História Imagine Bts : Dead Leaves - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Jay Park
Personagens Baekhyun, Chen, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Rap Monster, Suga, Suho, V
Tags Amor, Bts, Colegial, Romance
Visualizações 576
Palavras 2.110
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - O pedido


Fanfic / Fanfiction Imagine Bts : Dead Leaves - Capítulo 11 - O pedido

P.O.V Namjoo  

Hoje é sem duvidas o dia mais importante pra mim, o começo da carreira do bts, não querendo me dar o luxo de ser convencido, mas tenho quase certeza de que causaremos uma boa impressão e de que em pouco tempo estaremos fazendo nosso debut, levanto da cama mais cedo e decido arriscar fazendo algumas panquecas pra os meninos, quero que todos se sintam bem hoje e possam dar o melhor de si. 

Quebrei um prato e derrubei uma panqueca me sai bem comparado aos outros desastres que causei na cozinha, após preparar todos as panquecas fui até o quarto de cada um dos menino e bati na porta, a não ser o quarto do Yoongi, digamos que temos que dar tratamento especial a ele quando se trata de dormir. 

Adentrei ao quarto e pra minha surpresa ele estava acordado e arrumado, o encarei seriamente por alguns segundos. 

  - O que que é? Nunca viu não?  

  - Justo hoje você tinha que ficar doente Yoongi? Deve ser muito grave pra acordar tão cedo assim.  

  - Haha que engraçado...você sabe que até mesmo pra mim hoje é um dia importante e meu sono decidiu abrir uma excessao hoje.  

  - Ficou feliz que pense assim, desça pra cozinha eu fiz panquecas. 

   - Pelo visto você ta doente também, se a casa ainda está de pé quer dizer que você não o Destruidor que eu conheço. 

Dei de ombros e fui me vestir para depois apreciar minha panqueca. 

------ 

As aulas passaram muito rapido, todos os hyungs estavam empolgados  Tae e Jimin pareciam duas crianças saltitando pelo corredor e ____ vinha rindo atrás deles, para pra pensar eu até entendo o motivo deles dois gostarem dela, sei que Tae não fala muito disso e nem Jimin, mas não somos cegos, eu ficaria feliz se um deles namorasse uma garota como ela, desde o começo ela tem nos dado muito força com nosso sonho, hoje mesmo após as aulas fiquei sabendo que ela também assistiria nosso teste. 

P.O.V _____ 

Faltava apenas uma aula pro teste e eu não consigo conter minha ansiedade, entro pra aula de matematica e avisto Jimin franzindo a testa pro livro de matematica como se não entendesse nada, me aproximei devagar e sentei na sua frente esperando até que ele abaixasse o livro. 

  - Esse livro deve ser muito interessante hahaha. - digo erguendo a cabeça por cima da capa do livro. 

  - oh, ___ desculpa não te vi ai, acho que to meio desconcentrado hoje.  

  - eu entendo completamente, deve estar mega ansioso pro teste. 

  - sim, mas tenho medo também fiquei sabendo que terão testes individuais. - Ele suspira olhando pro lado com a expressão de tristeza em seus olhos. 

   - Não acho que você deva se preocupar, eu já te vi cantar antes, dançar e se não acharem você bom, pode desconfiar que essa empresa tem serios problemas. - eu sorri pra ele e baguncei seu cabelo. 

    - É que sabe ___ estou longe da minha familia agora pra seguir esse sonho, e confesso que tenho tido um pouco de azar ultimamente... 

    - no que por exemplo?  

   - É que eu gosto muito de uma garota, de um jeito que jamais gostei de outras, mas ela não da a minima pra mim .... - ele virou o rosto de volta pra mim como se quisesse uma resposta. 

    - Bom eu não entendo muito dessas coisas amorosas Jimin, mas se essa garota não vê o quanto você é incrivel ela deve ser cega, so que se você gosta dela tanto assim não desista ainda, vai ver ela só precisa de tempo. 

     - Acho que você deveria dizer isso pra ela ___ porque só assim pra ela me enxergar, mas eu vou provar pra ela que eu sou o cara certo. 

     - Isso ai, assim que se fala. 

Bom não tivemos uma conversa muito comum e o que me estranhou foi que nunca vi o Jimin se aproximar de outra garota que não fosse eu, ele me beijou ,mas é impossivel que ele goste tanto assim de mim, eu quero vê-lo feliz, mas confesso que não esqueci aquele beijo no corredor, não posso negar que ele sabe como mexer comigo. 

