História Dear Justin - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Drama, Fanfic, Justin Bieber, Romance
Visualizações 37
Palavras 2.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi gente.

Eu quero me desculpar com as pessoas que estavam lendo a fic. Eu fiquei MUITO tempo sem postar. Eu tinha perdido todos os capitulos que eu ja tinha feito entao eu tive que escrever tudo de novo. Só que depois que eu reescrevi, meu celular quebrou e eu fiquei tentando arrumar um jeito de salvar os capitulos mas nao consegui e tive que escrever de novo.

Mais uma vez me desculpem. Se alguem ainda quiser ler, o capitulo ta ai :

Boa leituta!

Capítulo 8 - 08



 - nao precisa fazer isso. - eu dizia com um pouco de medo da resposta dele.

   - tudo bem. Mas ainda sao 16:20. Falta muito pras 18:00.


   Eu olhei pra ele, ainda sentada na mesa com ele entre as minhas pernas.

   - bom... Podemos fazer mais alguma coisa antes de voce ir. O que acha de assistir um filme? 

   Ele me olhou parecendo pensar no assunto. Ele sorriu e se afastou um pouco de mim ja que ainda estavamos bem colados.

   - eu adoraria.

   - entao espera ai que eu vou pegar tudo o que precisamos pra começar.

  Deixei ele la na sala e fui correndo até o quarto. Peguei o cobertor decima da minha cama e voltei pra sala. Joguei o cobertor com calma no sofa e fui ate a cosinha, com o olhar atencioso de justin sobre mim a todo momento. 

  Peguei um pacote de pipoca de microondas e coloquei no microondas. Peguei mais algumas porcarias para comermos durante o filme, peguei a pipoca que ja estava pronta e coloquei  num pote de pipoca que tinha ali. Levei tudo pra sala e coloquei na mesinha de centro.

   - prontinho. Senta ai Sr. Bieber.
 
  Ele riu e se sentou no sofa, tirou seu sapato e pegou um pouco de pipoca. Eu me sentei do lado esquerdo dele, tirei meu sapato tambem e me cobri com o cobertor.
   - que filme voce gostaria de assistir Sr. Bieber? 

  Perguntei pegando o controle da tv e ligando em seguida.

  Ele me olhou pensativo e respondeu.
   - never say never...

   - tem certeza? - eu disse meio apreenciva. Eu nao conseguiria assistir sem chorar.- eu nao quero chorar na sua frente Bieber.

   - vamos pensar em outro filme entao... 
 
  Ele começou a passar a mao no seu queixo como se tivesse uma barba ali, mas nao tinha. Comecei a rir daquela situaçao e ele me olhou.

   - o que foi?
  
   - nada. So acho engraçado voce passando a mao da sua barba imaginaria.

   - é meu jeito de pensar. - disse com tom de ofendido.


   - ta bom. Entao, que filme?


   - quero assistir procurando dori. Podemos? - ele fez uma cara de cachorro que caiu do caminhao de mudança e fez um biquinho muito fofo. Como eu falaria nao pra ele.

   - como eu falaria nao pra voce. Claro que podemos.


  Coloquei no fime e vi justin se cobrir com o mesmo cobertor que eu. Estavamos muito perto. Sentados um do lado do outro e quando eu menos esperava justin passou seu braço por tras de mim e pousou sua mao em meu ombro que estava do lado oposto dele, me puxando pra mais perto dele. Isso fez com que eu deitasse minha cabeça no ombro dele, voltando a assistir o filme.


  Depois de um bom tempo todas as porcarias que eu tinha levado pra sala ja tinham acabado e eu estava quase pegando no sono quando senti meu celular vibrar na mesinha de centro. Olhei pro justin e ele estava tentando assistir o filme, lutando contra o sono.

  Me estiquei ao maximo e peguei o celular, vendo a mensagem de Maddie dizendo que em 20 minutos ja estaria aqui. Voltei a olhar pro justin que olhava pra tv. Olhei pra mesma e vi que o filme ja tinha acabado. 


   - Justin. - o chamei olhando para minhas maos por cima do cobertor que nos cobria.


   - oi? - ele perguntou me olhando

   - acho que voce vai ter que ir agora. Minha amiga da escila esta vindo aqui para nos arrumarmos para sair. 


   - tudo bem. Tenho um compromisso com o scooter tambem. 


  Ele se descobriu e calçou seus sapatos. Fiz a mesma coisa e me levantei. Vi ele se levantar e chegar mais perto de mim.


   - foi legal passar um tempo com voce. - eu disse meio sem graça. - quer dizer... Qualquer menina que eu conheça iria querer estar no meu lugar. 


