História De uma nerd para bad girl - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charli, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Dimitry, Giles, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lynn, Lysandre, Manon, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor Doce Castiel
Visualizações 41
Palavras 3.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Finalmente o certo kkk

Capítulo 22 - Niver❤


Fanfic / Fanfiction De uma nerd para bad girl - Capítulo 22 - Niver❤

Eu- que horas são?

Ryan- umas 10 da noite se arruma que agente vai sair

Eu- para onde?

Ryan- é seu aniversário é de noite e vc oficialmente tem 18 então nós vamos para uma balada

Eu- tá vou tomar banho

Eu fui para o banheiro e comecei a tomar banho e meu Cell a tocar

Eu- Ryan dá para atender a porra do meu telefone

Ele entrou no banheiro e foi atender o telefone ele abriu a porta do box

Ryan- a rosa falou que deixou um vestido na frente da porta para vc usar hoje

Ele parou de falar e me olhou de cima a baixo

Eu- precisava abrir a porta do box para falar

Ryan- não mais assim é melhor

Eu- pera a rosa tá aqui

O Ryan fez uma cara de que não devia ter falado e foi fechar a porta do box mais eu o puxei

Eu- oque vc tá escondendo senhor Ryan

Ryan- vc vai me molhar

Eu o empurrei para debaixo do chuveiro

Eu- me conta

Ryan- a rosa e a Ju estão aqui mais era para ser surpresa delas isso

Eu o olhei desconfiada

Ryan- agora que eu já tô molhado mesmo vou tomar banho

Eu- ei eu tô tomando banho

Ele me puxou e me prensou contra seu corpo na parede

Ryan- não reclama vc que me molhou

Eu-  vc mereceu tá

Ryan- e vc merece isso

Ele começou a beijar o meu pescoço

Eu- Ryan

Ele desceu a mão dele para a minha perna e me deu um empulsso para cima me fazendo cruzar as minhas pernas em volta do abdômen dele eu cheguei perto do ouvido dele

Eu- sério eu quero tomar banho Ryan

Ele parou de beijar o meu pescoço e me soltou

Ryan- chata

Eu o o empurrei para fora do box

Eu- sou mesmo agr vai se trocar e se secar

Eu terminei meu banho me enrolei em uma toalha sequei o meu cabelo e fiz uma make simples um lápis um delineador e um rímel sai do banheiro olhei para o Ryan que apontou uma caixa preta com um laço vermelho e o nome no bilhete de rosa eu abri e tinha um vestido cheio de pedrinhas pretas na saia que subiam para a parte dos seios e deixava um espaço entre eles e as costas com uma malha fina beje que olhando de longe nem parecia que ela estava ali junto com o vestido tinha um salto agulha preto com a sola de verniz, eu me vesti fiz um babylis no cabelo e peguei uma bolsa preta com detalhes em dourado e coloquei meu celular e meu cartão e desci o Ryan já estava me esperando lá embaixo quando ele se virou e me olhou ficou de queixo caído

Ryan- vc tá linda

Eu- obrigada fofo mais duvido que precisasse de tudo isso

Ryan- claro que sim

Ele veio até mim e sorriu

Ryan- acho que enquanto vc tiver com esse salto não vou poder te chamar de baixinha

Eu tava quase do tamanho dele tava batendo na testa dele mais o menos eu sorri e o beijei quando nós se separamos eu fui para fora e ele ficou para trancar a casa eu entrei no carro e tirei o salto pois eu ia dirigir sentei no banco e liguei o carro fechando a porta e abrindo a janela

Ryan- nem vem vc nem sabe para onde agente vai quem vai dirigir sou eu

Eu- a não

Ryan- vai princesa sai daí

Eu sai de cara feia e ele entrou no carro eu coloquei o salto e entrei no carro no banco do passageiro abaixei o vidro e ele colocou no gps o lugar é deixou o carro ir sozinho

Eu- sem graça vc nem tá dirigindo

Ryan- mais eu sei o lugar

Eu cruzei os braços e emburrei a cara me jogando no banco

Ryan- nem adianta fazer cara feia tá

Eu virei o rosto olhando para a janela eu ouvi ele rir

Ryan- vai me ignorar mesmo

Eu não o respondi e escutei ele mexendo em algumas coisas no carro e emburrado o meu banco mais para trás  ele me puxou para o colo dele ele tinha colocado os bancos para trás os bancos estavam colado e a marcha e o feio de mão e o porta copos aviam sumido e o carro tava com o vidro preto e dirigindo sozinho

