História De um jeito ou de outro - Livro 2 - Miragem na Encruzilhada - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Chris Argent, Derek Hale, Erica Reyes, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Boyxboy, Derek, Homossexual, Romance, Sterek, Stiles, Teen Wolf
Exibições 118
Palavras 1.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Slash, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Apparition


Depois do ultimo encontro com os Hale, pelo menos era o que Stiles queria, ele enviou uma mensagem para Steve para encontra-lo na Bastide Du Jas de Bouffan dizendo que precisava de explicações sobre o pequeno plano da matilha dele de tentar matar ele usando o Derek como arma. Mas algo muito “urgente” acontece onde os Hales e Scott estão.

- Você ainda acha que ele quer ser salvo? – Scott perguntou fechando todas as janelas e a porta do estabelecimento. – Talvez esse seja quem ele é agora e não tem nada que a gente possa fazer.

- Eu isso seja só você desistindo dele! – Derek saiu de perto do corpo e foi desafiadoramente para o caminho de Scott.

- Abra os olhos Derek, ele acabou de matar um homem a sangue frio, esse pode ser o Stiles agora! – McCall respondeu devolvendo a fúria.

- Se você não vai adicionar nada de bom pode ir em borá. – Derek voltou ao seu posto de antes do lado do corpo.

- Derek, eu não estou falando que eu vou desistir, mas você acha que alguma coisa vai mudar? – O Hale nada disse, só fingiu observar o corpo. – Ele é meu melhor amigo e eu com certeza daria tudo por ele, mas se não vai levar a lugar nenhum, pra que perder tempo.

- Por Stiles não existe perder tempo. Ele está muito afundado no desespero e na estabilidade. – Finalmente Peter se pronuncia se levantando do outro lado do corpo. – Ele tem medo que nossa presença possa de novo mudar o que a realidade dele é agora.

- Isso é algo obvio agora me fale alguma coisa que possa trazer Stiles de volta a ser quem ele é. – Derek se levantou pela segunda vez e se sentou na cadeira que Stiles sentara.

Ficou um silencio exaspero naquele lugar até Peter quebra-lo.

- Quanto tempo vai demorar para Isaac chegar?

- Acho que uns 7 minutos, mais ou menos. Não sei ao certo.

- Ainda mais isso. – Derek bufou se virando totalmente para a mesa, mais especificamente para o gato preto que estava lá. – De onde esse gato saiu? – Derek perguntou para ele mesmo enquanto levava o gato com ignorância que começava a choramingar.

- Que culpa o animal tem? – Uma voz masculina sibilou atrás de Derek, tal voz que não pertencia nem a Scott nem a Peter.

Os três ali não perderam tempo e já partiram para cima do homem muito bem vestido que estava sentado no lugar de Derek.

Derek que estava mais perto quase conseguiu acerta o rosto do homem, isso se um gralhar de uma coruja não o atrapalhasse, tal coruja que começou a atacar Derek. Peter por sua vez  tentou fazer o que Derek falhou mas dessa vez um corvo veio de não se sabe onde e começou a arranhar o Alpha.

- Nem tente querido. – Avisou o homem para Scott que ignorou e começou a andar para cima do homem. – Quer realmente me enfrentar? – O misterioso homem baixou um pouco os óculos e o revelado fez Scott paralisar no lugar. Os olhos do homem estavam completamente pretos, arriscando dizer até mais preto do que o próprio preto.

- O que você é? – Derek perguntou ainda tentando acertar  a coruja branca.

- Vamos nos limitar no objetivo de vocês e então depois eu falo quem eu sou. – O homem estalou os dedos e automaticamente tanto o corvo como a coruja partiram para o lado dele seguidamente do gato preto. – Temos 6 minutos agora, vamos falar do Stiles e sua pequena obcessão em ser a parte má. – O homem retirou os óculos escuros revelando a imensidão negra em seus olhos.

- O que você quer com o Stiles? – Derek perguntou ainda furioso.

- O mesmo que vocês. Quero trazer ele de volta ao que era. - O homem se agachou ao lado do corpo morto esquecido. – Ele realmente está muito perdido desde a morte do filho dele.

- Quem é você? – Scott se pronunciou com coragem.

- Vamos apenas dizer que sou um anjo para a sua nobre causa. – O homem sorriu de uma forma sarcástica. – O que vocês querem é fácil de ter, mas estou jogando de uma forma errada.

- E de que forma devemos fazer isso, ó grande anjo? – Peter devolveu com igualmente sarcasmo.