   - ah é? Bom... Se fosse qualquer outra menina eu nao poderia fazer isso. - ele disse e eu nao tive tempo nem de pensar no que ele disse.


  Ele envolveu minha cintura com uma de suas maos e com a outra ele segurava na minha nuca. Ele selou nossos labios e em sequida aprofundou o beijo. Eu levei minhas maos até sua cintura e comecei a subir minhas maos bem devagar por baixo da blusa fazendo caricias com meus dedos em suas costas.



   - acho melhor eu ir. - ele disse se afastando. 


   - tambem acho. - olhei pro chao e fui até a porta em passos lentos e abrindo a mesma.


   - nao esquece que eu vou te buscar amanha no seu trabalho ta? 


   - como eu poderia esquecer?


   - tem razão. Ninguem esquece do Justin Bieber.


   Eu ri. 


   - pode ter certeza, estou contando as horas pra te ver denovo.


   - que bom. - ele disse com um sorriso no rosto.


  Depois de longos segundos olhando para a perfeiçao do rosto dele, ele resolveu falar algo.


   - entao.... Tenho que ir ou vou me atrasar. 


   - é... Entao tchau.


  Com calma comecei a fechar a porta. Aos poucos a porta ja estava metade fechada. Pude sentir algo empurrar a porta e em questao de sehundos me vi sendo puxada para fora. Justin havia me puxado e suas maos estavam ambas em minha cintura. Ele colou nossos corpos e chegou mais perto seu rosto do meu. Ele me deu um beijo na bochecha e foi distribuindo varios beijos formando um caminho até a minha boca. Assim que ele chegou la, iniciou um beijo quente como nunca eu tinha sentido antes. Deve ser normal pra ele. É outra coisa uma pessoa que sabe beijar. Ri com meus pensamentos, sorrindo no meio do beijo. Nos teparei e selei nossos labios rapidamente.


  Me distanciei um pouco e entrei no apartamento. Fiquei com a porta aberta esperando ele entrar no elevador. Ele me olhou e eu pude ler seus labios. Ele dizia: "tchau. Te vejo amanha" e ele mandou um beijo de la. Vi as portas se fecharem e ele sumiu da minha vista.


  Fechei a porta e entrei, peguei meu celular que estava na mesa de centro da sala e me deitei no sofa me cobrindo com o cobertor pois estava frio por conta do inverno. 


  Uns 10 minutos depois ouvi o interfone tocar. Me levantei e fui atender. O porteiro disse que havia uma menina na porta que queria subir entao disse pra ele liberar ela.


  Fiquei esperando Maddie subir. Ouvi duas batidas na porta e fui abrir a porta. Assim que abri dei de cara com ela e ela estava toda feliz.


  Dei espaço pra ela entrar e assim ela fez. Entrou e foi em direçaobao sofa. 


   - nossa. O que voce fez aqui? Esta uma bagunça. - ela riu um pouco - tinha alguem aqui? -ela apontava para a mesa que tinha dois pratos sujos


   - eh... Na verdade sim. Estava com um amigo que eu conheci na cidade.


   - nossa, já? E ele é bonito?


   - ele é sim... Mas nao acho que ele goste de mim desse jeito. -falei cabisbaixa.


   - relaxa amiga. Se ele nao gosta ainda, ele vai. Pode ter certeza.


   - tomara. Agora vamos nos arrumar. Quando eu voltar eu arrumo toda essa bagunça


  Puxei ela até o meu quarto. Fui até o closet e procurei algo pra vestir. Achei um vestido meio curto acima do joelho e com manga cumprida, azul e de renda. Peguei meu salto meia pata preto e fui até a Maddie. 


   - o que acha desse? - disse mostrando o vestido pra ela.


   - muito lindo lu. - ela disse sorrindo - e vai usar esse sapato? - ela perguntou olhando o sapato na minha mao.


   - sim. Eu vou tomar um banho. Você me espera aqui?


    - espero sim.


  Fui até o banheiro e me despi indo até o chuveiro. Tomei um banho nao muito demorado pois nao queria deixar Maddie esperando.


  Sai do banho, me sequei e me enrolei na toalha. Sai do banheiro e encontrei Maddie sentada na cama ja com sua roupa separada em cima da cama do lado da minha. Era uma saia preta justa e  uma blusa larguinha vermelha. Seu salto era preto tambem mas era um salto agulha. Bem fino.


  Fui até o closet e coloquei uma calcinha e um sutiã que eu tinha comprado na loja ali perto. Fui até a cama e comecei a me vestir assim como Maddie que fazia o mesmo que eu.


