debate. 

-Logan por favor não, você vai estragar minha camisa , não. 

-Então é melhor tirar. -Dean está dentro do lago com um sorriso besta na cara, ele também está bêbado. 

-OKOK, espera Logan eu tiro, mas me coloca no chão. 

Faço o que ela pede e começa a tirar a camisa, e tenho que respirar fundo. Sua barriga é lisa, sua cintura é bem marcada, seios médios com um biquíni preto por cima, ela joga a camisa em cima da cadeira e me empurra e vai a direção ao lago, ela raramente mostrava o corpo, não sabia que era bonito, não era esbelto era simplesmente bonito.  

Ela caminha devagar até o pier e molha o pé, então se afasta e me olha ela para e se vira e corre e pula na água, logo depois eu faço o mesmo e ficamos nisso até o entardecer, pulando nadando e mergulhando. Alex não parava de me olhar e isso me deixava desconfortável, queria ficar perto de Sam, mas ela mesma parecia não deixar, se afastava e olha para Alex. 

Quando o sol estava se pondo fomos para casa e comemos, tinha muita gente na casa, muitas risadas, gritos, fotos e bebidas. Por fim olho para Alex que está me encarando, aquilo tudo parece me colocar mais para baixo, me viro e vou para trás da casa ficando perto do pier, me encosto em uma coluna de madeira ali perto e fico olhando para o lago quieto e escuro. 

-Se afastando de seus amigos, astro? 

Olho para trás e vejo Sam vindo em minha direção ajeitando a camisa sobre o corpo. 

-Não to me sentindo muito confortável la. 

-Por causa da Alexandra? -A encaro, seus braços estão cruzados. -Qual é, deu pra ver que aconteceu algo ruim entre vocês dois. 

-Nosso termino não foi algo bom, sabe, ela que quis, mas parece que gosta de provocar ainda. 

-E você ainda gosta dela? 

-Você ainda gosta do seu ex? 

Ela desvia o olhar e morde o lábio inferior. 

-Justo. 

-Desculpa. 

-Relaxa, você não vai ser o primeiro a falar dele e muito menos o ultimo. 

Ela olha para o céu com os olhos cerrados encarando as estrelas. Olho para ela, está bem concentrada, seus olhos não para, como se tivesse procurando algo, então começa a piscar muito rápido, sei o que é aquilo...Está tentando controlar o choro. 

-Ei -Me aproximo dela. -Me desculpa. De verdade não queria falar dele. 

-Ta tudo bem Logan. -Ela morde mais forte o lábio. -Já já passa. 

Ela mais uma vez olha para cima e o vento bate sinto um cheiro doce vindo dela, seus cabelos estão bagunçados, mas bonitos. Ela mantem os olhos nas estrelas. 

-Gosta de constelações? 

Ela abaixa os olhos e olha o lago. 

-Gosto de procurar elas. Me faz esquecer os problemas, me faz esquecer o ex sabe. 

Ela continua a falar e me dou conta que eu vou destruir essa menina se levar isso pra frente. Ela parece ser uma pedra quando a conhece, seria, com um olhar severo e auto protetor, mas quando você realmente convive com ela nota que é totalmente o oposto, é engraçada, com um olhar alegre e cheio de esperança como se tivesse a procura de algo ou alguém para se apoiar. Imagino quando ela descobrir, ela chorando e se trancando no quarto e quando estiver tentando fazer ela sair do quarto, ela abrirá a porta com aquele olhar duro e olhos vermelhos mandando eu ir embora, isso me congela e sinto uma lagrima correr pelo meu rosto. Lembro de quando Alex terminou comigo falando sobre querer algo melhor do que eu, que eu era apenas um moleque que parecia não levar jeito com relacionamentos. Fiquei muito mal com isso, então fiz o que ela realmente pensava de mim, comecei a me comportar como um moleque com meus amigos, fazendo apostas envolvendo garotas, bebidas sem me importar com mais nada. Posso parecer forte, mas só quem já foi humilhado e rejeitado sabe como é horrível e como isso abala com nosso psicológico. Respiro fundo e limpo o rosto com as costas da mão. 

-Você está bem? -Sam se coloca na minha frente e me encara. -Logan? O que houve? 

