História Dear father - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Rap Monster, Suga, V
Tags Yoonmin
Visualizações 245
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Cheirinho de flores.


Fanfic / Fanfiction Dear father - Capítulo 13 - Cheirinho de flores.

Sai correndo  durante aquela noite sem nem parar, eu precisava de um ar. E  aquela casa não poderia  me dar essa estabilidade encontrada aqui, neste parque  vazio com as árvores mexendo se de um lado para o outro. O vento ficava mais forte, me causando calafrios por todo o corpo. Arrepiando cada fio existente  em todo o meu corpo. A noite ficava ainda mais fria  e o seu fechava se, nuvens de chuvas  ali estavam sobre a cidade maravilhosa de Seul. Mas nem tanto assim para mim. Algumas gotas caiam, molhando meu rosto. 

 

 

As gotinhas molhavam devagar meus cabelos agora ruivos.  Me arrumei horas, horas para chegar e  o maldito  Suga estar transando com a Jiwoo. O cio dela deve ter chegado, ou simplesmente ele quis  transar com  sua ômega. Enquanto eu sofro debaixo dessa chuva maldita, mas nem tão maldita quanto minha vida. Suspirei,  engolindo  a sensação  de ter  sido "trocado". É claro que ele escolheria sua esposa em vez de seu filho, afinal, nem filho dele de sangue eu sou. Realmente Jimin, sua vida está  uma merda para um garoto de 14/15 anos de vida.

 

 

Joguei minha cabeça para  trás,  e fechei os olhos. Buscando o sono, precisava dormir, uma noite de sono deve ser suficiente para amenizar "isto" que sinto agora. O vento levantava minha saia, deixando ainda mais a vista meu rabo ruivo.   Parei para pensar no por que de Yoongi ter se afastado de mim? Sou uma criança?  Ajo como um híbrido, isso não tem como mudar, eu sei. Sou um hibrido e ponto. Mas ainda assim, um híbrido nivel hard já é demais. Essa coisa de falar na terceira pessoa deve irritar ele,  esse jeito que fico quando pegam nas minhas orelhas.  

 

 

Acariciei as mesmas, ronronando baixinho. Arfei derrotado,  Jimin não consegue não ronronar, não consegue agir de forma manhosa, nem  não precisar de carinhos diarios. Só tem uma coisa que eu posso mudar, esse jeito idiota de falar na terceira pessoa. Não sou uma criança,  só crianças falam assim. O Chany nunca falou assim, e não tenho porque falar assim. É só um instinto idiota, eu posso controlar de qualquer forma isso. Olhei para frente decidido de que pararia de falar na terceira pessoa. Isso eu tenho que conseguir pelo menos. 

 

 

Jeon Jimin consegue,  oh se eu consigo. Vamos, meu appa era um alfa, devo ter o genes dele mesmo que seja pouco. É só agir um pouco mais masculo, sem essas manias idiotas. Sem esse jeito insuportável,  é só ser mais adulto. E  fazer funcionar esses míseros genes de alfa que tenho.  Mordi os lábios e voltei a fechar os olhos, dando minha atenção total para esse objetivo. 

 

 

 

- Você consegue..Você consegue! - Repitia as palavras freneticamente, sonhando que uma hora iria dar certo e eu seria de fato um hibrido mais masculo (? ).

 

 

 

As gotas pararam de cair sobre mim, abri os olhos lentamente e vi um homem com um guarda chuva sob mim. Os cabelos castanhos e um sorriso  com formarto de coração.  Ele pegava chuva mas preferiu não me ver pega la. Um cavalheiro em Seul? Que raro de se ver.

 

 

 

-  Eu consigo o que?  -  Começou a rir baixinho.  Corei fortemente,  e continuei em silêncio.  Olhando para os pés do moço que pegava a chuva por mim.

 

 

 

- Hum, esta com medo de que? Eu não mordo. - Agaixou e  fitou minha face, virei os olhos  e cruzei os braços.  -  Um híbrido com essas roupas não deveria ficar sozinho a noite  nessa chuva. 

 

 

 Continuou a falar.

 

 

 

- Seu alfa não está por aqui, se quiser posso ligar para ele. - Neguei movendo a cabeça de um lado para o outro. Suga nem deve se preocupar aonde eu estou mesmo.

 

 

 

- O alfa do  Jimin, não se interessa aonde.. - Engoli seco, eu tenho que falar certo!. - Aonde...aonde.. Eu estou. 