Eu- como vc fez isso

Ryan- um mágico nunca revela seus segredos

Eu- tá agr deixa eu voltar para o meu banco e desbuga o meu carro

Ele deu risada e tirou o cabelo do meu ombro o beijando eu me arrepiei

Ryan- calma o lugar aonde agente vai é longe e o carro não tá bugado

Eu- eu to brava não quero saber

Eu olhei para o lado contrário dele

Ryan- ae é pq

Ele puxou meu rosto para a direção dele eu me virei no colo dele ficando meio que de joelhos com uma perna em cada lado dele e colando meu rosto no dele

Eu- nem ficar brava no meu aniversário eu posso

Ele deu risada e me puxou me beijando eu me afastei do rosto dele e comecei a rebolar no colo dele

Ryan- não me provoca baixinha

Eu- vc não pode fazer nada

Eu continue rebolando ele colocou a mãos dele por baixo do meu vestido e puxou minha calcinha para o lado

Ryan- certeza que não posso fazer nada

Eu- Ryan

Ele começou a fazer carícias no meu clitóris eu mordi o lábio e gemi ele chegou bem perto do meu ouvido

Ryan- tem certeza que vai continuar me provocando pq ainda falta uns 20 minutos para a gente chegar

Eu coloquei minhas mãos na sua calça e abri o zíper

Eu- minha vez

Eu tirei o pênis dele de dentro da sua calça e comecei a masturbalo ele gemeu perto do meu ouvido e me puxou fazendo eu sentar em cima eu abaixei a parte de se enconstar do banco para trás fazendo ela ficar com se fosse uma cama e comecei a rebolar encima do pênis dele ele colocou a mão na minha cintura e me puxou para cima e depois forçou para baixo fazendo o pênis dele me penetrar eu gemi e ele também eu comecei a rebolar devagar mais ele me puxou para perto do rosto dele e sorriu e em um movimento brusco enverteu fazendo eu ficar embaixo dele ele ergueu o meu vestido e começou a ir e vim devagar beijando o meu pescoço eu gemia o mais baixo que eu conseguia mais mesmo assim ainda era alto mais a hora que ouvi ele gemer no meu ouvido senti um líquido meio quente entrando para dentro de mim aquilo foi bom ele parou de me beijar e eu sussurrei para ele

Eu- você gozou dentro de mim

Ele deu um pulo

Ryan- caralho a gente esqueceu a camisinha ferro

Eu- ferro? Meu pai vai para New York com a gente e como eu explico para ele que com dezoito anos eu vou ter um filho

O Ryan saiu de cima de mim e se arrumou no banco do carona eu arrumei a minha calcinha e o meu vestido

Eu- vou tentar me acalmar pq eu não tô no meu período fértil

Ryan- espero

Eu percebi que eu tava fedendo e vi que agente tava passando por um posto então parei com tudo

Ryan- tá querendo matar a gente

Eu- não só lavar a minha mão

Eu sai do carro e entrei no banheiro me limpei e consegui tirar o cheiro fiz o Ryan se limpar tbm é entrei no carro dnv o Ryan arrumou o carro no jeito normal e não demorou uns cinco minutos para a gente parar em uma casa noturna gigante tinha luzes coloridas na entrada um tapete vermelho seguranças e uma fila eu olhei para Ryan que entrelaçou nossos dedos e foi para perto do segurança cochichou algo no ouvido dele e ele nos deixou passar enquanto a multidão gritava brava a hora que eu entrei vi que era uma festa de aniversário para mim estavam todos os meus amigos lá até os de New York meu pai a Cici minha tia todos eu quando vi aquilo e todos ali senti uma lágrima escorrer pelo meu rosto é o Ryan veio no meu ouvido e cochichou

Ryan- feliz aniversário princesa

Eu abracei ele chorando

Eu- vc tá brincando né

Ele sorriu

Ryan- não agente tá planejando isso a meses

Eu soltei do Ryan e fui abraçar a minha tia o meu pai a Cici o Roberto eu jurava que não ia ver eles tão cedo quando soltei o Roberto a Ju a rosa o Alexi e a Bia vieram me abraçar um abraço coletivo

Eu- tá jente chega de abraços pq amanhã a essa hora estaremos todos juntos na mansão

Bia- exatamente

Eu- cadê os outros

Ryan- devem estarem espalhados

Rosa- mds vc tá mt linda com esse vestido

Alex- realmente a rosa escolheu mt bem

Bia- bom ela já é linda

Eu- se vcs querem me deixar sem jeito já aviso que vai ser difícil

Eu vi o castiel com a loira azeda eu fui até eles a loira me olhou e ficou vermelha de ódio quando eu abracei o castiel

Castiel- feliz aniversário ruiva

Eu- obrigada

Eu o soltei e ele me olhou de cima a baixo eu fui abraçar a oxigenada e ela me abraçou eu sussurrei no ouvido dela

