Hist√≥ria Dead Leaves ūüćÉūüćÉūüćÉ ( TaeGi ) - Cap√≠tulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Suga, Tae, Taegi, Taehyung, Yoongi
Exibi√ß√Ķes 108
Palavras 1.459
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meu senhor que vergonha alheia, já vou antecedendo que é meu primeiro lemon, e que ficou péssimo, de verdade, eu to morrendo de vergonha de postar isso.

Capítulo 20 - Não leiam isso.


Fanfic / Fanfiction Dead Leaves 🍃🍃🍃 ( TaeGi ) - Cap√≠tulo 20 - Não leiam isso.

XxXxX pov Namjoon XxXxX

Eu e o Jin estávamos indo embora juntos, não posso nem acreditar que está tudo bem, minha felicidade não pode nem ser expressa.

- Que bom que posso ficar perto de você de novo - eu digo entrelaçando nossas mãos.

- Sinto o mesmo! - ele diz

- Jin, eu te amo, não quero nunca mais brigar com você - eu falo lhe dando um abraço e beijando ele.

Foi quando começou a chover.

- Namjoon, esta chovendo... - ele disse

- E daí ?? Beijar na chuva é bom também - eu digo voltando a beijá-lo.

Ele ficou tentando sair dos meus braços pra fugir da chuva.

- Não adianta, eu não vou largar você nunca mais - eu digo brincando

- Se eu conseguir sair o que eu ganho ?? - ele pergunta

- Um beijo! - eu respondo.

- Então tá bom! - ele disse fugindo dos meus braços.

É claro, eu deixei ele escapar, e não iria me esforçar correndo atrás dele.

- Me dê o beijo que me deve - ele disse passando os braços pelo meu pescoço.

Eu passo as mãos pela sua cintura e o empurro em direção a um murro e logo depois o beijo.

Daí eu me lembrei do presente que eu tinha comprado e não entreguei pro Jin. Eu queria fazer a ele uma surpresa, por isso não o contei das alianças.

- Jin, vamos ver um filme lá em casa? - Eu usaria essa desculpa pra lhe entregar o presente.

- Mais e seus pais, ??- ele pergunta.

- Eles viajaram hoje de manhã pro Japão à negócios. - eu respondo.

- Ah, então está bem! Vamos apostar corrida ?? Quem chegar por último tem que dar um beijo no outro - ele diz .

- Tá bom - eu digo.

Assim que eu terminei de falar, ele já começou a correr.

- Anda logo Namjoon, você vai perder - ele gritava.

Se eu ganhar você me beija, se eu perder te beijo, o que vai mudar????

Eu não vou correr não...

Cheguei na frente da casa e o Jin já estava lá a algum tempinho.

- Me deve um beijo! - ele disse.

- Vai ter seu beijo... - eu digo o puxando pra dentro da casa pela cintura.

Entramos e eu coloquei a minha mochila em um canto da sala.

- pode colocar o seu material escolar aqui também - eu digo pro jin.

Quando me virei, ele estava fazendo biquinho e com os braços cruzados.

- O que foi?? - eu pergunto rindo da cara dele.

- você me prometeu um beijo e não me deu! - ele disse .

- Melhor dar o beijo logo antes que a criança birrenta comece a chorar - eu provoco o encostando na parede e lhe beijando.

Ele começou a passar os dedos sobre os fios do meu cabelo e a puxa-los de imã forma nada carinhosa, mais isso me deixava excitado, fazendo-me beijá-lo com mais intensidade.

Ele começou a parar o beijo só pra me provocar.

- Jin, não faz isso - eu digo descendo até o seu pescoço onde comecei a chupar

- Namjoon, para isso vai ficar roxo.- ele diz.

- Sua punição está apenas começando - provoco.

- Punição??? O que eu fiz??? - ele pergunta surpreso.

- Vários motivos... - eu digo tirando a minha blusa.

- É mesmo??? Quais??? - ele pergunta interessado.

- Bom você viajou por uma semana, seu que foi pelo estado de saúde de sua avó, mais será punido por isso - eu digo e dou um chupão forte em seu pescoço - Depois, você acho que eu lhe trai - dou outro chupão forte - E por último, por estar me deixando assim - digo apontando pro meu membro que estava ereto e lhe dou outro chupão no pescoço.- Se me prometer não fazer mais isso, acabamos com a sua punição aqui mesmo - digo.

- Posso prometer não sair do seu lado mais, e até não vou mais duvidar de você, mais ver você dessa forma por minha causa é tão bom, e pretendo não parar - ele diz tocando meu membro sobre a calça.

