História Dead Leaves ~ VHope - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 294
Palavras 290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Next Time


POV Taehyung

 

  O que estava acontecendo comigo, eu não sabia explicar, apenas sentir, meu coração tremeu e minhas pernas cabalearam ao ver Jung, que agora era meu chefe, não era paixão, era algo mais físico, mas o porquê de isso acontecer eu não sei. Quando nossos olhos se cruzaram senti minha coluna querer curvar e uma imagem de nós dois na cama veio em minha mente. Precipitado não acha? Mas a onda de sentimentos que eu ganhava do mais velho era algo que não poderia ser desperdiçado.

  Aquele garoto era diferente, ele tinha algo de diferente mas não consigo especificar.

  “Seja profissional, Taehyung” – eu pensava mas era realmente inútil pois sempre que eu sentia os olhares de Hoseok para cima de mim, tudo o que restava de meu profissionalismo era jogado ralo à baixo.

  Depois da reunião, o chefe insistiu em esperar Jungkook se retirar da sala, estávamos sentados na mesma mesa, eu observava os papéis que eu segurava desde o início, números e mais números, percebo que sou totalmente de humanas. Olhei o relógio e meu horário de trabalho chegava ao fim.

- Bom… - falei me levantando – está na minha hora. – segui até a porta e abri um fresta pequena. Antes que eu pudesse sair, uma mão gelada se pôs acima da minha e fechou  porta, senti outra mão fria se posicionar em minha cintura e em um movimento rápido Hoseok me prensou contra a porta.

  Não me assustei, já esperava por isso.

  O hyung colou nossos narizes e nossa respiração se firmou na mesma intensidade.

- Na verdade, está na minha hora. – ele falou e aproximou nossas bocas, quando faltavam centímetros para que se tocassem, virei meu rosto.

- Quem sabe, da próxima. – finalizei e sai rapidamente.

 

 


Notas Finais


Sou má mesmo, boa noite anjinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...