História Dead Mermaid ! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Mar, Oceano, Sereia, Sobrenatural
Visualizações 30
Palavras 841
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A morte é dolorosa 💔...

Capítulo 1 - Capitulo Único


Fanfic / Fanfiction Dead Mermaid ! - Capítulo 1 - Capitulo Único

03:45 estou meio tonta, mas estou bem, já está tarde e vou para casa, entro em uma rua meio esquisita, é escuro aqui, olho para todos os lados e não vejo ninguém, estou querendo fazer xixi, vejo uma arvore e vou para trás dela, abaixo minha roupa de baixo e faço xixi, um carro esta passando na hora, ele esta diminuindo a velocidade e ele para bem com o farou para mim, subo a parte de baixo e saio andando rápida - aonde você vai gatinha, só queremos ver você fazendo xixi na árvore - um cara diz, descendo do carro e outros dois sai de dentro do carro também - Ei, vem ca - outro diz, com um pé de cabra na mão, saio correndo e dobro entrando em outra rua, os três correm atrás, corro olhando para trás e esbarro em um garoto - Você ta bem ? - ele diz - Me ajuda, por favor - eu falo desesperada e com medo - Claro, entra no carro - ele diz abrindo a porta do carro e eu entro, as portas trava, tento abri a porta e não consigo, olho e não vejo ninguém esta tudo escuro, ele me trancou dentro do carro - Socorro - eu grito, batendo no vidro, ligo o farou do carro e vejo os três homens da outra esquina e ele me olhando, as portas destrava e um dos homens abre a porta e me puxa pelo braço - Que garota gostosinha - ele diz me segurando pelo braço e tapando minha boca, mordo sua mão e grito alto - SOCORROOO - os três me segura e um coloca um pano tampando minha boca, um rasga minha blusa e tira meu sutiã, enquanto outro morde e me chupa, eu tento fugir, me batendo contra eles, mas eles são fortes e me seguram com muita firmeza, eu dou chutes e murro neles, tento tira o pano de minha boca e um da um murro em meu rosto, caio no chão e ele dar mais dois murros em minha cara, amarrando minhas mãos, um deles tira seu penis e coloca em minha boca, minha boca está doendo que não consigo nem gritar, os outros três tiram minha roupa e eu fico nua, dou chute neles e eles me bate com o pé de cabra, deixando marcas fortes no meu corpo, um penetra seus pênis dentro de mim e o outro atrás de mim, enquanto um coloca em minha boca e o outro me bate com o pé de cabra, batendo forte em minha barriga, fazendo eu gritar, eles pegam um pau de madeira enorme e enfia dentro de mim, um esta batendo punheta para mim e outros dois esta fazendo sexo comigo, me estrupando com toda força, os quatro se divertem me batendo e me estrupando, até que eu estou toda acabada torturada, escuto um deles dizer - Vamos termina de matar ela - E um me da murro na cara e os outros três me chuta enquanto estou no chão sem pode fazer nada, apenas paralisada no chão, um quebra meu braço e outro corta meu cabelo deixando metade dele careca, eles me amarram mais e me botam no porta- mala do carro, não grito, não choro, não ando, não consigo movimentar nada meu, não consigo nem abri meus olhos, não consigo respirar mais, estou morrendo... Já morri, apenas só consigo ouvir eles falando coisas, quer saber, esse é o pior jeito de morre, eles param o carro e abrem o porta-mala - É hora de nadar piranha - um cara que me colocou no colo, me diz isso, outro coloca correntes muitos pesadas pelo meu corpo, onde as correntes se seguram a todo meu corpo e a ancora super pesada, eles me coloca no barco e vai comigo até o meio do mar... chegando lá, eles me jogam no mar e eu afundo, só conseguindo movimenta minha mão para cima, querendo respira, eu afundo cada vez mais e as aguas entra no meu corpo, oculpando todo lugar dele, apenas afundo no mar e apago, meu corpo paralisado, nada posso fazer, apenas morrer... Acordo e vejo o mar dentro de mim, consigo respirar, estou respirando o mar, é como se o mar fosse meu ar, Eu agora respiro ele, toco em minha cabeça e meu cabelo esta normal, não estou careca, não sou mais humana, olho para minhas pernas e vejo calda, eu sou uma sereia, nado pelo mar, O oceano me deu mais uma chance para viver. O oceano é meu coração e minha mente e ele me controla, ele fala comigo e ele só fala " Vingança " "Vingança ", nado pelas ondas e chego em uma praia, minha calda se transforma em pernas, ando pelas areias da praia e meu coração bate forte, respiro o ar, e os ventos bate em meu cabelo grande, estou viva, mais viva do que qualquer ser humano. Agora eu tenho duas vidas, Sereia e Humana... E a Vingança sera Justa e o Oceano está nessa comigo.


Notas Finais


Obrigado por ter lido ^^ e Espero que tenha gostado ( Desculpa se tiver algumas palavras erradas)
Comentem e favoritem se gostaram da Fanfic 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...