História Imagine Bts : Dead Leaves - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Jay Park
Personagens Baekhyun, Chen, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Rap Monster, Suga, Suho, V
Tags Amor, Bts, Colegial, Romance
Exibições 173
Palavras 1.978
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Um ano sozinha


Fanfic / Fanfiction Imagine Bts : Dead Leaves - Capítulo 11 - Um ano sozinha

 

Fiquei paralisada por alguns segundos até achar uma ideia comecei a puxar Tae pro meu quarto. 

  - Espera ____ ta fazendo o que? Não vai me botar no armario né? - ele riu  

  - Bom é exatamente o que vou fazer... fica ai e não faz barulho se não você será um homem morto Taehyung.  

  - ____ ESPERA VOCÊ VAI ME DEIXAR AQUI ATÉ QUANDO ???? - ele arregalou os olhos e eu fechei a porta do armario dando uma risada e sussurrei. - Fica calmo vou dar um jeito, só espera.  

Sai e arrumei o cabelo com a mão tentando não parecer culpada, e fui até o portão para atender meus pais. 

 

  - Filha por que demorou tanto?? Ficamos uns 5 minutos aqui... achamos que você tinha saido... - Appa 

  - bom... eu tava dormindo nem ouvi chamarem desculpe.  

Meu pai e minha entraram e percebi que eles trouxeram poucas malas mas decidi não perguntar nada, precisava de um plano pra fazer com que eles saissem de casa pro Tae poder ir embora. Minha mãe deu uma olhada na casa e reparou nas  duas bacias de pipoca na sala... droga  

  -  Filha porque tem duas bacias de pipoca aqui? Por acaso alguma amiga nova? - Omma 

   Se eu dissesse que tenho uma amiga teria que apresentar e acabaria sendo pega então preciso de outra desculpa 

  - É que uma é de anteontem omma esqueci de lavar – fiz uma cara de culpada mas minha sorte é ela só pensar que sou preguiçosa. 

   - Da proxima vez lava as louças, não fique acumulando, isso aqui vai virar um lixão - Meu pai me olhou com cara de desaprovação e seguiu para o quarto. 

   - Ommmaa – Gritei 

   - O que foi filha?  

   - Quero sair com vocês  

  - Mas tarde podemos dar um passeio na cidade, estou cansada. 

  - Aaah quero ir agora, por favor estou com tanta saudade de sair em familia, poooor favooor omma – fiz carinha de triste. 

  - Ta ta ... vou falar com seu pai e me trocar vamos almoçar fora, então se arrume adequadamente. 

   Pronto problema resolvido agora só preciso avisar o Tae e ele sai a hora que a barra tiver limpa, fui até meu quarto e encostei a porta me aproximando do armario. 

  - Tae? - sussurrei  

  - Oi já posso sair?  

  - Não ainda não, vou almoçar fora com meus pais, te dou um sinal na hora que sairmos ok?  

  - Ok  

No mesmo instante minha mãe abriu a porta e eu agi ''naturalmente'' fazendo pose na frente no armario. 

  - Oiii mãe o que foi? - minha voz saiu tremula. 

  - Nada querida, eu só queria te trazer isso – ela me entregou um vestido rosa bebe de tecido fino e um pouco rodado. 

   - Nossa é lindo obrigada – sorri desconcertada e ela ficou me encarando. 

   - Hmm, você está estranha filha – ela cerrou os olhos e se aproximou do armario, meu coração gelou 

   - é ...mãe você não tem que se trocar?  

   - Sim, estou esperando você vestir esse vestido pra que eu possa ver – ela sorriu gentilmente. 

   - VESTIR? Tipo agora? Aqui?  

  - Claro, você não deveria ter vergonha eu sou sua mãe já te vi pelada muitas vezes, não vejo problema nenhum, mas se não quiser eu posso procurar outra coisa pra você vestir no seu armario – ela se virou para abrir a porta do armario. 

   - NÃAAAO ... é quer dizer , vou vestir esse mesmo. - merda Tae espero que você seja cavalheiro e feche os olhos, porque prometo arranca-los depois se não fizer. 

 Me virei de costas pro armario e comecei a retirar minhas peças de roupa não tive escolha, mas não posso dizer que estava tranquila com a situação. 

