História Dead Leaves (Namjin) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Namjin, Romance, Yaoi
Exibições 100
Palavras 2.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quem tá vivo sempre aprece né gente?

Mil desculpas! Aconteceu muita coisa esses dias! E eu fiquei sem tempo nenhum para postar!


Mas, como prometido vamos continuar com o flashback e a continuação do capítulo anterior. Espero que gostem!

Boa leitura! ✪

PS: A foto da capa, é como eles estão vestidos.

Capítulo 14 - Casamento


Fanfic / Fanfiction Dead Leaves (Namjin) - Capítulo 14 - Casamento

Namjoon P.O.V ON 

Lá estava ele, como sempre fazendo seu papel de responsável do grupo: Cozinhando. Não sei porque mais ele fica lindo fazendo isso. É como se fosse um charme especial dele, que eu amava admirar.

- Namjoon? 

- Sim... 

- Dá pra pelo menos fingir que não tá me olhando assim? Fico sem graça... - Fala antes que antes estava de costas para mim, agora se virando com uma panela na mão e seu avental rosa, acompanhado de suas bochechas coradas.

- Não da não. - Falo sorrindo com as mãos apoiando meu queixo, sentado na mesa da cozinha em frente a ele.

- Eu não sei o que eu faço com você Namjoon... 

- Não queria atrapalhar o momento fofo e sem graça de vocês, mas o manager tá aqui e quer falar com a gente. - Suga nos interrompe entrando na cozinha.

- Ok, a gente já 'tá indo... - Fala Jin tirando o avental, e me chama para o seguir.

Estávamos todos na sala de estar, e o Manager nos olhava com um olhar meio perdido...

- Tenho má notícia para vocês... - Fala fechando os olhos meio nervoso. Acho que a coisa era séria.

- O quê? - Nós todos perguntamos de uma vez.

- ... - Ele suspira e finalmente fala: 

A Banda Bangtan Boys, infelizmente, irá chegar ao fim...

 

------ ✪ ------

 

Já se passou bastante tempo depois daquilo, o mundo praticamente parou com aquele notícia, mas hoje em dia tudo "Voltou ao normal". O motivo daquilo muitos não entendem, e eu também, ao tento não entender.

Eu e os meninos continuamos na mesma, como irmãos. Todos os finais de semana sairmos todos juntos, como se nada tivesse acontecido. E eu quero que tudo continue assim.

Eu renovei meu contrato com a Big Hit, e sigo minha carreira como Rapper solo. Jin se dedicou ao sonho dele, atuar. Ele anda fazendo vários doramas e programas de TV. Suga encontrou uma garota perfeita para ele, e eles namoram hoje. J-Hope ainda estar solteiro, mas conheceu uma brasileira pela internet, Karen, e eles andam conversando muito ultimamente, acho que ele tá afim dela. Ele também dá aulas de dança e é MC em programas de TV. Jimin também segui carreira solo como cantor, e até agora não estar namorando, eu acho. Jungkook e V entraram em uma faculdade, e dividem um apartamento, eles decidiram viver uma vida "normal" a partir de agora.

E é isso, todos nós estamos seguindo em frente, do nosso jeito. 

Ao contrário do que eu pensava, os meninos apoiam e muito meu relacionamento com o Jin, principalmente Jimin, ele disse que sempre quis que nós ficássemos juntos. 

Em falar de mim e Jin, nós estamos morando juntos agora. Uma casa nossa. E ultimamente eu ando pensando muito em pedi-lo em casamento.

Não a nada nos impedindo, estamos morando junto e nos amamos, não vejo motivo para não pedi-lo em casamento. Eu pensei até na cerimônia. 

Eu passei a semana toda pensando em um pedido legal e sem ser cliché. Uma coisa legal e especial. Eu já comprei a aliança, agora só não sei como pedir. Embora que nos namoramos e moramos na mesma casa, eu ainda me sinto nervoso em relação a isso. 

Até que tive uma brilhante ideia. E irei executa-la hoje mesmo.

------ ✪ ------ 

Tinha arrumado a casa toda, com ajuda de todos os meninos. Jin havia ido até um programa de variedades hoje, e eu pra não fazer tudo sozinho e quebrar tudo chamei os outro 5 para me ajudarem. Começamos a preparar tudo de 13:00 da tarde e acabamos de 16:45 mais ou menos. Tudo estava perfeito, a sala estava com pétalas de rosa e várias cartas com frases feitas por mim, e elas faziam um caminho até nosso quarto, acompanhado de várias velas aromáticas, que davam um ar fino e romântico a o ambiente,  e no quarto era onde eu faria o pedido.

Além da decoração também tinha um lindo jantar preparado por...A namorada de Suga. Se eu fizesse esse jantar, Jin iria comer tudo queimado. Quando tudo já estava pronto, mandei todos embora e fiquei esperando no quarto a presença do meu amado hyung.

