História Dear Baby - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Originais
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Personagens Originais
Tags Baby, Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Mommy
Exibições 87
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - XII


Camila estava agora conversando Lauren, seria difícil ter sua babygirl de volta, Lauren sabia disso. Pois quando soube da sua perda de memória, o mundo de Lauren caiu.

Saber que ela não era aquela menininha mais, podem não acreditar mas tudo havia mudado agora, Camila já não a chamava de mommy, já não queria ser tratada como um bebê, mas Lauren estaria ali até que ela pudesse lembrar de tudo, de quem era ela.

- Camila, você é minha namorada, viemos para a Disney, você havia comentado comigo que esse era seu sonho, conhecer a Disney, conhecer os personagens na vida real.. - ela falava para a menor que não parecia acreditar que ela tinha ou tem a personalidade de uma criança.

- Mas eu não lembro de ser assim, mas sei que amo algo..um urso, não sei, deve ser um cachorro, sei lá. - seu de ombros suspirando pesado, por um lado era ruim para ela não lembrar, pois ela parecia amar quem ela era antes. 

- Era seu unicórnio, babygirl. Eu comprei vários desses pra você lá na Disney.. - ela falou olhando nos olhos dela. 

- Tá, e me conta o que aconteceu para estarmos aqui no hospital? - olhou no fundo dos olhos da morena - Se você cuidava tanto de mim, o que aconteceu?

- Sofremos um acidente.. - doía ouvir aquilo, ela não havia protegido sua baby de forma certa, mas a verdade é que não era sua culpa, nós achamos. - Não me lembro muito bem também, sei que tinha algo na rua.. e eu fui desviar sem querer saímos da pista, e então batemos numa árvore, não sei como viemos parar aqui.. 

- Eu quem trouxe você pra cá.. - sussurrou Normani entrando no quarto das meninas, analisou a Latina e a morena, eram lindas, não havia visto as mesmas, e estava feliz por estarem vivas. - Eu vi o carro de vocês começar a pegar fogo, então trouxe vocês pra cá.

- Quem é ela? - sussurrou pra Lauren que riu baixo. 

- Nem eu sei.. - olhou a latina. 

- Sou Normani.. Normani Kordei - falou adentrando o quarto. Lauren e Camila estavam no mesmo quarto agora, assim seria mais fácil para Lauren ajudá-la a se recordar das coisas. 

- Oi Normani, eu sou Camila - sorriu - Camila... - fez uma cara feia ao não lembrar seu próprio sobrenome.

- Cabello.. Karla Camila Cabello Estrabão - Lauren falou olhando ela - Esse é seu nome todo.. - beijou a bochecha da menor e olhou Normani - Sou Lauren, Lauren Jauregui. - estendeu a mão - Nós agradecemos por salvar nossas vidas. 

- Eu quem fico feliz por ter ajudado - falou após apertar a mão de Lauren com um sorriso no rosto. - 

***


As próximas horas foram se passando, as três sentaram e conversaram sobre tudo, Lauren ajudava sua menor a lembrar das coisas.

Uma coisa incomodava muito a mais velha, o fato da latina não tratá-la como mommy tinha se tornado algo completamente chato, Lauren havia se acostumado com seus mimos e seu jeito de chamá-la.

Mas acreditamos nós que tudo voltará ao normal. Camila havia começado a lembrar de algumas coisas, porém ainda duvidava de algumas. 

Claro que Camila com toda a certeza tinha aceitado o fato dela ser namorada de Lauren, até porque Lauren era fodidamente linda aos seus olhos, e bom, quem não achava? 

Tinha alguns minutos que Camila parava e olhava Lauren, era tão linda e suave, seus traços a impressionavam, como ela havia conseguido conquistar uma mulher tão diferente, tão bela, tão adulta? 

Parecia que esse lance de babygirl era bom. E mesmo que ela não aceitasse, a latina ainda sentia vontade de chamá-la de mommy, e seus brinquedos? Seus unicórnios? Ela podia sentir toda aquela paixão infantil voltar novamente.

Conforme Lauren ia falando, era emocionante conhecer a si mesma, e saber que ela era tão safada fazia Camila rir, mas tinha que confessar que algo não tinha mudado, ela já havia pensado sim se já havia feito sexo com aquela mulher. 

- Nós.. nós já transamos? - Camila perguntou sem vergonha nenhuma de Normani estar ali, a morena apenas riu.

- Já sim.. quer saber como foi? - ela riu 

- Han.. eu vou me retirar, não quero saber de sexo lésbico, até porque sou hétero. - falou Normani enquanto se levantava e saia do quarto, sua fala fez o casal rir. 

- Quero sim.. - falou Camila.

- Ok. - Lauren então começou. - Era noite do dia 20 de julho, quando estávamos indo pra casa após um belo jantar num restaurante humilde perto do hotel onde estávamos hospedadas. - olhou os olhos da latina que estava interessada no assunto, então continuou. - Nós subimos para nosso quarto e quando entramos você me olhou sorrindo, era um sorriso tão lindo e sincero.. - sorriu lembrando e olhou suas coxas se encostando na cadeira - Você pegou em minha mão e me levou para o quarto, me sentou na cama.. e sussurrou no meu ouvido '' fica aqui, mommy '' e saiu, confesso que fiquei com medo - as duas riram - mas você apenas tinha ido prender o cabelo. E quando chegou, parou na minha frente e começou a tirar a roupa.. era tão linda, um rosto tão inocente - levantou o olhar para Camila - você tem um corpo lindo, babygirl. - parou um tempo olhando Camila, mas enfim continuou. - Naquela noite eu conheci seu corpo, seu gosto, era incrível a forma que meu corpo reagia a cada gemido seu, e sabe.. nós não transamos, fizemos amor.. como eu prometi pra você que assim seria nossa primeira vez.. - sorriu olhando a menor. 

Lauren se aproximou um pouco e segurou o queixo de sua baby, então encostaram seus lábios começando um beijo calmo cheio de amor, e carinho, como todo beijo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...