- Jin, não faz isso... - eu disse entre pequenos gemidos.

- Acho que a minha punição por deixá-lo assim foi pouca...- ele provoca.

Ele está brincando né????

Pego ele no colo e o levo até o quarto, me sentando na cama e o colocando no meu colo.

- Quando você tentar, e não conseguir andar, vai se arrepender por ter me provocado. - eu digo tirando toda a roupa dele.

O deito sobre a cama, ficando por cima dele, começo beijá-lo e desço para seu pescoço e seus mamilos, onde começo a lamber e a chupar.

Fiquei mais excitado quando ele começou a gemer baixinho.

- Mais alto Jin! Não precisa ter vergonha - eu digo descendo a minha mão até seu membro e começo a masturba-lo.

-Nam... Joon - ele gemeu alto

- Deixe a vizinhança ouvir o meu nome - eu provoco.

- Você esta exclamo al, eu te odeio - ele diz mordendo o lábio inferior pra tentar conter os gemidos.

- Eu sei que me ama Jin, e eu também te amo - digo rindo - nossa, até suando você fica lindo!! - eu digo.

Me viro na cama e puxo o Jin, o deixando em cima de mim.

- Se colocou em um posição desfavorável, agora eu poderei lhe punir - ele diz .

- Me punir??? Pelo que?? - pergunto.

- Acha mesmo que eu sou o único errado da história?? - ele pergunta - Você foi a aquela festa sem me avisar - ele diz descendo sobre meu corpo, tirando a minha roupa e abocanhando o meu membro, o chupando fortemente.

Revirava a cabeça de um lado pro outro tentando me segurar.

Não demorou muito, e eu senti algo subir e meu corpo esquentar.

- Jin... Eu vou gozar - eu avisei.

- Que bom!! - ele respondeu e logo depois voltou a boca pro meu membro, lambendo todo o gozo.

Ele deu um chupão forte na glande do meu pênis, fazendo estralar. Ele subiu me deu um beijo e se deitou do meu lado.

- Agora estamos quites! - ele disse.

- Claro que não! - Eu digo - só estaremos quites, quando eu tirar a sua capacidade de andar. - eu digo o colocando de quatro.

Comecei a me encaixar dentro do garoto devagar.

Quando já estava totalmente dentro dele, comecei a estocar meu membro fortemente dentro dele, que já estava gemendo novamente .

- Mais alto Jin! - exclamo, aumentando a velocidade e a força das estocadas.

Mudei de posição, o colocando no meu colo e continuei a dar estocadas fortes.

Ele estava começando a suar e eu também já estava ficando cansado.

Tirei meu membro de dentro do garoto e lhe dei um beijo.

- Você é incrível! - eu digo me levantando e indo vestir a roupa novamente.

Quando o Jin se levantou,ele mal conseguia dar dois passos direito sem ficar cambaleando de um lado pro outro.

- Arrependido?? - eu pergunto

- Faria tudo de novo pra poder ficamos assim novamente - ele responde.

Vou até ele, lhe dou um beijo e o ajudo a pegar as suas roupas.

Olhei pra cômoda vi a caixinha em cima dela e me lembrei do motivo pelo qual o chamei aqui, lhe entregar a aliança .

Caminhei até lá e peguei a caixa, botei no bolso da calça que eu já tinha terminado de vestir.

Fui até o Jin que tinha terminado de se vestir, o puxei colocando ele de frente pra mim, respirei fundo e comecei a me declarar, sei que as coisas saíram fora do que eu primeiramente planejei mais o importante era o Jin saber que eu queria estar com ele pra sempre.

Tirei a caixinha do bolso me ajoelhando em sua frente.

Pude perceber que assim como os meus, os olhos do Jin também estavam se enchendo de lágrimas.

- Fica comigo pra sempre?? Eu perguntei, e quando ele concordou com a cabeça tirei a aliança e coloquei em seu dedo.

Ele também se ajoelha pegando a outra aliança e me fazendo a mesma pergunta, eu também respondi com um "sim" e ele coloca a aliança em meu dedo.

- Jin, você é tudo pra mim - eu digo tentando conter as emoções e lhe dou um beijo.

Nos levantamos e ele me deu um abraço apertado.

- Você também é tudo pra mim - ele responde

- Mais e aí, ainda quer ver um filme?? - eu pergunto ao Jin

- Sim, afinal você me chamou aqui pra isso né...- ele diz rindo.

Deixei ele escolhendo um filme enquanto fui pegar comida. 


Notas Finais


Eu senti vergonha alheia, muita vergonha alheia re lendo isso.
Mais até o próximo capítulo...
Bye bye 😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...