História Dear John. - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Beatles
Personagens George Harrison, John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr
Tags Romance
Visualizações 15
Palavras 688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooi, só pra lembrar que eu pulei dois meses na fic, agora eles estão em outubro!
E sim, Jane Asher entrou na fic, pedido da @67sharrison <3

desculpa por não postar ontem, eu não tinha escrito todos os capítulos pra postar!. Comentem se gostarem!! <3

Capítulo 16 - Let's have a surprise party.


8 de outubro de 1960.

Estávamos na sala de estar assistindo um seriado qualquer na casa de Cynthia, os meninos não estavam presentes. Apenas eu, Cyn e Jane.

Jane Asher era uma amiga de Paul que eu e Cyn conhecemos a dois meses atrás, ela acabou se tornando uma ''amiga'',podemos dizer.

Aniversário de John é amanhã. –Comentei.

Não vai ter nem uma comemoração? –Perguntou Jane.

Os meninos estão muito ocupados com os shows que estão fazendo. –Disse Cynthia.

E se fizéssemos uma festa no meu apartamento?–Sugeri.

E convidamos quem? –Perguntou Cynthia.

Convidamos os meninos e fazemos um bolo, só para não passar em branco. –Disse eu.

Ótimo então!–Disse Cynthia.

Compramos algumas coisas de festa hoje, preparamos as coisas amanhã. –Disse eu.

Então vamos?–Perguntou Jane.

Vamos! –Eu e Cynthia respondemos em uníssono.

Cynthia pegou o dinheiro e fomos a caminho do mercado, estava um dia frio e chuvoso porém fomos assim mesmo.

E você e Paul, Jane? –Perguntei andando a olhando.

Ah... Somos amigos, mas queria que rolasse algo a mais. –Disse ela um pouco cabisbaixa.

Eu e John éramos assim até ele me pedir em namoro. –Disse Cyn.

Confesso que sentia um ciúme de Cynthia e John, ele não o amava e Cyn sabia muito bem disso porém decidiu continuar o relacionamento. Coisa que ainda não entendo.

Que ótimo, apoio muito o namoro de vocês dois. –Disse Jane.

Cynthia sorriu.

Chegamos no mercado e pegamos um carrinho. Jogamos no carrinho coisas como copos descartáveis, cones para pôr a cabeça, comida, balões e etc...

Quantos anos John vai fazer mesmo? –Perguntou Cyn pensativa.

Vinte e um. –Respondi.

Isso! Vinte e um. Eu esqueço que você sabe mais dele do que eu. –Disse Cynthia.

Você conhece ele sim, só se esqueceu agora. –Disse eu.

Cyn sorriu.

Pegamos as velas que estavam faltando e fomos até o caixa do supermercado para pagar as compras. Até que não demorou muito, pegamos nossas compras e fomos caminhando na rua.

Onde vamos esconder isso tudo? Contamos para os meninos?–Perguntou Jane

Eu e Cyn gargalhamos.

Os meninos não dariam conta de guardar segredo. –Disse eu.

Deixamos as coisas no apartamento de Laurie e as comidas na minha casa, se não George come. –Disse Cyn, nós rimos.

Ok então. –Disse Jane.

Sugeri de irmos até ao meu apartamento já que estávamos sem rumo. Estávamos a caminho de meu apartamento, fora um pouco entediante.

Por que hoje estamos tão chatas?–Perguntei.

Nada pra fazer, talvez. –Respondeu Jane.

Na casa da Laurie sempre tem algo pra fazer. –Disse Cyn.

Quem dera. –Disse eu que ri em seguida.

Chegamos em meu apartamento e pra nossa felicidade John, George e Paul estavam lá. Eu estava com bolsas em minhas mãos, George logo se meteu.

Tem comida aí? –Perguntou George.

Dei um tapa na mão de George.

Não, não tem. –Respondi.

Ai!–George exclamou.

Vi Cynthia dando um selinho e John, nada de mais, porém eu sabia que nesse relacionamento não cabia amor.

Jane cumprimentou Paul com um abraço. A única agressiva no meio delas era eu, que recebi George com um tapa.

Vamos pro quarto? –Aproveitei e peguei um espumante e três taças de vidro.

Ei! Isso é nosso. –Disse John.

Não mais. –Disse eu me direcionando ao meu quarto.

Guardei as sacolas de mercado com preparativos da festa dentro do guarda-roupa e sentei na cama. Jane estava sentada na minha frente e Cynthia ao meu lado.

Estava pensando no quão estranho foi John não falar comigo, estávamos tão amigos e íntimos e ele estava tão sério, estranhei.

Abram esse espumante, por favor!–Disse Jane.

Dei uma taça para cada e Cyn abriu o espumante derramando a bebida em nossas taças.

Devemos brindar?–Perguntou Cyn.

Sim, por estarmos juntas e vivas. –Respondi.

Por estarmos jutas e vivas. –Disse Jane, nós brindamos.

Conversamos sobre a festa de John, porém baixo. Estávamos planejando tudo, tudo tinha que ser perfeito.

Ouvimos música, dançamos até que cansamos e decidimos ficar só conversando.

Não sei da onde veio tanto assunto, conversar com Jane era legal, retiro minha primeira impressão de Jane. Ela virou uma amiga em tanto em apenas dois meses.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...