História De uma troca surge o amor - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 157
Palavras 2.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Um capítulo extra kkk , se tiver algo errado e o corretor

Capítulo 13 - Thirteen


Fanfic / Fanfiction De uma troca surge o amor - Capítulo 13 - Thirteen

          JIMIN POV.

Estava no meu lindo sono, no meu maravilhoso sono, até que alguma gazela que não era meu despertador e sim uma gritaria. Me levantei com aquela preguiça... poderia ficar dormindo? poderia mais alguém teria que por ordem nessa casa, por que o yoongi não vai acorda de jeito nenhum e não tô afim de morrer. Namjoon dorme igual pedra. Fui andando até a gritaria que vinha do quarto do hoseok como esperado.Abri a porta e me deparei com a melhor cena, o Tae estava atacando coisas no hoseok, até iria entrar no meio mais quero ver onde tudo isso iria parar, e eles também não notaram eu ali.

O Tae continua gritar coisas como* fica longe de mim*, *não chega perto *. Por um descuido do Tae o hoseok consegui o segurar pelo braço

-me solta

-por que deveria?

- para de graça Jung hoseok

- não to de graça Tae

-me soltá  -isso chega até ser cômico- me solta - o tae ficou se debatendo até que o hoseok perde o equilíbrio fazendo os dois cair, Tae em baixo e o hoseok em cima, que nojo, eles ficaram se olhando e se aproximando, agora é minha vez

-já acabou? -os dois me olha, o hoseok parecia me matar com os olhos, o Tae o empurrá- que pena parecia novela mexicana, o que aconteceu?

- por que eu estava deitado ao lado dessa coisa?

- coisa assim você machuca meu coração

- me admira você ter um- diz o tae e eu queria só a pipoca- que roupas são essas? Ou por que estou nessa casa e nesse quarto?

- yoongi hyung te encontrou na rua bêbado, o yoongi te trouxe para cá e já que nossa linda princesa não tem paciência o hoseok se ofereceu para cuidar de você - digo e segurei a risada -

- como assim cuidar?  -diz ele confuso -

- tipo banho sabe - digo e sorri -

-BANHO? VOCÊ É DOIDO? VAI SABER SE ELE É NINFOMANÍACO - não aguentei e ri -

- aliás tae belo corpo - o hoseok diz e sorri maliciosamente -

- ah meu deus ele se aproveitou do meu corpinho lindo -ah meu Deus preciso de ar não da- você não se aproveitou de mim não é?

- eu não você sim

-COMO? Filho nem cego eu me aproveitaria de você - ele diz já vermelho, cadê o yoongi num momento desses -

- não foi isso o que você disse quando pediu para eu te foder - ah agora eu morri de rir -

- como? E-eu pedi isso?

- talvez

-olha se você quiser continuar com esse seu amiguinho me responda - diz o tae e cruza os braços -

- tá, você não me fez nada, só pediu para eu dormi com você  -já acabou sério?-
se já acabou o show aqui, tae vai se arrumar e hoseok empresta uma roupa sua para ele - eu digo e saio de lá dando de cara com o yoongi -

-que cena não? - ele diz e sorri -

- você viu?

- não perderia por nada - fui me arrumar e esperei os meninos na sala, yoongi já estava pronto só que dormindo no sofá,  namjoon também estava pronto, só falta o casal. Preciso contrata uma cozinheira por que assim não dá.

- aleluia - vejo o tae de cara fechada, e o hoseok com um sorriso malicioso até eu percebo para onde ele olha- Pervertido- sussurro no ouvido do hoseok e fomos andando para faculdade .

Quando chegamos fomos nós sentar numa mesa perto da cantina:

- será que os meninos já chegaram? - digo me referindo a Jin e kookie .