-Lembranças apenas....E alguns pensamentos. Lindsey vacilou comigo, ela não deveria ter chamado a Alex. Ela sempre achou que a gente deveria ficar juntos. 

Ela estica as mãos e toca meu rosto, enxugando ele com um olhar severo, por fim abre um pequeno sorriso. 

-Quer ver uma coisa legal? -Ela se vira virando de costas pra mim se apoiando no meu corpo mais uma vez sinto seu cheiro doce, ela olha para o céu. -Sabe aquelas três estrelas ali? Na do meio tem mais estrelas criando uma reta e faz uma curva está vendo? 

-Uhum, que que tem? 

-Acabou de ver a constelação de escorpião. -Ela vira o rosto e da um sorriso de criança que aprontou. -Deixa eu ver mais uma legal, deixa ver se eu acho a do seu signo. Capricórnio cadê você? 

Ela roda a procura da constelação e para de frente pra mim com os olhos fixos no alto. Então faço algo sem pensar, coloco as duas mãos em seu rosto e a beijo. Suas mãos por um segundo vão parar na minha barriga como se quisesse me afastar, mas logo vão para o meu quadril me puxando para mais perto. 

Sua boca é macia, a beijo devagar, não queria que aquilo acabasse, então.... 

-OLHA SÓ. 

Sam se afasta de mim olha para a direção da voz e olha para o chão. Me viro e Dean, Daniel, Lucas, Ju e Alex estão parados nos olhando. Todos estão sorrindo menos Alex e Daniel, ele parece estar desconfiado. Lucas da um passo para frente e se vira para o resto do grupo. 

-Não queremos atrapalhar né gente? Vamos voltar para casa e deixar eles sozinhos.  

Ele leva todos para casa no meio de protestos, risadas e olhares desconfiados. Me viro para Sam, ela está olhando para baixo com as mãos na cintura. 

-Isso foi muito...estranho. 

-O beijo ou o pessoal? 

Ela me olha com um sorriso. 

-Claro que o pessoal. 

-Então meu beijo foi bom? E nada estranho? -Ela fica calada com um sorriso sem graça. Me estico e pego na sua mão a puxando para mais perto, colocando ambas as mãos na cintura dela. -Vem ca. 

Me estico e a beijo novamente, ela coloca as mãos no meu rosto e nuca, sinto suas mãos fria. A puxo com mais força contra meu corpo, nosso beijo fica mais intenso, a viro e a encosto sobre a coluna de madeira do pier, ela passa uma das mãos sobre meus cabelos e a outra sobre meu ombro não penso em nada apenas a beijo, soltando leves suspiros a cada beijo que dou sobre seu pescoço, coloco minhas mãos por dentro da camisa dela colocando sobre sua cintura e costas. 

-Logan. -Ela respira fundo, tirando minhas mãos de seu corpo. -Melhor pararmos. 

-Por que? Fiz algo? 

-Bem, não, só acho melhor parar por ora. 

A abraço levemente. 

-Tudo bem. Quer entrar? 

Ela concorda com a cabeça e andamos de mãos dadas até a casa. Minha mãe já foi dormir, assim como Lindsey e Alex. Dean e Duda estão dormindo na sala, pelo que parecem cairam de tanto beber, o resto está na cozinha conversando baixo, ao nos ver eles abrem os sorrisos, menos Daniel, ele está quieto nos olhando com uma das mãos apoiando na mesa segurando o rosto. Solto a mão de Sam e caminho até Dean na sala. 

-Ei cara acorda. -Sussurro balançando ele. -Dean, acorda. 

-O que você quer? 

-Já era a aposta. Beijei ela e pronto. 

-Só isso? Não vai rolar sexo? 

-Cala a boca, não, não vai rolar sexo, então já ta feito. 

-Se não transar, não vai ter... 

-Não me importo. 

Ele se levanta do colchão serio me olhando. 

-Vai deixar aquilo de lado por uma garota? -Ele cerra os olhos. -Você ta gostando dela... 

-Não, não estou. Só não quero mais isso. 

Me levanto e volto para a cozinha, dou boa noite a todos e vou para o meu quarto. Caio no sono quase que imediatamente pensando sobre o beijo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...