Eu- cuida do teu boy

Ela me soltou e me lançou um olhar mortal

Eu- vc vai ir com a gente amanhã tomate

Castiel- vou ver mais acho que sim

Eu olhei para a ambre que tinha se afastado e vi quem eu não precisava nesse momento era a Adri o castiel viu que eu tava olhando para ela e entrou na frente

Castiel- ei calma ruiva eu sei que vc tem milhões de motivos para socar a cara dela mais não estraga a sua festa não por causa dela

Eu- até vc sabe que ela e o Ryan ficaram quando eu estava fora

Castiel- só com a Adri ele ficou até com a ambre

Eu segurei o braço dele

Castiel- acho que ele não tinha te contado né

Eu- não

Castiel- Lucy ignora isso já passou curte sua festa esse vai ser o último dia que vc vai ver a Adri relaxa

Eu o soltei

Eu- vc tem razão e outra nem namorando a gente tá mais

Castiel- como assim vcs chegaram juntos

Eu- eu não tava com ele quando fui embora vc acha que eu realmente ia ficar namorando alguém de longe

Castiel- explicou mt agora

Eu- a gente tá só ficando dnv nada sério

Eu falei aquilo saindo fui ver a isa e o Luiz mais eles tavam se comendo então nem quis atrapalhar senti alguém passar a mão pelo meu ombro e me puxar pela cintura era Ryan

Ryan- seu pai me dá medo

Eu- concordo

Ryan- os convidados querem tirar foto para depois a dança

Eu- posso beber um gole de tequila antes

Ryan- nem começa vai dar pt no seu aniversário

Eu- claro adoro um drama

Ele deu risada e foi me puxando contra a minha vontade para aonde estavam tirando fotos eu fiquei ali até tirar foto com o último convidado depois tentei fugir e ir dançar mais meu pai me achou e fez eu ir para a mesa do bolo eles cantaram parabéns e finalmente chegou a meia noite onde tudo ficou escuro só com luzes de néon a música aumentou as pessoas começaram a dançar e a beber e todas estavam com pulseiras anéis e várias coisas de néon ou que brilhavam eu finalmente fui liberada bom entre aspas eu fui fazer um drink para mim misturei uísque com tequila vodka e um pouco de Ice

Ryan- vc vai desmaiar com um gole disso

Eu- sou forte para bebida tá eu tomo dois copos desse e ainda não perco a noção tá

Ryan- nunca te vi bêbada mais se já é Loka san

Eu dei risada e virei o copo realmente aquilo tava forte mais eu bebi tudo depois peguei o Ryan pelo braço e o puxei para a pista mais começou uma música meio lenta o Ryan me abraçou pelas costas e ficou com o rosto no meu pescoço enquanto dançávamos eu vi que a Ju tava sozinha então a chamei

Eu- vc tá sem ninguém

Ju- sim

Eu- dança com o Ryan eu vou ver uns negócios

Ryan- aonde Lucy

Eu- já volto

Ele e a Ju começaram a dançar e eu sai queria irritar a loira e a Adri e achei ela tava emburrada sentada na mesa com o castiel como o conheço muito provavelmente ele não quis dançar com ela eu me aproximei e ela e a Adri me lançaram um olhar de fuzil

Eu-estão se divertindo

Ambre- estavamos até agora

Adri- mais daí uma barata chegou

Eu as ignorei e cheguei perto do castiel mais especificamente perto do seu ouvido e sussurrei

Eu- oque vc acha de uma dança com a aniversariante

Castiel- uma ideia ótima se estivesse tocando uma eletrônica e a aniversariante não estivesse um par

Eu- eu tenho que dar atenção para todos os convidados e o Ryan não vai ligar

O castiel se levantou e foi cmg até a pista eu pude ver a cara da ambre tive que segurar para não rir o castiel fez a mesma coisa que o Ryan me abraçou por trás e ficou com o rosto perto dos meus ouvidos

Castiel- Lucy Lucy eu sei oq vc tá tentando fazer tá

Eu- ae então me diz oq é

Castiel- provocar a ambre e o seu clone

Eu- vc falando assim nem parece que vcs namoram

Castiel- confesso que não gosto tanto assim dela

Eu- percebi vc esta deixando eu fazer exatamente oq eu quero

Castiel- não Lucy eu não estou pois eu estou fazendo oque eu quero

Eu dei um sorriso

Eu- então quer dizer que o bad boy quer dançar com uma nerd

Castiel- sim pois essa nerd é muito gata

Ele falou isso me dando um beijo no pescoço eu me arrepiei

Eu- pena que agora que essa nerd que vc só se tocou tarde de mais

Castiel- ruiva vc não vai conseguir me iludir tão fácilmente assim tá

dei risada

Eu- eu já consegui ou vai dizer que vc gosta de saber que quem dorme cmg é o Ryan e não vc 

