História O Apocalipse das Fadas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Originais
Personagens Acnologia, Angel, Aquarius, Aries, Bickslow, Cana Alberona, Capricórnio, Carla (Charle), Erza Scarlet, Evergreen, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gemini, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Pisces, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Taurus, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria
Tags Fairy Tail
Exibições 30
Palavras 846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo Mina!
Espero que gostem ;)
(Essa da imagem é a Brandish)

Capítulo 4 - Algo em Comum


Fanfic / Fanfiction O Apocalipse das Fadas - Capítulo 4 - Algo em Comum

Macao: Certo, obrigado Jura-san – diz ao desligar o lacrima de comunicação e começa a ir até onde Laxus estava.

Macao se aproximou da porta da enfermaria da porta e no momento em que ia bater Laxus abre.

Laxus: Então? Descobriu alguma coisa? – disse enquanto saia do quarto e fechava a porta.

Macao: Sim, Jura-san disse que ela se chama Cassie, seu sobrenome é desconhecido e sua localização também. Tudo que tinha nos arquivos do conselho era que ela faz parte de uma Guilda das trevas independente intitulada Sins, por enquanto é apenas isso.

Laxus: Entao essas guildas ainda existem? Pensei que Tartaros fosse a ultima...

Macao: Ao que parece essa guilda sempre existiu, mas nunca fez nada preucupante...

Laxus entra novamente no quarto da enfermaria e fecha a porta na cara de Macao.

Macao: EI NÃO ME DEIXE FALANDO AQUI SOZINHO!!! – Macao se irrita.

Dentro da sala Laxus fica observando Mirajane inconsciente e sem querer algumas palavras saem de sua boca: “Prometo que vou encontrá-los Mira...”

 

**************

Natsu, Lucy e Happy estavam voltando quando Lucy se lembrou Natsu de seu encontro com Lina.

Natsu: Hum... Verdade... Que bom porque estou morrendo de fome – Ele da risadas e uma gota aparece na cabeça de Lucy.

Lucy: Alguma coisa me diz que a Lina vai acabar gastando muito dinheiro com ele...

Natsu: Esta bem. Vamos lá parceiro! – Natsu chama Happy.

Happy: Aye – Happy voa em sua direção.

Lucy: Baka – ela segura Happy pela cauda – O Natsu tem que ir sozinho!

Natsu: Besteira, o Happy é o meu parceiro.

Lucy: Agora va, eu cuido bem do Happy – ela aperta o gato azul contra os seus seios.

Natsu entende a situação e começa a correr para o ponto de encontro.

Lucy fica olhando ele ir até que finalmente para de apertar Happy contra seus seios, mas quando o percebe o mesmo estava inconsciente por falta de ar.

Natsu: Que susto pensei que fosse morrer! – ele acorda de repente.

Lucy: Baka – ela arremessa Happy no chão.

Depois de continuarem andando o silencio toma de conta, Happy continuava com o mesmo sorriso e voando em uma velocidade razoável e Lucy parecia um pouco triste.

Happy: Lucy sua casa tem peixe? Estou com fome.

Lucy: Sim...

Happy: O que houve Lucy? Ta triste porque Natsu saiu em um encontro com a Lina e não com você?

Lucy: Não é só isso... Estou preocupada com a Mira-chan... Será que estamos com outro inimigo para enfrentar? Não quero ter que perder mais amigos em batalhas.

Happy: Ah não se preocupa Lucy, nos vamos dar um jeito, sempre damos. E a Mirajane é forte, só aquele ferimento não vai ser o suficiente para derrotá-la. Depois você vai ver o Satã Soul assustando os inimigos de novo. E nós temos o Natsu também!

Lucy: Verdade – ela da pequenas risadas – acho que me preocupei a toa – ela sorri – vamos, um peixe lhe aguarda.

Happy: Aye.

Depois de andar um pouco mais Lucy e Happy finalmente chegam na em frente ao apartamento da maga celestial, entram e ao abrir a porta Lucy fica surpresa ao encontrar uma linda mulher sem roupas com cabelo verde andando pela sua sala.

Lucy: Brandish!

Happy: Melões!

Lucy: GATO SAFADO!!! – Lucy acerta um soco em Happy que cai no chão com um galo na cabeça.

 

*Encontro do Natsu*

Lina estava aguardando pacientemente sentada em um banco do parque de Magnolia, ela usava uma saia curta, um casaco marrom e uma sandália com uma meia calça preta que ia ate metade de sua coxa e também estava usando óculos. O parque estava bem iluminado e bem movimentado, principalmente por famílias com crianças o que a fez entristecer um pouco.

- Lina! – Lina ouviu alguém chamando seu nome de longe e quando percebeu era Natsu que vinha correndo e acenando.

- Salamander – ela sorri e esquece completamente do que estava passando – vamos?

*Quebra de Tempo*

Depois de terem comido bastante, tudo por conta da dragon slayer os dois foram até a margem do rio de Magnólia e ficaram observando a correnteza e as estrelas do local.

- Não sabia que usava óculos – Natsu continuou a olhar para a correnteza com as mãos atrás da cabeça.

- Não acredito que percebeu somente agora... – ela sussurra

- Nani?

- S-sim, eu uso quando não estou fazendo missão ou na guilda.

-Devia usar mais vezes, fica bem em você.

-A-arigato – Lina cora.

- Qual era o nome do seu pai?

- Que direto – uma gota aparece em sua cabeça – Donnerm, o Dragão de Raios, ele era bem amoroso... Pelo menos era mais do que os humanos que me abadonaram... Sofreu uma morte cruel... Acnologia, ele matou meu pai na minha frente...

- Aconteceu a mesma coisa comigo... Igneel...

- Eu sei... Você é o único que pode etender a minha dor Natsu Dragneel...

Lina vai para frente de Natsu e o encara e o rosado faz a mesma coisa... Um silêncio tomou entre aqueles dois, seus olhares estavam conectados... Lembrar do passado foi a pior coisa a se fazer naquele momento, mas esses sentimentos de tristeza aproximou aqueles dois...


Notas Finais


Espero que tenham gostado!! ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...