História De repente, amor - Camren - Capítulo 41


Escrita por: ~

Visualizações 2.125
Palavras 891
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amo essa foto porque parece mesmo Camren😍

Capítulo 41 - Morning Camz


Fanfic / Fanfiction De repente, amor - Camren - Capítulo 41 - Morning Camz

Pov Lauren

Abri meus olhos com dificuldade por causa do pouco de luz que entrava através da cortina do quarto, me espreguicei e senti as pernas da Latina entrelaçadas com as minhas, então sorri. Ela dormia tão serenamente, seu corpo coberto apenas da cintura para baixo, seus cabelos bagunçados e os ossinhos de sua coluna a mostra, onde deslizei meus dedos de cima a baixo e depositei um beijo em sua pele macia lembrando da noite que tivemos. Ela foi maravilhosa, cuidou tão bem de mim, foi paciente, carinhosa, doce, compreensiva, ela simplesmente consegue atravessar todas as minha barreiras com a maior facilidade. Eu nem fazia ideia se ela havia comunicado a amiga que não dormiria em casa, as coisas aconteceram de forma tão repentina, meus planos era ficar trancada no quarto o dia inteiro chorando e me lamentando, mas acabou sendo um dia de descobertas. Emma tinha a mim como seu assunto inacabado, e se ela precisava de minha felicidade pra ficar em paz, eu daria tudo de mim para deixar a Latina continuar me proporcionando contentamento. 

Deslizei a ponta do meu nariz pelas costas dela e subi para a nuca. Senti o cheiro doce do seu cabelo macio misturado ao cheiro de sua pele macia. Suspirei ao lembrar das mãos dela me tocando. Beijei seu pescoço e ela se mexeu ddevagarinho, dei outro beijo para então ela se virar pra mim e se espreguiçar abrindo os olhos devagar.

-não foi sonho? -perguntou com a voz rouca

-não, foi real, e foi maravilhoso

-se sente bem?

-sim, está tudo bem, você me ajudou a ficar melhor, que tal um banho?

-droga!

-o que foi?

-horário de trabalho 

Ela ia se apressar para levantar mas eu puxei seu corpo nu devolta para a cama dando uma leve checada nele, era lindo.

-não se preocupa com isso

-é o meu dever

-sou sua patroa, e eu ordeno que fique e tome um banho comigo

Ela sorriu mordendo o lábio inferior e me estendeu a mão.

-bom.. acho que então não tenho escolha, tenho que atender a minha patroa

Saímos da cama e fomos juntas para o banheiro, enquanto ela se olhava no espelho eu deixei a pequena banheira encher com água morninha. 

-Você me marcou

Disse passando a ponta do dedo indicador em cima de uma marquinha Roxa no pescoço.

-desculpe -falei sem jeito

-eu gostei. Enquanto ela estiver aqui e eu olha-la vou me lembrar de ontem

-só vai lembrar dessa forma?

-não, na verdade eu nem preciso de um lembrete, nem se eu quisesse esqueceria

Eu sorri e me aproximei dela segurando em seus quadris levemente, seus olhos castanhos fitaram o verde dos meus e então eu uni nossos lábios iniciando um beijo lento, arrastando minha língua por seu lábio inferior e acariciando sua nuca com meus dedos.

-melhor entrarmos na água 

-t-tem razão

Segurei na mão dela que entrou com cuidado e eu logo a acompanhei. Estava parecendo uma adolescente inexperiente porque eu não conseguia nem falar direito sobre ontem com ela.

-a água está maravilhosa, em uma temperatura agradável. Acho que se eu tivesse uma dessas em casa eu viveria dentro

-é bem relaxante as vezes 

Ela estava com as costas apoiadas na superfície lisa da banheira e eu observava seus cabelos bagunçados, em ficava linda mesmo assim. Olhei também para o par de seios medianos e ela fingia nao estar vendo meus olhares 

-vem aqui...

Me chamou e eu me aproximei sentando quase que no colo dela e senti sua mão acariciar meu rosto antes de me puxar e me beijar devagar. Eu tinha uma certa sensibilidade com beijos assim, me deixava mais envolvida. Seus lábios se arrastavam nos meus com volúpia e maestria. Senti sua língua quente serpentear junto a minha e eu arfei.

-Você tem um beijo tão gostoso

-só o beijo? -perguntou com um sorrisinho de lado

-não, tudo

Peguei um dos sabonetes perto da banheira e comecei a passar pelo corpo dela que fez o mesmo comigo. Ficamos na banheira por longos minutos trocando beijos e carícias. 

Depois que saímos eu vesti um roupão Branco e entreguei um a Camila.

- Você pode escolher uma roupa minha, tem calcinha nova na gaveta, pegue o que quiser 

-obrigada lolo.. e sobre o que aconteceu, eu...

Meu celular começou a tocar cortado a fala dela. Pedi licença e atendi, era da empresa.

-o que deseja?

-a senhorita Halsey está aqui de novo

-mas que droga, perseguição

Resmunguei ao telefone.

-irei tomar café da manhã e vou pra empresa, se ela quiser que espere

-sim senhora

A secretaria então desligou, eu vi a Latina me olhando e analisando-me.

-problemas?

-só aquela Halsey que te tratou mal, ela não sai da cola 

-talvez tivesse sido melhor se calar

-de maneira alguma, te defenderia de novo se fosse preciso -ela sorriu de lado e meu coração disparou, droga.

-Lauren..

-sim?

-não acha que precisamos conversar?

-s-sim, só não agora ta? Vou pra empresa, mas eu quero que me espere na hora da sua ida pra casa, eu vou te deixar

-não se incomode por favor

-será um prazer, ai a gente aproveita e conversa, que tal?

-tudo bem

Dei um selinho demorado nela antes de ir me vestir pra sair. Não queria que ela pensasse que eu estava fugindo do assunto... na verdade eu meia que estava, não sabia o que falar, quando ela disse que me amava depois que transamos eu me senti estranha, gostei de ouvir aquilo,  mas nenhuma palavra saiu da minha boca. Talvez eu só precisasse mesmo dar um tempo pra me acostumar com esses novos sentimentos que a Latina despertou em mim.


Notas Finais


03:46 da madrugada, então se tiver erros depois conserto. Sono 😴😴 bjs e ao comentar votem viu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...