História Dear Hot Older Cousin - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 71
Palavras 1.318
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Ecchi, FemmeSlash, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


VOLTEI, PORRA so por vcs <3

/ / A V I S I N H O \ \
hoje vai ter uma mídia pra cada cena pq vcs merecem
✿ L I N K N A S N O T A S F I N A I S ✿

Capítulo 4 - Dirty Videos, Pleasure Rooms and Hot Scenes


Acordei no dia seguinte e me assustei ao não ver uma pequena e pervertida criatura do sexo feminino ao meu lado.

Comecei a ter um chilique e vi que no criado mudo havia um bilhete.

"Decidi deixar você dormindo mesmo. Me deixe ser independente, não é necessário ficar cuidando de mim porque não sou um bebê e já sei fazer as coisas sozinha. Minha amiga sempre está aqui no mesmo horário, então só me arrumei e esperei ela chegar.

PS.: sim, eu comi. Não precisa infartar. Não se preocupe comigo, eu vou ficar bem. Até mais tarde!"

Quando, finalmente, pude respirar normalmente, percebi que estava completamente sozinha e ainda eram 08:34 e ela só volta 12h.

Let's get the party started.

Fui pra sala de televisão tirando a roupa no caminho e cheguei lá como se fosse a dona do lugar e, temporariamente, eu era. Conectei o celular ao grande televisor que se encontrava na minha frente e coloquei na playlist dos meus vídeos divertidos e começou um timer na tela indicando que o primeiro vídeo se iniciaria em 10 segundos. Corri para a grande e vermelha poltrona central da fileira e arregacei as pernas já na espera do início do vídeo.

3... 2... 1...

O vídeo começava já com as duas mulheres durante o sexo. Uma estava sentada na cara da outra, essa outra estava a lamber e chupar a vagina da que estava por cima enquanto ela rebolava e quicava em seu rosto.

Depois elas se levantaram, se posicionaram uma de frente pra outra e começaram a roçar e esfregar com vontade os clitóris uma da outra enquanto tinham as cabeças jogadas para trás e os olhos revirados de prazer.

Conforme eu assistia ao vídeo, fazia movimentos fortes e circulares em meu próprio clitóris e o pressionava de vez em quando, o que me fazia gemer e arfar bastante. Ao decorrer do tempo, inseri dois dedos em minha vagina e comecei a fazer movimentos de vai e vem entrando e saindo dela.

Eu estava praticamente em chamas.

Pausei rapidamente o vídeo observando a cena que congelou: deitadas em direções opostas, chupavam o seio e o mamilo uma da outra enquanto se masturbavam fazendo movimentos de puxe e empurra em seus clitóris.

Corri ao meu quarto e peguei alguns brinquedos e acessórios pra melhorar minha diversão.

Voltei à sala de televisão, me sentei onde estava antes e pus minhas coisas na poltrona à minha esquerda.

Dei play no vídeo, voltei a posição que estava antes e peguei o vibrador. Iniciei fazendo pressão nos mamilos por longos minutos e depois fui descendo até que parei na vagina e lá fiquei por mais longos minutos fazendo todo e qualquer tipo de movimento, dentro ou fora.

Enquanto eu me divertia com o vibrador, começou outro vídeo. Neste, eram três mulheres. O vídeo começava com elas indo em direção à cama e uma delas, a loira, deita na cama de pernas abertas. Depois vem a segunda, a morena, e se ajoelha com a bunda empinada e a cabeça entre as pernas da loira já começando os movimentos com a língua por lá. E a última, a ruiva, sentou atrás da morena e separou mais as pernas dela, e então ficou metendo um dildo na vagina da morena repetidas e rápidas vezes enquanto ela rebolava afim de mais contato. Após um tempo daquela maneira, elas se sentaram em frente da câmera: a ruiva no meio, a morena à esquerda e a loira à direita. A ruiva abriu as pernas com um sorriso safado no rosto e as duas mulheres ao seu lado abocanharam, cada uma, um seio da ruiva enquanto massageavam seu clitóris e inseriam seus dedos em sua vagina. Elas chupavam, lambiam, beijavam, mordiscavam, apalpavam, balançavam e massageavam os mamilos da ruiva alternadas vezes, e aceleravam e retardavam os movimentos em sua área íntima enquanto a ruiva gemia e gritava de prazer.

Em seguida, iniciava-se um vídeo após o outro até que, em um momento, perdi três coisas: a conta, a sanidade e a noção do tempo. Tendo perdido a conta de quantos vídeos foram, me surpreendi com a quantidade de vídeos que tenho desse gênero. Tendo perdido a sanidade, estava ofegante e dando gritinhos a cada dois segundos, pois já estava louca e sem a mínima noção de nada, só que eu tive um dos melhores orgasmos da minha vida. E, por consequência da perda da sanidade, perdi a noção do tempo porque minutos pareciam horas e horas pareciam segundos. Olhei no relógio e eram exatas 11:48 e a pirralha estava prestes a chegar da escola com aquela amiga tarada dela que a traz de volta.