P.O.V Tae  

A mãe de ____ entrou no quarto e senti que seria pego, elas começaram a falar sobre um vestido, e foi ai que sua mãe se aproximou do armario prestes a abrir quando ___ gritou dizendo que provaria tal vestimenta, ok... eu escutei bem? Ela vai tirar a roupa na minha frente?  

Ela se virou de costas e tirou a blusa, eu rapidamente fechei os olhos, não sou do tipo de cara que fica espiando garotas, mas por um instante a minha curiosidade foi maior e eu abri levemente o olho, só pra checar.... se ela já estava vestida é claro... nesse momento vi sua silhueta despida de costas, apenas de calcinha, não consegui evitar o contato visual com suas coxas e gluteos , e confesso que meu corpo esquentou de um jeito que nunca aconteceu antes. Voltei a fechar os olhos , me sinto envergonhado pelo que fiz, alguns minutos depois eles sairam decidi esperar mais um pouco pra ter certeza de que não seria pego. 

Já do lado de fora da casa, segui pro meu apartamento no caminho não conseguia parar de pensar na imagem de mais cedo... droga Tae é a ____ não pode ter esses pensamentos com ela 

-------

 

P.O.V _____ 

 

Depois do almoço com meus pais voltamos pra casa, me deitei um pouco no quarto pensando na noite anterior, Tae realmente estava provando ser um amigo do qual nunca imaginei ter, será que é possivel ter uma amizade tão verdadeira em tão pouco tempo? Me sinto eu mesma com ele, e fico feliz de poder me abrir sobre meus problemas. 

Cochilei por um tempo e acordei com a Omma me chamando pro jantar, estranho porque sempre sou eu que faço o jantar quando eles estão... mas tudo bem, me dirigi até a sala de jantar e a mesa estava pronta até parecia um banquete, Tteokbokki, Kimchi, frango frito, e meu favorito lasanha. 

  - Ok digam qual é a bomba? - falei encarando o papai  

  - Não podemos fazer seu prato favorito sem nenhum noticia ruim?  

  - Eu conheço vocês, só fazem isso quando tem algo ruim pra falar então não enrolem.- falei rispidamente. 

  - Ok, filha você sabe o quanto somos ocupados, sabe que trabalhamos para melhorar seu futuro, bom... não vamos poder ficar muito, somente até amanhã a noite e viajaremos pro Brasil novamente, surgiu um cliente muito importante, portanto vamos ficar fora até o fim do ano por conta desse cliente. 

  - Até o fim do ano? E o meu aniversario? Vão mandar cartinhas pelo correio igual fazem no natal ? - meus olhos se encheram de lagrimas  - Se me dão licença vou pro meu quarto..

  - Mas você não vai comer a lasanha ____? Esta deliciosa – Appa 

  - Não obrigada, perdi a fome. - Fui pro meu quarto um pouco triste, não sei ainda porque me surpreendo com essas coisas, depois que saimos do Brasil não tive um feriado em familia, somente meus aniversários e agora nem isso, apesar de ter me acostumado a ficar sozinha nunca passei tanto tempo assim morando sem a visita dos meus pais.

Fui tomar um banho e depois iria me deitar afinal esse dia já deu pra mim, depois de uns bons minutos no chuveiro, saio e coloco meu pijama. 

Na manhã seguinte meu despertador toca e eu me levanto pra me arrumar pra escola, depois de me trocar desço para me despedir dos meus ''pais''. 

  - Aonde você vai ____ ? - Appa  

  - Pra escola . 

   - Você não precisa ir hoje, já liguei lá e expliquei que passará o ultimo dia com seus pais e você foi liberada.  

  - Eu por acaso falei que queria faltar?  

   - Não, mas querendo ou não você vai passar o dia conosco, vem não faça essa cara você vai gostar. - ele se aproximou depositando um beijo na minha testa.  

 Parece que não tenho escolha vou passar o resto do dia com meus pais, mesmo estando decepcionada e desanimada demais pra isso. 