- para que quer saber, tenho certeza que pelo Jin não é- diz o Tae -

- nada ver, você nem ao menos ligou para seu hyung - digo dando uma desculpa esfarrapada, por outro lado ele não ligou mesmo -

-ah verdade - olho para o yoongi que ficava secando o tae com os olhos não secando de modo malicioso, só de desconfiança-

- o que foi? - perguntei para ele em seu ouvido -

-a história do appa dele não sai de minha mente  -como sempre curioso-


-não deve ser nada de mais

-o que vocês estão conversando - diz hoseok baixinho só para nós ouvirmos -

-quero descobri mais sobre a família do tae - diz o yoongi- estou aflito

- também, ele não fala de sua família

- paranóicos - digo eu -

-não sei se isso será relevante, mas quando estava dando banho no tae ele tinha cicatriz nas costas algumas recentes -diz hoseok -

- será que o appa dele o bate?- diz yoongi -

- gente pode ser briga ne  -eles são muito paranóicos-

- será mesmo? se você tivesse visto, concordaria comigo - desisto -

- o que tanto fala - diz o Tae sorrindo quadrado -

- nada não

- KIM TAEHYUNG - vejo o Jin correndo até ele, eu ri- onde você estava?

- Jin ninguém precisa sabe meu nome - diz ele sorrindo- estava na casa do Jimin hyung

- por que não ligou? - agora foi a vez do kookie fala -

- ele estava bebado - diz  yoongi -

- como? - diz Jin supreso- Tae está tudo bem? Você não é de beber - diz ele preocupado .

- para tudo tem sua primeira vez - ele diz e sai -

- uau

-Jin e kookie alguém sabe do appa dele ou família? -diz yoongi -

- você insiste nisso

- ele nunca nos falou de seus pais - diz Jin -

- sempre que perguntamos ele desvia do assunto - kookie diz pensativo- única coisa que sei que ele tem uma irmã

- verdade - diz jin- nome dela se não me engano era Kim Sook He

- calma repete? - dessa vez eu pedi -

-Kim Sook He - diz kookie, já ouvi esse nome- por que?

- nada não  -se lembre jimin..... vai..... só dessa vez.....Kim Sook He..... aish isso é difícil de lembrar-

- vou indo - sai correndo e fui até o Tae, eu me lembro desse nome - Tae

- ah oi jimin- diz ele sorrindo tipico- o que foi?

- Nada não sabe acabei de saber que você tem uma irmã - vejo ele engoli seco- Kim Sook He, engraçado não?-

- Não sei do que está falando

-Não, achava que aquela garota tinha morrido, vejo que não- me lembro dela, eu a odiava, ela fez minha vida um inferno

- fala o que você quer?

- saber onde ela está, e sobre sua família ?

-não posso falar

-vai Tae me diz -tenho que descobrir a verdade-

-não posso entenda de uma vez jimin

-Fala, não sairei daqui sem resposta

- tá, vem - ele me puxou, e me levou até uma canto atrás da cantina para ser mais específico, ele se sentou e eu fiz o mesmo - meu appa é Kim jiwoo

- aquele cara podre de rico?

- esse mesmo, enfim teve uma época que a empresa do meu appa estáva passando por certas dificuldades, minha irmã Kim Sook He já tinha 10 anos na época ou mais, eu tinha 5 anos.-faço que sim com a cabeça- meu appa precisava de um herdeiro e minha irmã não iria assumir, óbvio que sobrou para mim, mais não podia assumir não tinha idade suficiente-suspiro, seus olhos se encheram de lágrimas- depois de um tempo meu appa fez negócios com muitas pessoas com nomes altos, e o nome do seu tio estava lá Park Seok, como disse a empresa estava mal e então meu appa deu golpe baixo por muitas famílias e sua está nela, seu tio ficou podre de rico por assumir a liderança mal sabia ele que, tudo que meu appa fez foi para ele -tentava digerir tudo-  meu appa é corrupto, ele é ganancioso, então a empresa passou a piorar e todas as empresas que tinha negócios com meu appa descobriram a barbaridade que meu appa fazia mas seu tio estava no comando, então tudo caiu em cima das costas dele. Ele foi processado por muitas pessoas, ele iria ser preso por um crime que não cometeu mas infelizmente ele não aguentou a pressão e morreu de nervossismo, pressão alta, mal comia, mal dormia

-então a culpa é da sua família?