O castiel soltou da minha cintura e eu me virei para ele

Castiel- vc joga sujo

Eu- estou te dando o troco de todos os anos de humilhação agr que vai ter esse gostinho é vc mais de um jeito mais forte

Castiel- Lucy essa não é vc

Eu- claro que não aquela pessoa que gostava de vc lá em New York aquela pessoa que usava óculos e era zuada morreu e se tornou essa pessoa que é hoje graças a vc, agr vc vai ir dormir pensando noq eu e o Ryan estamos fazendo no quarto eu percebi desde aquele beijo no parque que vc estava gostando de mim mais só por uma carinha bonitinha e um corpo com curvas mais esqueceu o quão essa pessoa era machucada por vc

Castiel- eu já te pedi desculpas Lucy vc tá bebada e eu não preciso ficar escutando vc vomitar bêbada oq vc não tem coragem de falar quando está san

Ele saiu bravo eu realmente estava meio bêbada mais achei o Ryan e o abracei

Eu- vc não vai acreditar em quem eu encontrei

Ryan- vc tá bem

Eu- não a Adri veio jogar na minha cara de vc e ela

Ryan- lucy não liga para ela

Eu- Ryan eu não vou ficar toda a vez que chego perto dela escutar ela falar bosta de vc

Ryan- eu vou lá falar com ela tá bom

Ele me abraçou e eu sorri maliciosamente

Eu- obrigada

Ele saiu puto dali e eu fui pegar um litro de Skol Beats e encontrei a Bia que veio conversar cmg

Eu- seu irmão é um safado

Bia- oi?

Eu- ele veio passar a mão em mim e tentou me beijar

Bia- Lucy calma cm foi isso

Eu- ele falou que queria uma dança com a aniversariante e começou a passar a mão em mim

Bia- fica aqui tá bom ele vai ver só

Ela saiu brava e eu virei o litro e peguei uma batida mais alguém segurou o copo eu me virei e era meu pai

Pai- já chega Lucy

Eu- ei nem vem

Pai- vc já bebeu demais

Eu- idai eu tenho dezoito anos e não moro debaixo do seu teto isso quer dizer que vc não manda em mim

Pai- mando sim eu sou seu pai e esse é o seu dia e vc não vai estragalo bebendo

Eu- exatamente meu dia então eu faço oq eu quiser

Eu peguei a batida e virei

Eu- e outra vc pode ir sumindo pq a culpa é sua de a minha mãe não estar aqui tá

Ele sentiu com aquilo que eu falei eu me senti meia tonta já tava mais bêbada doq não sei oq então me sentei e vi que a rosa se sentou comigo

Rosa- tudo bem miga

Eu- não a Bia veio me falar que vc tá metendo a boca de mim pelas minhas costas

Rosa- oq?

Eu- é claro que eu não acreditei mais se eu fosse vc eu ia lá falar com ela pq olha

Ela saiu brava atrás da Bia eu peguei e me levantei fui para perto do Fábio

Eu- Fábio me faz um favor

O Fábio já tava bêbado tbm

Fábio- claro

Eu- bate no Ryan para mim

Fábio- pq?

Eu- pq ele não aceita que tudo acabou entre eu e ele e fica me obrigando a ficar com ele

O Fábio deu um soco na parede e foi procurar o Ryan eu queria ir para a casa agora então peguei a minha bolsa e a chave do carro e fui para fora escutei gritarias lá dentro e apressei o passo entrei no carro e tentei colocar a chave no lugar de ligar mais ela não entrava depois de séculos consegui liguei o carro mais lembrei que tinha que me despedir do povo então voltei para dentro e logo dei de cara com a rosa e o resto do povo

Eu- oi gente

Ryan- Lucy quanto vc bebeu

Eu- um litro de Skol Beats

Bia- eu juro que se vc não estivesse bêbada e fosse se lembrar amanhã eu ia te moer

Lys- ei sem agregação

Ju- falem isso vcs porque eu vou matar ela

A Ju veio para cima de mim mais o castiel a segurou

Castiel- se acalma que essa é a minha vontade

Adri- vc vai me pagar

O Fábio segurou ela

Eu- gente vcs vão brigar na minha festa sério

Eu falei aquilo passando entre eles e indo pegar uma dose de tequila a hora que eu virei a tequila eu senti tudo girar e e ficar escuro 


Continua...


Notas Finais


Lá lá lá ...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...