História De tantas pessoas no mundo, porque justo ela ? 1 temporada - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Escola, Professora
Exibições 306
Palavras 818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fantasia, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa foto ai é minha cara de preocupação !!!

Capítulo 2 - Ela me odeia só pode !!!


Fanfic / Fanfiction De tantas pessoas no mundo, porque justo ela ? 1 temporada - Capítulo 2 - Ela me odeia só pode !!!

Enquanto cochilava, isso mesmo acabei cochilando deitada no banco. Sinto alguém puxando meu pé , abro os olhos pra ter certeza que não é o coisa ruim.
Era quase isso, minha amiga Clara.
Clara é um ano mais velha que eu, mais parece que tem cinco anos , talvez seja por isso que adoro o jeito dela.
Ela é mais ou menos da minha altura, 1 e 68 de altura pra ser especifica , tem a pele branca , é magra mais isso não significa que não tenha aonde pegar , pelo contrário.
É admito eu e Clara já ficamos, mais no final não deu certo , e viramos amigas( talvez amigas coloridas).
Voltando a história.
Olhei para Clara ,arquiei a sobrancelha e  perguntei : - o que você quer? Ela me olhou com uma cara sapeca e disse : - nossa amor, logo no primeiro dia de aula de mal humor , assim não ganha-ra beijinho depois ( Clara é assim não perdia a oportunidade).
Eu : - E quem disse que eu quero um beijo seu ( me fiz de dificil porque convenhamos, Clara beija bem , mas não sou tão fácil assim).
No instante que eu disse isso , Clara estava praticamente ensima de mim , e um detalhe eu ainda estava deitada no banco ( banco grande esse não ?).
Confesso a carne e fraca , nos iriamos nos beijar, exatamente iriamos se não fosse....
Quem disse Mariana acertou.
Ela enterrompeu o beijo no exato momento.
Mariana : - além de matar aula , chegar atrasada e não assistir a minha aula, fica se agarrando por aí.
No momento em que Clara ouviu a voz de Mariana quase caiu no chão. Tive que segurar o riso.
Quando me levantei e olhei Mariana eu a vi de um jeito que não tinha visto antes ,antes a via como uma velha rabujenta , mas dessa vez não, ela estava linda , com uma saia longa e uma blusa justa, estava com cabelos soltos que realçavam sua beleza , estava usando um perfume que quando senti me deu uma vontade  de ...
Até que eu voltei pra terra , e falei externamente para mim : - nada de pensamentos pervetidos, ela é sua professora e  tem praticamente o dobro da sua idade ( no caso 29) , além de ser uma pessoazinha irritante e mal amada, ai novamente pensamentos pervetido : - bem que a parte do mal amada eu poderia resolver, até eu gritar internamente , NADA RESOLVER A CARÊNCIA DE MULHERZINHA NENHUMA.
Então finalmente recobrei minha consciência, e a olhei.
Ela nem esperou eu falar alguma coisa e ja foi logo dizendo.
Mariana : - me diz a verdade , você não achou que ia fazer aquele showzinho todo, e falar comigo com você falou e ainda sair impune , não achou ? .
E me lançou aquele olhar , "vou ferrar com sua vida", mas também me mantive firme.
Eu : - não sei de que showzinho se refere?(me fiz desentendida)
Mariana me olhou e também se fez de desentendida : - ah não sabe ? , vamos até a sala da coordenação que eu te lembro.
Nesse momento até que bateu um certo medo , mais quem tá na chuva e pra se molhar.
Eu : -  vamos então você me lembra o showzinho que eu dei , e eu te lembro do seu abuso de autoridade, me impedindo de entrar na sala.
Nesse momento percebi que mariana tremeu na base , mas mesmo assim.
Achei que ela ia dizer alguma coisa, mais ela se virou para Clara.
Mariana : - você ainda está aqui , suba para sua sala enquanto eu converso com sua ....
Então ela se virou para mim , senti um calafrio pois ela me olhou dos pés a cabeça , pode ser loucura minha mais senti uma pitada de cobiça em seu olhar.
Então ela voltou para terra, : - namoradinha.
Então vi Clara tentar falar algo mas não saia nada ( tadinha parecia uma múmia ) então ela se foi.
Eu : - iai vamos pra coordenação ou não?.
Nesse momento Mariana se aproximou de mim como alguém que tenta impor respeito : - não abuse da sorte menina !!
Nesse momento me mative firme e também me aproximei , a encarei e disse : - porque não ? , falei sarcastimente para mariana.
Nesse momento vi o que e uma pessoa explodir por dentro.
Ela me olhou e por alguém motivo meu instinto foi descer o olhar para seu lábios , nesse momento so tinha um pensamento .
Mariana percebeu que eu a olhava então vi que ela ficou desconcertada mais disfarçou.
Mariana : - desça vez você se safa mais não pense que vai matar outra aula minha , va para sala que a terceira aula é minha , e você não perderá essa também.


Notas Finais


Eai???
As perguntas surgem ,será que vai dar treta? , mariana vai deixar de ser mal amada ? O que acontecerá na terceira aula?
SÓ nos proximos capitulo, sorry.
Eai comentem , está bom o enredo?.
Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...