Já eram 17:36, e eu escuto por conta do silêncio a porta de entrada ser destrancada junto com o barulho das chaves. Só escutava passos da sala vindo e parando um tempo no caminho, provavelmente lendo os bilhetes no caminho. os passos iam ficando mais altos e perto. Sinto que ele para em frente a porta e me levanto da cama, onde estava sentado, com um terno e smoking. Paro em frente em porta com as alianças na mão. 

Até que bem lentamente ele abre a porta.

Ao me ver ele arregala os olhos mais logo sorrir. 

- Kim Seokjin? - O chamo e vou indo em sua direção, ficando de frente para ele. - Você aceita casar comigo? 

Não escuto sua resposta. 

Mas sinto seu abraço.

Sinto o molhado de suas lágrimas de alegria.

- S-sim... - Fala ele me olhando nos olhos ainda com lágrimas sorrateiras querendo sair. Seco suas lágrimas e beijo sua testa. E logo depois sua linda boca.

- Eu te amo... - Sussurro em seu ouvido.

- Eu também te amo... Muito mesmo. - Fala ele sorrindo e dando vários beijinhos em minhas bochechas e testa. 

 

Depois daquela cena no quarto, pus a aliança em seu dedinho torto e fofo. Descemos e jantamos, a comida estava ótima. O jantar todos conversamos de como seria dali pra frente, falamos de nossa família, casa, casamento, e de nós mesmos. 

Definitivamente o nosso casamento será a coisa mais marcante e preciosa pra nós. 

Kim Seokjin

Te darei todo meu amor.

 

 

Jin P.O.V ON

Eu realmente não soube o que fazer quando entrei em casa. Estava tudo tão...Mágico. O chão coberto de pétalas de rosa, me levando para o segundo andar. Mas ao ver direito, reparei que haviam bilhetes no chão, um atrás do outro. 

Ao pegar o primeiro bilhete estava escrito: 

" O pensamento em você está me consumindo..."

Em seguida fui pegando o outro, e o outro, e o outro...

 Não importa quem sou...

 Não importa o que eu faço...

 O pensamento em você....

Está me consumindo.

Seus olhos 

Sua pele

Seu cheiro

Seu pé

Sua mão...

Minhas mãos em você.

Seu coração

Sua ternura

Seu toque

Suas teimosias

Seus amigos

Sua família

Seu favoritos

Seu interior 

Seu exterior

Seu poder

Sua comida

Seus livros 

Seus  Filmes

Sua música

Seu cabelo

Seus " Locais Secretos "

Sua proximidade

Sua distância

Suas lágrimas

Sua proteção

Sua escuridão 

Sua luz

Sua risada

Sua diversão

Sua paz

Sua guerra

Seus sonhos

Seus desejos

Seu sorriso tolo

Seu apoio

Sua história

Seu passado

Seu futuro

Sua beleza

Sua feiura 

Suas verdades

Suas mentiras...

O Pensamento em você está me consumindo.

Mas você era como um veneno...

Lento e firme

Passando através das minhas veias e enchendo meu coração...

Tão insipido, inodoro e indolor...

...que eu nem percebi que eu tinha sido mordido." 

Os bilhetes acabam, menos minhas lágrimas... Olho para frente, e vejo que tudo me levou para nosso quarto... A porta estava escorada, vou abrindo-a devagar até me deparar com Namjoon... Ele estava lindo, como sempre.

Ele vestia um smoking e uma gravata borboleta, além da roupa clássica de um terno preto. O quarto continha pétalas no chão e na cama, várias plaquinhas ao redor com frases lindas, provavelmente escritas por Namjoon. Mas meus olhos se arregalaram a ver uma caixinha vermelha em suas mãos.

- Kim Seokjin? - Ele me chama e se aproxima de mim, o olho nos olhos, embora estivesse com vergonha por conta de meus olhos molhados de lágrimas. - Você aceita se casar comigo?

- Sim...

Namjoon P.O.V ON 

Um tempo depois...

Era hoje... Finalmente era hoje...

Era hoje o nosso casamento, depois de meses de meu pedido finalmente iríamos nos casar. 

Eu realmente estava nervoso.

Eu estava me preparando no quarto, me cabelo terno e coisas parecidas, e lendo meus votos seguidamente para ver se precisa de mais coisa ou eu exagerei. Por que é mais difícil que eu pensava se expressar nessas horas.

O dia todo ainda não vi Seokjin. A mãe dele veio e disse que se o visse daria azar. Claro que não acredito nisso, mas pra não ser chato, vou seguir a tradição. Mas eu realmente queria vê-lo. 

 

Já era a hora da cerimônia. Tinha várias pessoas que convidamos. Nossos familiares, amigos, vizinhos... Todos que eram queridos para nós dois. Eu estava no altar, a espera do meu amor. Parecia que eu ia morrer de nervosismo, parece uma menina virgem na primeira vez... Que saco.

E a música começa a tocar. Aquela música que todos sonhamos em ser tocadas para nós.