 ------- 

As aulas chegaram ao fim, os meninos e eu nos dirigimos rapidamente pra BigHit, eles trouxeram trocas de roupas alem do uniforme da escola, chegamos a recepção e uma senhorita muito bonita nos atendeu, ela parecia muito simpatica principalmente com o Jimin, não que isso me afete, talvez afete ..... Depois de permitirem nossas entradas me sentei em uma cadeira um pouco distante de onde o Produtor e diretor da Big hit ficariam, todos os meninos estavam presentes no palco e foram instruídos a se apresentar primeiro individualmente começando pelo mais novo. 

Todos os outros deixaram a sala e o produtor pediu para que Jungkook cantasse uma canção de sua escolha e depois uma de autoria do próprio grupo. Ele por incrivel que pareça não demonstrava nervosismo e começou cantando Eyes nose lips do Taeyang, e depois Just one day ,confesso que nunca vi tanta paixão em seus olhos, com toda certeza posso dizer que ele nasceu pra isso. 

As apresentações se seguiram e o proximo da lista era Jimin que fez uma escolha de musicas que pudesse demonstrar seu ponto forte em notas agudas, o que fez o produtor e o diretor se entreolharem e sorrirem, eu acenei pro jimin da plateia sorrindo em forma de aprovação. 

Tae foi o proximo e seu ponto forte eram as notas graves e sua voz rouca e marcante, digamos que seu timbre era sensual as vezes, tenho orgulho do meu melhor amigo. 

Namjoo, Suga e  J-hope tinham uma habilidade incrivel no Rap , e Principalmente j-hope demonstrou muito sua personalidade cativante, ao fim de tudo Jin mostrou sua voz leve e angelical, após as apresentações individuais todos os membros voltaram juntos a sala, onde mostraram a letra e coreografia de suas musicas, após a apresentação o diretor pediu pra que eu me retirasse gentilmente, pois ele conversaria sobre o grupo. 

A BigHit era realmente enorme não queria me perder então não andei muito pelo lugar, até que ouvi um som que me chamou a atenção vinha de uma das salas ao fim do corredor, me coloquei na ponta dos pés para observar através de uma fresta de vidro na porta e no mesmo instante ela se abriu fazendo com que eu me desequilibrasse, eu já me preparava pra queda quando senti que alguém havia me segurado. 

  - Oi? Você esta bem? Procura alguém?  

  - Sim obrigada, não só estava passando – sorri envergonhada por estar espionando. 

  - Ok então me chamo Kim Jongdae mas pode me chamar de Chen.  

  - Meu nome é ____ mas pode me chamar de (seu apelido)  

  - Ok  então até mais ____. 

  - Até .  

Até que ele era bonitinho mas não é pro meu bico já estou confusa o suficiente com as atitudes do Jimin, voltei para a frente da sala e os meninos acabaram de sair, corri na direção deles.   

  - E então? O que eles disseram ? - Jimin abaixou a cabeça e veio em minha direção. 

  - Jimin? O que foi? Não me diga que eles não aceitaram vocês ? - ele levantou a cabeça no mesmo instante rindo e me abraçou forte me erguendo e gritando. 

  - CONSEGUIMOSS ____ NÓS SOMOS TRAINEES DA BIGHIT AGORA.  

  - EUUUUUU SABIAAAAAAAA – ele me colocou no chão e todos deram um abraço em grupo. 

  - Precisamosss comemorar agoraaa - eu disse pulando de alegria enquanto saimos da Bighit 

  - Que tal comprarmos umas comidas e bebidas e irmos la pra casa? - Jin  

  - Ok, vamos ao mercado então. 

Enchemos o carrinho de supermercado de bobagens afinal era uma noite comemorativa, era o melhor mercado de todos, esgotei minha cota de doritos e nutella no mês todo, todos dividimos a conta e fomos caminhando até o apartamento. 

Jin colocou o som num volume que não incomodasse os vizinhos, mas que também não era baixo demais, e os meninos dançavam que nem loucos no meio da sala mesmo, eles afastaram o sofá e começaram a se chacoalar, Jimin me puxou pro meio da sala e segurou meu braços fazendo-os balançarem num movimento muito louco, pareciamos doentes mentais explodindo de felicidade, ao fim da musica todos cairam no riso, sem motivo mesmo até que o idiota do Tae gritou, - Guerra de cosquinhaaaaaaaaaaa. 