  - entao... Como voce vai fazer pra entrar na boate? - perguntei curiosa pra ela.


   - eu tenho documento falso. E voce?


   - eu tenho tambem. - sorri pra ela - pelo menos nao teremos problemas quanto a isso.


  Comoquei meu salto e fui até o banheiro fazendo uma maquiagem basica e fazendo a sobrancelha. Maddie fez o mesmo. Se maqueou e saiu do banheiro pegando sua bolsa.


  Sai do banheiro tambem e fui até a cama. Peguei meu celular e um cartao de credito que eu tinha. Coloquei o cartao de credito na capinha do celular e fui so com o celular na mao. 


   - ja podemos ir?

   - ja sim. - ela disse ja na porta do quarto. 


  Chamei um taxi pelo celular e assim que descemos, o taxi estava nos esperando. Entramos as duas no banco de tras. Eu disse o destino ao taxista e ele nos levou com tranquilidade até o destino.

  Ele parou na frente da boate que iriamos (10 AK) entao eu paguei o homem enos saimos do carro. Eu ja podia ouvir o som ensurdecedor da musica la dentro.

  Ficamos quase 40 minutos na fila até que conseguimos entrar.

  Eu estava com uma sensação estranha de que algo aconteceria hoje.

  Assim que entramos eu vi que o lugar estava lotado. Tinha muita gente mesmo.

   - vamos beber alguma coisa? - Maddie disse enquanto procurava o bar.

   - vamos sim.

  Ela achou o bar e me puxou ate la. Nos sentamos em uns bancos que tinham ali e esperamos alguem nos atender. 

  Um barman nos atendeu e pedimos dois drinks. Nossos drinks ficaram prontos e pagamos os mesmos. Bebemos tudo e fomos dançar um pouco na pista de dança. Tinha muita gente naquela area. 

  Depois de um tempo eu fui ao banheiro e Maddie ja estava fazendo amizade com algumas pessoas.

  O banheiro era no fim de um corredor extenso. Haviam varias portas de vidro que iam dar nos camarotes. Eu passava pelas portas e podia ver as pessoas la dentro se divertindo. Em uma das portas pude ver justin com uma menina feia la dentro. Eu me aproximei tentando ver quem era a menina mas assim que cheguei mais perto da porta, eu vi ela indo pra cima do Justin e beijando ele. O pior é que ele correspondeu. Ele a agarrava de um jeito que me dava até nojo.

  Fiquei tao surpresa que eu acabei perdendo as forças e deixando meu celular cair no chao. Levei minhas maos até meu rosto e esfreguei meus olhos para ver se eu estava enxergando direito.  Era real. Mas o que eu esperava? Eu mesma ja sabia que ele nao queria nada comigo. Eu era so mais uma fã pra ele. Eu nao culpo ele. Ele so é conquistador, tem uma necessidade de ter todas aos seus pes. Eu senti uma lagrima solitaria escorrer sobre meu rosto e me abaixei para pegar meu celular. Quando me levantei percebo o olhar de Justin sobre mim. 

  Assim que me dei conta do olhar de Justin, fui correndo procurar a Maddie.

  Eu nao encontrei ela em lugar algum, entao eu fui para o bar para beber um pouco.

   - o que vai querer moça bonita? - o barman me perguntou


   - vodka por favor. - disse ao menino que sorria pra mim.


   - é pra já.


  Ele me trouxe um copo e encheu com vodka. Eu paguei a ele e bebi tudo num gole só.

  Voltei a procurar Maddie e eu achei ela - finalmente - e puxando ela para irmos embora. Estavamos quase na saida quando eu vejo justin se aproximando. Nao dei nem tempo de ele chegar mais perto. Eu simplismente sai do lugar com pressa acompanhada da Maddie.



  Assim que saimos, eu liguei para um taxi vir nos buscar.



  Me virei para a porta da boate e vi que tinha um aglomerado de pessoas ali. Com certeza era por causa do Justin. Vi ele sair do meio daquele monte de pessoas com alguns seguranças. Ele vinha na minha direção. Eu nao queria falar com ele. Eu so queria ir embora. O taxi chegou e eu disse para a Maddie entrar e assim ela fez. Eu estava quase entrando no carro quando meu braço foi puxado. A porta continuava aberta e eu estava muito proxima dele.



   - o que foi?
 


Notas Finais


Entao... Podem falar se estiver ruim ta

Quero saber a opiniao de voces.

A primeira vez deles tem q ser pov luiza ou justin?

Se quiserem sugerir qualquer coisa é so falar tambem.

Posto o proximo semana que vem ta?

Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...