 

P.O.V  Kookie

Mais um dia de aula começou daqui a um dia teremos a nossa entrevista e apresentação na BigHit, cheguei ansioso na escola queria muito compartilhar a noticia com a ____, procurei ela pra todos os lados, perguntei pros meninos, mas nenhum deles a viu, pensei em enviar uma mensagem, mas é melhor não, não quero ficar no pé dela desse jeito, nesse tempo livre vou aproveitar pra ensaiar as musicas, e as coreografias depois das aulas.  

Na saida da escola procuro meu celular pra enviar uma mensagem pra ___ ela não deu sinal de vida então começo a me preocupar, fiquei desatento olhando a tela do celular que acabo esbarrando com alguém, e nós dois caimos no chão. 

   -  Sinto muito foi culpa minha – digo ajudando a garota a levantar. 

   - Foi minha culpa não precisa se desculpar, meu nome é Sarah - Ela disse estendendo a mão. 

   - Prazer sou Jeon Jungkook. 

   - Bom... acho que já vou indo até mais Jeon espero te ver por ai.

 

 Acenei pra ela e segui meu caminho, eu tinha saído um pouco mais tarde da escola, chegando ao salão encontro os meninos se preparando pro ensaio.

 - Até que enfim Kookie, porque demorou tanto? – Jin

 - Desculpa eu acabei esbarrando em alguém no caminho.

Retirei meu uniforme e vesti roupas mais apropriadas, estávamos ensaiando Danger, decidimos que seria nossa melhor musica pra primeira apresentação na BigHit, terminamos o ensaio e Jin pediu para que eu e Jimin guardássemos o som.

 Não trocamos nenhuma palavra desde que aquele incidente na cozinha aconteceu, confesso que me arrependo por ter dado aquele soco e que Jimin me faz falta, mas seu comportamento com a ____ me tira do serio, ainda não acho que seja a hora de fazer as pazes.

-----

 

P.O.V ____  

Meus pais foram pro aeroporto a alguns horas atras, eu sabia que demoraria muito pra ver eles novamente e que daqui a alguns dias passaria meu aniversario sozinha, e todo o resto também. Já era umas dez horas e meu sono não vinha, decidi colocar algum filme pra assistir quando minha campainha toca, vou até o portão e avisto Kookie me esperando com um sorriso tímido.

 

 - Oi ___ desculpa vir tão tarde sem avisar, mas era importante.

- Não tem problema, pode entrar – abri o portão e dei passagem para o garoto, que se sentou rapidamente no meu sofá.

 - Lembra que te falamos sobre a apresentação na Big hit?

 - Sim é claro, quando vai ser?

  - Amanhã a noite, e eu .. quer dizer nós todos gostaríamos muito que você pudesse assistir, isso me deixaria bem mais tranquilo.

  - Com todo prazer, eu irei e tenho certeza de que vamos comemorar quando vocês forem aceitos. – sorri bagunçando o cabelo dele.

  - É por isso que eu me sinto melhor, você sempre me deixa confiante. – ele se levantou me dando um abraço carinhoso.

   Depois disso o silencio reinou por alguns minutos.

 - Ouvi dizer que seus pais voltaram, onde eles estão?

 - Ah eles já foram embora, só vieram pra dar más noticias como sempre.

 - Sinto muito.... se quiser conversar sobre isso. – ele fez sinal para que eu me sentasse no sofá.

- Bom como você já sabe eles viajam muito a trabalho e dessa vez vão ficar fora por ano. – abaixei a cabeça tentando não demonstrar tristeza. – Ou seja vou passar mais um natal, e dessa vez um aniversario sozinha.

 - Você só vai passar sozinha se quiser, lembra eu to aqui não vou te deixar sozinha, e garanto que os meninos também não, quando é seu aniversario?

 - Daqui uma semana.

 - Então reserve um tempo na sua agenda sairemos juntos pra comemorar ok?

 - Kookie ... não precisa fazer isso.

  - Não fiz nada demais, só quero te deixar feliz, bom ta ficando tarde e temos aula amanhã acho que já vou indo ___, foi muito bom te ver.

Ele saiu me dando um beijo na testa e um sorriso fofo, Dormi cheia de ansiedade pra apresentação de amanhã queria tanto que eles passassem que parecia até que o sonho era meu. 

 

 


Notas Finais


Talvez hoje eu poste mais de um capitulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...