História Dear Baby - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Originais
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Lauren Jauregui, Personagens Originais
Tags Baby, Camila Cabello, Camren, Lauren Jauregui, Mommy
Exibições 84
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - XIV


- Mommy, você vai no baile comigo né? - perguntou a menor enquanto bagunçava os cabelos de sua mommy e ria baixo. 

- Claro baby, quando é? - ela sorriu com a brincadeira de sua baby e a fitou. Amava os carinhos de sua baby no inicio de um belo dia. 

- Sexta que vem mommy, precisamos ver tudo. Nossos vestidos e tudo mais. - sorriu animada - quero que meu vestido seja rosa bebê - fez bico e logo sorriu, tão linda. - 

- Tudo bem, babygirl. Vou comprar o que quiser. - sorriu e selou seus lábios. - Babygirl, agora eu preciso me levantar para me arrumar, preciso ir á audiência. - olhou seus olhos e suspirou depositando um beijo na testa da menor - 

- Okay mommy - falou enquanto desmanchava o sorriso - não vai demorar né? - a olhou - 

- As 17:00 estarei aqui, meu amor! - falou sorrindo fraco e se levantou - Esteja linda para que possamos sair mais tarde, okay?

- Okay. - sorriu a latina animada com a ideia, amava sair com sua mommy. - 

Lauren então se retirou indo em direção ao banheiro e iniciando seu banho. E a latina continuou ali, olhando o teto e pensando. 

Camila amava tanto Lauren, e era tão grata por ajudá-la. Ela lembrava de tudo pela ajuda de Lauren, sem esquecermos de Normani e Ally, que eram hoje suas melhores amigas. E depois de um ano finalmente estava tudo em seu devido lugar.  

Na verdade nem tudo, tudo estava a mil maravilhas, mas não podemos esquecer de Lucy. Ah, a mulher virou uma fera quando Lauren finalmente pediu o divórcio, e então decidiu pegar tudo de Lauren, casa, carro e metade do dinheiro da morena. Mas, ela nem ligou, o que ela mais tinha de valioso estava á salvo. 

Camila por sua vez morre de medo de que a Lucy faça algo com Lauren, ou com ela mesma. Até por que, bem ou mal ela teria sido o motivo do divórcio. 

Mas, o que ela não entendi era por que a Lucy estava tão brava, ela vivia traindo Lauren e nem a amava mais, isso a irritava tanto. 

E ela tem tanta raiva por que Camren is real, ou por que Laucy isn't real?

Isso é algo que nunca vamos entender. 

Camila ainda tinha todo um jeito de baby, algumas coisas ainda permaneciam, mas seu modo de pensar havia mudado muito. Ela já não brinca mais de boneca, não chupa chupeta e muito menos tem mil unicórnios. 

O que chateava muito a mais velha, pois era um dos presentes que ela mais amava dar. Mas isso não mudava o amor que ela sentia pela menor. 

- Mommy? - a menor chamou enquanto se levantava e suspirava com essa ideia na cabeça, de que Lucy podia fazer algo. 

- Sim, baby? - perguntou a maior enquanto relaxava na banheira passando a esponja por seu corpo.

- E se a Lucy fizer algo com você? - falou amedrontada olhando sua mommy.

- Ela não vai fazer nada comigo, baby, nem com você. Por que tanto medo, já não disse que vou protegê-la? - e é verdade, Lauren todas as noites fala isso para que Camz fique tranquila. 

- Tenho medo de te perder mommy.. e se ela te machucar, ou sei lá. Te oferecer algo pra ficar com ela. Você não vai né? - suspirou e sentiu seus olhos encherem de lágrimas. 

- Não vou baby - suspirou pesado - tire sua roupa e entre aqui comigo. - a chamou 

E assim fez a menor, tirou seu babydoll e entrou na banheira se sentando na frente de sua mommy.

- Quero que saiba que nada vai me afastar de você, Camila. Eu amo você - ela falou molhando os ombros da menor, logo refazendo o coque desajeitado em seu cabelo - Não há nada que ela me ofereça que me faça ficar longe de ti. Entendeu?

A menor apenas deixou com que as lágrimas caíssem e assentiu ainda triste, ela amava tanto Lauren e sabia que Lucy era capaz de tudo para ter Lauren de volta. 

***


Depois de um tempo no banho as duas saíram e se vestiram, Camila passaria a tarde na casa de Ally enquanto Lauren resolvia suas coisas.  

Quando finalmente acabaram, Lauren levou sua baby para a casa da Ally, ela sabia que ali ela estaria segura. 

- Camila eu te amo, se cuida viu? Até mais tarde. - disse antes de selar a mesma -

- Okay mommy, também amo você. E você se cuide mais ainda. - retribuiu e sorriu fraco pegando sua mochilinha e saindo do carro correndo para os braços de Ally que estava na porta a sua espera. 

Lauren observou a menor sair e apenas buzinou saindo dali e dirigiu até ao tribunal. 

- Hey Mila. - sorriu abraçando a menor vulgo Camila - Como você está?

- Oi Ally. - sorriu fraco retribuindo o abraço - Não muito bem, e você?-

- Hey, por que não? Vamos entrar para conversar - disse puxando Camila para dentro e sentando no sofá com ela - Quer algo? Água, suco?

- Não Ally.. obrigada. - suspirou - Só estou com medo de que algo aconteça com a Lauren, nós não conhecemos a mente das pessoas não é mesmo? O que será que Lucy planeja pra ela, pra nós ou pra mim?

- Ah Mila, não pensa nessas coisas, pense que vocês ficaram bem e que aquela maluca não vai fazer nada com vocês. - acariciou o ombro de sua amiga -

- Acho dificil. - abaixou o olhar triste. 

Durante isso, Lauren dirigia para o tribunal com atenção na estrada. E quando finalmente chegou, estacionou o carro e logo o trancou observando seu carro novo. Já que Lucy havia pego o dela. 

Caminhou devagar para o tribunal e quando chegou, olhou o relógio e suspirou vendo que ainda faltava 10 minutos. 

- Ora ora, vejamos aqui a minha querida mulher. - falou Lucy chegando atrás de Lauren - 

- Lucy, eu não sou sua mulher, não mais. - ela falou bufando - 

- Bom, enquanto seu estado civil estiver como casada com Lucy Vives na justiça, você é - disse meio óbvio. - E nós nem vamos precisar terminar essas audiências. Eu tenho uma proposta e tanto pra você.

- Lucy eu não vou aceitar proposta alguma. 

- A essa você vai - sorriu sínica - O trato é o seguinte, ou você volta pra mim, ou sua querida Baby vai ficar sabendo que a mommy empresária dela faz parte do FBI. E ai, o que me diz? - sorriu de lado - 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...