História De repente acontece - Capítulo 63


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang
Personagens T.O.P
Tags 2ne1, Bigbang, Daesung, Gdragon, Seungri, Taqeyang, Top
Visualizações 8
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 63 - Maldita lisa!!!


Fico olhando para aquilo.

-isso é o que? Pergunta hyun

-isso é uma boneca mal feita de vodoo minha, e uma carta. Digo pegando um envelope vermelho.

Dentro do envelope tinha fotos do meu encontro com o gabriel, e um papel escrito.

"Infelizmente ele foi um idiota e não fez o que eu pedi, ele é apenas um tarado que não consegui fazer nada. Se ele não fez eu faço. Você não vai durar muito sua vaganbunda, o hyun vai voltar pros meus braços e você vai direito pro inferno"

De sua doce e querida amiga Lisa.

-Rapariga. Digo baixo.

-o que? Hyun pergunta.

- taí algo em brasileiro que não vou traduzir pra você.

-meu Deus que horror. Diz a senhora park.

-isso não me dá medo senhora park. Digo pegando a boneca que está vestindo a mesma roupa que eu estava na primeira vez que vi lisa.-Mas isso sim. Pego as fotos.

-vamos na Polícia agora! Diz hyun levantando do sofá.

-hyun, calma ela não vai fazer nada! Ela só quer me colocar medo, vamos viver nossas vidas, vou queimar essa boneca, as fotos junto com a carta eu vou guardar, caso necessário usar.

-karol, ela é louca, está fora de si, ela é capaz de qualquer coisa.

-ela estava com ele. Digo baixo e fico pensativa.

-é, eles estavam juntos, e se a gente não chegasse? Eles iam matar você karol. Diz hyun

-mas não fizeram,e eu estava com tudo sobre controle.

-nossa que controle,você ia matar ele e aí? Como eu ia ficar com você na cadeia? Você teve sorte de eu ter livrado você. Diz ja alterado.

-hyun calma, não quero brigar, só vamos esquecer.

-ta, temos ensaio hoje, e quero que tudo dê certo. Diz pegando a chave do carro.

-vou tacar fogo nisso. Ligo a lareira e jogo a boneca.

-Maldita. Digo olhando a boneca pegar fogo, imagino lisa pegando fogo.

Hyun está me esperando no carro.

-desculpa ter gritado. Ele diz e me olha.

*respiro fundo*

-Sei que você ta preocupado comigo hyun, eu desculpo sim. Digo e dou um beijo nele.

Saímos e fomos para o estádio, lá estavam todos nós esperando.

-amiga. Diz mariana que está perto do jiyong.

-oi nem sabe da nova. Digo

-o que foi ja? Mariana pergunta.

-olá meninas. Júlia aparece.

-ainda bem que você apareceu, pelo menos não tenho que contar a historia duas vezes

-o que aconteceu?. Júlia pergunta.

- a louca da lisa, me mandou uma caixa com uma boneca minha de vodoo, e uma carta dizendo que vai me matar.

-meu Deus, você não tá com medo? Mariana pergunta

-ela não vai fazer isso!

Conto tudo para as duas, logo sou chamada e as meninas sentam em um canto.

-Bom esse é a minha namorada tem uma linda voz. Diz hyun para um cara.

-estava ansioso em conhecer você pessoalmente, hyun fala muito de você. O homem aperta minha mão.

-sério? Digo completamente sem jeito.

-Bom eu sou Yang Suk, bom só yang mesmo.

-ele é o dono da yg. Hyun diz.

-meu Deus, serio? Muito prazer senhor Yang.

-o prazer é meu, bom vocês dois vão pra sala de gravação, hoje vocês não ensaiam aqui, vamos para a YG.

Nós três fomos, sou parada no caminho de saída.

-karol! Jiyong me abraça.

-jiyong. Digo feliz e sorridente.

-hyun, me contou sobre o que aconteceu hoje mais cedo, você está bem? Ele diz segurando mais braços e olha nos meus olhos.

-estou bem sim, bonequinha nenhuma me assusta.

-qualquer coisa pode falar comigo. Ele diz e me abraça de novo, um abraço forte e aconchegante.

-obrigado jiyong.

Saímos e fomos pra YG.

-Não gosto dessa intimidade com o jiyong! Hyun diz baixo só para eu ouvir, estávamos numa van com o senhor Yang que estava no telefone nesse momento.

-Bom eu já tinha intimidade com ele antes mesmo de você hyun, ele sempre foi um amor de pessoa comigo, não é agora que vou mudar a forma de tratar ele.

Hyun respira fundo, e revira os olhos.

-chegamos. Diz o senhor Yang.

Fomos direto para a sala de gravação.

-Bom primeiro gravamos as partes do Hyun depois você, tudo bem? Pergunta senhor Yang.

-tudo bem. Digo, hyun concorda com a cabeça,me dá um beijo e entre na cabine.

A voz dele é uma massagem para meus ouvidos, amo a voz grossa dele, ele canta me olhando, logo ele termina, e eu entro.

-Boa sorte meu amor! Ele me beija na testa.

Começo cantar e logo o yang manda parar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...