- Vocês querem traze a humanidade dele de volta... Digamos assim. – Novamente o homem se levantou se apoiando na mesa. – Ao invés de usar só amor, usem raiva, ou até medo.

- Você está ameaçando ele? – Derek estava pronto para tentar atacar o desconhecido de novo.

- Meu Deus você não mudou nada. – O desconhecido disse para si mesmo. – Escuta, o Isaac está virando a esquina nesse instante então vamos manter isso entre nós. Peter e Derek me encontrem na floresta perto dos arredores de Aix-En-Provence e tragam o Stiles. Você não é convidado He Wolf. – Disse apontando para Scott.

E então, simplesmente e derrepente ele some, desparece. Isso foi o suficiente para todos naquela sala teorizar sobre loucura de lobisomem.

- Oi gente. – Nem mesmo a recente voz e presença de Isaac foram suficientes para fazê-los acordar. – Pessoal?

- Isaac, leva o corpo para dentro do carro por favor. – Peter falou calmamente.

Isaac obedeceu sem entender o por que que todos estavam paralisadas, ele podia jurar que todos os três estavam até segurando a respiração.

- Scott. – Isaac chamou o namorado com a mão livre, já que a outra carregava o corpo.

- Isaac. – Scott respondeu desligado da realidade.

- Parece que viram um fantasma.

- Digamos que foi quase isso. – Peter disse se libertando do transe junto a Derek.

Todos foram para o carro de Isaac com o corpo no porta malas. O caminho todo foi feito em silencio, ainda tentando digerir tudo o que acontecia. Finalmente quando chegaram na floresta que o silencio foi quebrado.

- Vocês acham que tem chance de trazer Stiles de volta? – Isaac perguntou enquanto cavava na terra.

- Existe a possibilidade. – Scott disse ainda focado no nada.

- Gente, ver Stiles matando alguém desestabilizou vocês mesmo.

- Não foi ver ele que nos fez ficar assim. – Peter proferiu as palavras vagas. – Se prepara, por que isso vai explodir sua mente.

Peter explicou tudo que viram desde que Stiles matou o homem até o desaparecimento  do ser misterioso.

- Isso é loucura. Tem certeza do que viram? – Agora Isaac estava se preocupando com esse desconhecido.

- É obvio que isso é loucura. – Derek se pronuncia pela primeira vez naquele lugar.

- Mas você acha que ele pode... – Derrepente Isaac abaixa a cabeça.

- Isaac, tudo bem? – Perguntou seu namorado preocupado.

Com uma voz alterada respondeu; - Vocês deveriam começar a ter mais fé queridos. – Assim que Isaac levantou a face os três se afastaram.

Com olhos cem por cento brancos como as nuvens e voz alterada como a do homem desconhecido e um sorriso sarcástico nos lábios.

- Como isso é possível? – Peter de prostou a observar aquela mescla de seres.

- Isso é chamado de Feitiço Dos 100 Olhos. – Isaac, ou o homem, disse andando lentamente. – Agora vamos ao plano.

[...]

Finalmente Steve chegou na Bastide Du Jas de Bouffan bem ao ponto de pegar um Stiles sem paciência.

- Me desculpe querido, eu honestamente me atrasei. – Steven realmente estava arrependido de deixar Stiles esperando.

- Você sabe o que seus betas e Ômegas fizeram, certo?

Automaticamente Steve abaixou a cabeça, como um cão arrependido.

- Os responsáveis já foram punidos e eu prometo que isso não ia acontecer novamente. – Ele mantinha sua cabeça baixa igualmente como sua voz.

Stiles bufou e começou a fazer cafuné nos cabelos brancos do lobo albino.

- Branquinho, pra sua sorte o assassino deles estava só os enganando. – No mesmo momento o lobo levantou a cabeça para encarar Stiles.

- Quem é ele?

- Ninguém com quem valha a pena se importar. – Stiles deu meia volta olhando para os jardins ao redor dele e de Steve.

- Stiles, ele ainda está aqui? – Perguntou preocupado com sua ancora.

- Não, ele só é um incomodo que trouxe outros três.

- Se você quiser eu posso dar um jeito neles. – Olhos carmim já mostrando que estava disposto a tudo.

- Não, isso não. Logo eles vão estar saindo da minha vida. – Stiles voltou a ficar fixo em Steve.

- E se eles não saírem?

- Então vão ter que aguentar as consequências. – Stiles disse com uma certa tristeza.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...