- vírgula meu appa, minha irmã tinha câncer e foi curada esse ano, o câncer dela não era muito grave e ela tratou ele desde criança

- achava que ela tinha morrido

- ela estuda aqui

- como?

- você nunca a viu, ela faz direito

- nossa, mais ainda não explica as marcas em suas costas

- esquece

- quero saber me fala

- meu appa me bate, eu tenho duas irmãs e dois irmãos por parte de pai a outra irmã é mais nova entre nós, com 10 anos, ela mora com ele, e ele é um álcoolatra aí você já sabe, e assim eu entro na frente e me deixo apanhar no lugar dela - ele sorriu fraco e deixou as lágrimas sair, eu o abracei- se pudesse não seria da família Kim, eu tô quase conseguindo a guarda de minha irmã mais nova

- isso é bom Tae - me afasto dele, mesmo sabendo do que seu appa foi capaz sei que tae não tem culpa- agora hoseok pode sair - o tae me olha confuso -

- como sabia que estava aqui?

- se você fosse discreto pelo menos

- você ouviu tudo - pergunta tae -

- cada palavra, sei que não deveria ter escutado

- tá que seja, agora já sabem da verdade me deixem - ele sai nos deixando -

- loucura não?

- pois é, odeio a irmã dele

-por que?

- eu era apaixonado por ela, e eu como era um idiota me declarei mais, ela me humilhou

-nunca pensei que você fosse hetero

- era até conhecer o kookie

- apaixonado?

- talvez

- entendo - ele se senta ao meu lado -

- e você?

- tô de boas

- será mesmo? E o Tae?

- não sei, sinto algo por ele

- apaixonado?

- talvez

- hoseok o cara mais galinha da faculdade apaixonado por um garoto, ganharia mais atenção

- não ligo, você sabe que não gosto de ser popular, mais não posso evitar

- continua o mesmo

- alguém tem que continuar né -ele diz e nos dois rimos -

        JUNGKOOK POV.

assim que o sinal bateu todos foram para sua devida sala, o professor estava falando algo que não prestei atenção em nada.

               flashback on

quando ar fez falta nos afastamos, colei nossa testa, abri os olhos devagar, ele me beijou? eu o correspondi, mais era para eu não gostar certo? o que foi ao contrário, eu gostei do beijo, assim que a ficha caiu me afastei dele

-o que foi kookie?-

- você.... eu... ah - sai correndo de lá, estava com vergonha, entrei em casa e me joguei no chão -

           flashback off

- jungkook está prestando a atenção na aula? -diz a professora -

- sim senhora - digo ja irritado essa mulher não perde uma para me irritar

- então me diz o que eu estava falando?

- é.....é

- jeon o que está acontecendo com você?

-se importa?  -é sério essa velha enche-

- jeon o que aconteceu com você? você é um ótimo aluno -que saco, sempre assim-

- o que aconteceu comigo não lhe diz respeita

- saía da minha sala

-precisa nem pedir - me levantei e sai, óbvio que o yoongi me olhou, essa aula ele fazia comigo só nas segundas e nas quartas, assim que sai dei de cara com o jimin, virei a cara e fui andando. Mais fui impedido pelo jimin que segurou meu braço me fazendo o encarar

- me solta

- por que está fugindo de mim?

- não estou fugindo , e que eu esqueci uma coisa na sala -meu deus oque eu falei-

- você sabe que não mente bem -eu preciso contar pra ele vamos la jungkook respira-

- eu preciso te falar algo

- pode falar - me sentei no banco e ele fez o mesmo-

- desde do nosso beijo eu não paro de pensar em você sempre que  te vejo parece que meu coração vai sair pela minha boca por isso que estou assim com você

- sério isso kookie -ele me olha meio confuso-

-esquece isso ok preciso voltar pra aula -me levantei e segui meu caminho até a sala-

- ESPERA - ele me abraça por trás -

- jimin não faz isso

- fica comigo kookie - ele sussurra em meu ouvido me fazendo arrepiar todo -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...