Desconectei o celular da televisão, arrumei minhas coisas (todas sujas, por sinal) e quase caí inúmeras vezes, por conta da tremedeira nas pernas causada pelo orgasmo, que foi tão bom que eu me senti liberta de uma jaula.

Guardei minhas coisas novamente na gaveta da cômoda em meu quarto e rumei em direção ao banheiro para tomar um banho frio naquela banheira gostosa pra tentar relaxar um pouco. Não deu muito certo porque, assim que me deitei na banheira, tive a ideia de me masturbar novamente ali mesmo. Então, liguei a torneira na força máxima e posicionei meu clitóris na direção que a água jorrava com força total.

Lá se vai minha sanidade outra vez...

Logo eu já estava, novamente, em chamas com o corpo pedindo mais daquilo e eu sem saber como o proporcionar o quê ele queria, pois eu desconhecia. Então, simplesmente fiquei lá até ouvir a porta se abrir.

Saí da banheira, me enxuguei um pouco e fui pra sala, mesmo completamente nua, falar com minha prima.

Cheguei na sala olhando para alguns cantos em busca de alguma roupa e, quando a busca não obteve resultados, fui direto em direção à ela, que me encarava com desejo nos olhos... E na baba que estava prestes a escorrer.

― Acorda, caralho. ‒ disse acordando-a de seus devaneios.

― Me deixa, eu tô com sono...

― Foda-se, eu também.

― Você ficou dormindo com a bunda pra cima muito mais tempo que eu. Tá com sono uma ova!

― Eu fico com sono se e quando eu quiser, porra. Vai querer mandar até no meu sono agora? Cacete. Não me estressa, pirralha.

― Tá, tanto faz. Posso fazer uma coisa pra tentar relaxar?

― Pode, vá em frente. ‒ assim que terminei a frase, ela veio correndo até mim, parou atrás de mim e começou a apertar e mexer e balançar meus peitos. Como eu também estava gostando e ela parecia estar ficando tranquila, assim como eu, permiti que ela continuasse por um longo tempo, até que ela mesma decidiu parar.

Suspirou e iniciou ‒ Me sinto tão melhor agora... ‒ disse com um enorme sorriso no rosto. ‒ Queria fazer mais coisas... Topa?

― Ainda não estou nem psicologicamente e, muito menos, fisicamente pronta pra um segundo round...

Segundo round? O quê ficou fazendo enquanto eu estava na escola?

― Parece até que não me conhece! ‒ disse em meio a risadas ‒ É óbvio que eu estava assistindo pornô me masturbando, não concorda?

― Tem razão. Bom, minha vez agora. Pode ir dormir se quiser, vou ficar bem.

― Então okay. ‒ disse e rumei ao meu quarto, ainda nua, e me joguei na cama coberta com um edredom peludo e macio e repleta de almofadas e travesseiros mais macios ainda.

Toda vez que me deitava eu me sentia nas nuvem, com uma cama como aquela. Sentia todo o meu corpo ficar repleto de conforto misturado ao prazer de estar em uma tão gostosa como essa. E foi em meio à toda essa gostosura que eu dormi pelo resto do dia sonhando com o que aconteceu hoje e o que poderia estar acontecendo de noite, já que eu sentia uma pequena boca chupar meus mamilos com vontade enquanto eu dormia.


Notas Finais


dsclp o jeito q acabei, to sem criatividade hj ;-; foda-se, é putaria vocês gostam né

mas eu vou tentar não escrever uma merda igual a essa no próximo capítulo (éq u fico com o cu na mão toda vez q a minha mãe entra no quarto ai saiu essa porra pq queria terminar logo pra postar hj)

dnd, acabei com tds os gifs q eu ia usar :v vou ate precisar baixar mais (eu acho... ou talvez não né pq eu ja baixei pra caralho)

http://68.media.tumblr.com/98475cd29fdbcb583837cc300766ae4a/tumblr_ohfl7bHrp91vbfwloo3_500.gif
http://68.media.tumblr.com/060dd73e34c84b6332ba2bbdea77801a/tumblr_ohfl7bHrp91vbfwloo5_500.gif
http://68.media.tumblr.com/197902785373261bb1f3c4784722bc55/tumblr_ofxkbtPLs41vbfwloo2_500.gif
http://68.media.tumblr.com/425d28f754ff6a5ede6a7a16965c835f/tumblr_ohd58sWdmi1vbfwloo6_400.gif
http://68.media.tumblr.com/fcead7343d6ee2c0c49eb723f66db381/tumblr_ohdpxmR5wk1vbfwloo10_500.gif
http://68.media.tumblr.com/0f83ddde981a07940c3dc4b40912edde/tumblr_ofxk7xq6cU1vbfwloo5_400.gif


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...