 

 

 

 

- Sério?  -Assenti. -  Um híbrido como você não pode ficar sozinho aqui, é perigoso demais. Caso você não tenha visto tem um alfa atrás daquela árvore te seguindo a horas. 

 

 

 

Virei o rosto, e vi um homem parado atrás da árvore. Arregalei os olhos surpreso,  me encolhi ainda mais.

 

 

 

- Jimin, certo? - Assenti, ele se sentou ao meu lado, agora protegendo eu e ele da chuva que caia. 

 

 

 

 - Se quiser pode ficar na minha casa. - Neguei. 

 

 

 

- Ou prefere ficar nessa chuva? Não se preocupe,  eu sou apenas um alfa, e já tenho um namorado. Ele  só vai ficar alguns dias..anos.. decadas.. séculos fora.  - choramingou. 

 

 

 

Por algum motivo o cheiro que o alfa exalava era diferente dos outros alfas. Não o cheiro comum de menta, mas sim um doce. Como flores em um jardim quando é primavera. Encarei o mesmo, que sorria gentilmente.

 

 

 

- Jimin...EU não sou idiota, não se pode ficar na casa de estranhos. - Rosnei, e ganhei um risada como troco do alfa sarcástico ao meu lado. 

 

 

 

- Pensa que sou um tarado de esquina?O unico tarado é aquele cara ali atrás da árvore.  Mas tudo bem, tentei ajudar alguém e não deu certo, é a vida! Até mais Jimin, fique com aquele tarado das arvores. - Levantou se do banco. 

 

 

 

Miei bravo, não tenho escolhas, fico aqui para ser estrupado ou vou para casa de um estranho.

 

 

 

- Volta.. eu posso ir para sua casa? - o  alfa virou o rosto  e logo depois se virou de costa. 

 

 

 

- Sim, você pode. - Me levantei do banco e fui até o homem desconhecido.  Dividindo o guarda chuva preto.

 

 

 

Andamos por 2  quadras  sem dizer nada. O som da chuva caindo predominava a conversa inexistente entre nós dois.  O alfa segurava o guarda chuva olhando para frente,  enquanto eu o encarava. O rosto fino e  os lábios também finos davam uma parecia jovem ao mesmo. O boné preto escondia parte de seu  cabelo.  Os olhinhos puxados mas nem tanto assim, pareciam ter sido pintados. 

 

 

 

- Não me encare tanto. - Fui surpreendido pelo alfa, no momento que eu estava o encarando ele virou o rosto e me olhou no fundo dos olhos. Com uma expressão seria, que logo se desmanchou deixando aparecer um sorriso minimo em sua face. 

 

 

 

 

- Ok.. - me calei  e continuei a andar consigo.

 

 

 

 

- Você está todo arrumado,  por que estava pegando chuva naquela praça?

 

 

 

 

- Aconteceu algumas coisas. -  Minhas orelhas começaram a se mexer rápido.  Me acalmei e  relaxei fazendo elas pararam de se mexer tanto, só de lembrar daquele som do inferno ja me da nos nervos. 

 

 

 

- Esta bravo Jimin? -  O alfa disse enquanto ainda olhava para frente. 

 

 

 

- Como sabe!? - Aumentei o tom de voz. 

 

 

 

- Sou um alfa, eu percebo o temperamento agitado de um híbrido quando estou perto. Qualquer alfa percebe. - Riu.

 

 

 

Parei para pensar em todos os momentos  que  eu ficava triste perto de Suga e ele dizia não saber o que eu estava sentindo.  Min Yoongi é falso, sim muito falso.

 

 

 

O alfa parou em frente de uma casa grande, uma mansão para dizer a verdade.  E me encarou,  enquanto estava abrindo a porta me atrevi a perguntar.

 

 

 

- Como é seu nome? 

 

 

 

 

- Jung Hoseok, mas pode me chamar de  Hobi. - Sorriu.

 

 

 

 

 


Notas Finais


HOPE CHEGO, FINALMENTE MEU BIAS AA.

Obs: Na 1° temp o Hoseok era beta, mas resolvi mudar aq. Eu fui ler a primeira temporada e achei uma merda, juro que to pensando em escrever tudo de novo aquela fanfic. Corri demais com os acontecimentos dela pelo o amor de deus. Além de não dar atenção aos outros shipps.


Ps: Vai ter um pouco do Hope em alguns capítulos. Coisas que aconteceram com ele durante todo esse tempo e tals. E quem sabe um especial vhope, ou até namjin. Adoraria escrever um pouco mais sobre esses dois shipps maravilhosos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...