E ele entrou... Ao seu lado meu sogro. 

Ele sempre foi lindo, mas hoje, parecia que havia algo a mais... Acho que era o momento, ou seu sorriso, ou sua vergonha, ou... Quem eu quero enganar? Tudo que envolvia Kim Seokjin era especial para mim, ele, só ele, me faz me sentir assim, faz meu coração querer bater até sair da meu corpo, faz minha mente virar um abismo de pensamentos envolvendo ele, faz minhas ações, todas as minhas ações ter uma pitada dele, me faz enlouquecer com seu corpo, embora esse corpo ainda nunca tocado por mim, nem por ninguém.. Tudo. Tudo. Ele, somente ele. Ele era tudo para mim. 

Via ele sorrir para mim e se aproximar de mim a passos lentos, até que ele para em frente a mim, e sua mão que antes era selada com a de seu pai, agora ia para as minhas. Nós olhamos e sorrirmos, e sussurro:

Você está lindo... - Mas sai mais como uma leitura labial. 

Você também... - Fala ele no mesmo tom de voz do meu.

A cerimônia segue como planejada. Tudo indo perfeitamente bem. 

- Os votos... Kim Namjoon? - Fala o Senhor a nossa frente.

- Sim.. - Falo, pego o microfone e respiro fundo. - Seok, desde que te conheci, nunca fui o mesmo. Eu nunca conheci uma pessoa que tem pensamentos e opiniões tão contrárias as minhas, você é totalmente meu oposto, e eu acho que é isso que me faz te amar tanto. O fato de você ser tão diferente, te torna muito especial para mim. Você não faz ideia do quão amável você é, o quão doce você é. Eu preciso de você, e acho que sempre vou precisar. Eu te escolhi para estar comigo por toda minha vida, por que eu sei, que não foi meu corpo, ou muito menos minha mente que te escolheu, foi meu coração. Por isso, me conte seus segredos, conte-me suas necessidades, me faça suas perguntas. Vamos andar em círculos, para sempre voltarmos no começo, e nosso amor não ter fim. Questões da ciência e progresso, não falam tão alto quanto meu coração. Nesse momento, não estou seguindo minha mente, por que ela estar me dizendo que eu estou falando demais, mas, meu coração diz que isso ainda é o mínimo que eu posso expressar meu amor por você. Então meu amor, me ajude com sua ternura a organizar minha mente e pensamentos. Por que você é tudo que eu preciso... Eu te amo. - Termino de falar e recupero o folego, que sem mesmo perceber havia prendido nessa minha fala.

Olho para Seokjin que tinha lágrimas nos olhos que ele tentava a todo custo esconde-las. 

- Seokjin? - Fala o senhor a nossa frente.

- Sabe, as pessoas se apaixonam de formas misteriosas, Talvez apenas com o toque de uma mão, e eu me  apaixono por você a cada dia. Eu só quero te dizer que eu não estou somente apaixonado por você, eu o amo de todas as formas possíveis. Mesmo quando ficarmos velhinhos, que terei a memória falha, quando eu não lembrar de cada detalhe dos nossos encontros, eu te amarei. Mesmo quando tivermos 70 anos, eu te amarei. Então por agora. me abrace amorosamente, beije-me sobre a luz de mil estrelas, sinta as batidas de meu coração. Muitas pessoas buscam em todos os lugares o amor, mas, talvez tenhamos achado o amor bem aqui, onde estamos. Quando meu cabelo tiver caído e minha memória desaparecerem, e as multidões não lembrarem mais do meu nome. Quando minhas mãos não tocarem seus cabelos macios do mesmo jeito. Eu sei que você me amará da mesma forma. Porque sua alma nunca envelhece, ela é eterna. E amor, seu sorriso estará sempre em minha mente e memória. Mesmo que tudo aconteça, eu lhe amarei, por que você é meu tudo, é tudo que eu preciso. Eu sempre vou te amar... - Fala ele secando as lágrimas que deixou cair enquanto falava. 

Tá...Eu estou chorando...

Depois de colocarmos as alianças, o senhor fala:

- ... Kim Namjoon, você aceita Kim Seokjin como seu legítimo esposo? 

- Sim. 

- Kim Seokjin, Você aceita Kim Namjoon como seu legítimo esposo? 

- Sim.. . - Fala sorrindo para mim.

- Pelo poder em mim investido...- Nesse parte eu não prestei atenção por que estava muito concentrado em olhar a beleza do meu amor. - O noivo pode beijar o noivo.

Puxo Jin e nos beijamos. 

Todos batem palmas e celebram. 

Agora sim eu estava completo.

Seokjin...

Seu amor me salvou...

Obrigado. 

 

 

 


Notas Finais


É isso ae minhas filhinhas e filhinhos!

PS: Como o capítulo já estava grande, deixei o lemon no próximo, então aguarde!!!

Beijos da mamãe de vocês! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...