  - aaaah NÃOOOO. - comecei a correr pelos comodos pois sabia que seria a primeira vitima, me escondi em um quarto que eu não sabia muito bem de quem era, fiquei abaixada atras da cama e vi Kookie correndo e gritando pelos corredores. Depois de alguns minutos de silencio ouvi passos se aproximarem da cama e entrei debaixo dela. 

  - Eu te viii ____ pode sair, se eu te achar vai ser pior – Era a voz do Jimin , eu ria baixo não consegui me conter, até que levei um susto com meus pés sendo puxados. 

  - Pessooallll achei uma ratinha embaixo da minha cama - na mesma hora escutei todos correndo em minha direção eles começaram a me fazer cocegas e eu não aguentava mais. 

  - P- por fa..vor para eu vou fazer xixi na roupa. - eu implorei com a voz falha e todos pararam. 

  - Ok pessoal vamos dar uma pausa, venham me ajudar na cozinha – Jin disse e todos foram menos eu e Jimin. 

   Eu estava deitada na cama dele exausta pelas cosquinhas e ofegante. 

  - Quem diria ter você ofegando na minha cama parece otimo. - ele riu maliciosamente. 

  - HEY, NÃO DIZ ESSAS COISAS – eu corei e logo depois fiz cara de brava  

  - Só estou brincando, e eu tava mesmo com saudade dessa sua cara de brava. 

   Eu fiquei em silencio e me sentei na cama, - Jimin acho que devemos ir ... 

  - Espera ___ preciso te falar uma coisa... bom obrigado por hoje mais cedo quando eu fiquei com medo da apresentação, você me deu força. - ele se virou pra mim dando um eye smile fofo. 

   - N-não foi nada eu sabia que conseguiria – meu deus ____ não gagueja é só o Jimin e você ta na cama dele ;-; , meu coração se acelerou e eu decidi me levantar e sair rapidamente daquela situação mas ele segurou meu pulso fazendo eu me sentar novamente. 

   - ____ espera eu ainda não acabei, b-bom você se lembra do que eu disse mais cedo sobre a garota que eu gosto? - as bochechas dele rosaram e eu não sabia onde enfiar a cara. 

  - S-sim o-oque isso t-tem a ver Jimin?  

  - Achei que fosse mais esperta ____ a garota que eu gosto é você, e eu sei que fiz mal em te beijar antes sem saber da sua resposta, pois isso dessa vez eu quero te provar que vou ser um bom namorado se você aceitar. 

   Oi? Eu ouvi namorado? Ele disse namorado ? Ok o Jimin acabou de me pedir em namoro, esse ser lindo e maravilhoso quer namorar comigo? 

  - O-oi? N-namorado? 

   - Sim, eu já disse que você é diferente das outras garotas pra mim, apesar desse teu lance com o Tae que eu nem sei o que é, eu quero te pedir em namoro, mas não precisa me responder hoje. 

   - Certo – sim eu só disse isso, não consegui fazer com que nada saisse da minha boca. 

   - Até lá ___ vou provar o quanto gosto de você, começando agora... 

 Jimin aproximou as mãos do meu rosto e acariciou minha bochecha, ele fechou os olhos lentamente assim como eu, e eu pude sentir nossos labios se tocarem, diferente do nosso primeiro beijo esse foi mais calmo e apaixonado, eu me senti nas nuvens, aos poucos nosso beijo se tranformou em um beijo de lingua, e Jimin colocou a mão em minha cintura se sentando mais proximo a mim. Fomos interrompidos pelos gritos do Jin na cozinha que nos chamava. 

Durante os comes e bebes eu e Jimin trocavamos muitos olhares e sorrisos, alguns minutos depois eu me despedi e ele se ofereceu pra me levar até em casa. 

No caminho ele entrelaçou nossos dedos o que fazia meu coração pular novamente, era impossivel ficar indiferente com seu toque, ele se despediu de mim no portão. 

  - Até, amanhã na escola ___ durma bem, vou pensar em você. 

  - Até Jimin, também vou pensar em você - Ele me deu um selinho demorado e soltou minha mão lentamente enquanto se virava pra ir embora, cheguei me jogando na cama e não acreditando nesse dia, e no quanto Jimin era fofo. 

 


Notas Finais


fiz voces esperarem muito eu sei <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...