História Dear Kidnapper - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Babygirl, Bts, Dearkidnapper, Drama, Família, Hentai, Juhavs, Jungkook, Mulheres, Novela, Prostituição, Prostitutas, Sadomasoquista, Shoujo, Trafico, Violencia
Exibições 76
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLHA QUEM VOLTOU
Cedo de novo pq sou legal *beijo no ar*
A partir de agora não tem dia pra postar, pq sempre eu posto antes shaushua

Capítulo 3 - "No Mercy!" - Cap 3


POV's Jungkook

Acordei abraçado com (S/N), olhei para a mesma e vi que dormia feito um anjo. Sorri com aquilo mas logo me repreendi mentalmente quando percebi o que fazia. Levantei a jogando pro lado e vi que (S/N) acordava, fui pro banheiro rapidamente e me fechei ali. Lavei o rosto e olhando no espelho mentalmente me pergunto o que eu tenho na cabeça de estar fazendo isso. Voltei ao quarto novamente e a mesma estava sentada a cama enquanto coçava os olhos. Uma cena fofa e infantil pra quem tem coração. O que não é o meu caso.

-Você precisa sair daqui! -Digo a puxando pelo os braços fazendo a dar um pulo e levantar.

-S-Senhor, t-tá m-machucando! -A mesma diz já chorando.

-Foda-se, só saia daqui! -Digo e a jogo para fora do quarto fechando a porta em seguida.

Sinto meu coração da fisgada com isso. Abro a porta novamente e a mesma não estava mais ali. Suspiro fechando a de novo e me sentando a cama. Passo as mãos pelo os cabelos e penso seriamente sobre tudo isso. Decido deixar os pensamentos de lado e vou me arrumar, hoje irei à outro lugar mais especial!


*Quebra de Tempo*


Depois de me arrumar, sem tomar café nem nada sai de casa sozinho apenas avisando os seguranças que voltaria mais tarde. Pego um de meus carros e saio até meu destino. Paro no estacionamento do prédio e subo cumprimentando todos.

Já no andar 13, sigo até o apartamento e pego as chaves em meu bolso. Abro a porta dando de cara com Vó SooYoung cozinhando que vira assustada mas logo caminha rapidamente ate mim me abraçando.

-Meu filho! Finalmente você chegou! Estava morrendo de saudades! O Jimin também! Aliás, ele está no banho no momento mas logo aparecerá! Enfim, como você está, querido? -Diz minha vó rapidamente me fazendo rir de seu desespero.

-Estou bem, vó, só meio cansado da viagem e do trabalho. E vocês? Estão bem?

-Sim, sim! Mas também morrendo de saudades de você! Aliás, está com fome? Estou preparando um delicioso bolo para tomarmos café! -Diz vó sorrindo me fazendo sorrir junto.

A mesma se vira para cuidar da comida enquanto conversa comigo e conta sobre tudo que aconteceu enquanto estive fora a "trabalho". Sinto uma pontada de culpa por mentir para eles, mas não poderia dize-los realmente como ganho dinheiro para pagar as contas e ainda sobrar.

-Vovó, onde está minha... -Vejo Jimin de boca aberta na porta da cozinha e logo o menor correu pulando no meu colo e me abraçando. -MANINHO! VOCÊ VOLTOU DA VIAGEM! POR FAVOR, DIGA QUE AGORA VOLTOU PRA FICAR! SINTO TANTA A SUA FALTA CONOSCO! -Diz já chorando em meu ombro. Aberto o mesmo contra mim e beijo o topo de sua cabeça.

-Calma, Minnie, não chore! Olha, eu não vou poder ficar muito tempo, mas veja pelo o lado bom, hoje tenho a tarde toda para ficar com vocês! O que acha de jogarmos videogame e comermos besteiras o dia todo ein? -Digo sorrindo e o mesmo para de chorar e me olha correspondendo com outro sorriso.

Depois de conversarmos bastante e comermos o delicioso bolo da vovó, fomos pra sala e passamos o dia todo juntos. Tanto que acabei esquecendo dos negócios e rapidamente dei um pulo ao lembrar de tudo.

-O que foi, Maninho? -Pergunta Minnie me olhando preocupado.

-Ééé, eu preciso voltar. Esqueci que tenho um vôo em breve, desculpa, Minnie! -Digo vestindo a jaqueta.

-Mas você acabou de voltar, Hyung! -Diz Minnie com os olhos cheios, prontos para derramarem lágrimas.

-Olha, Minnie, eu prometo que na próxima eu volto pra passar mais que um dia com vocês, okay? Mas agora eu realmente preciso ir! Tchau, Maninho! Dá um abraço na vó! -Dou um beijo no topo de sua cabeça e o abraço fortemente. Saio rapidamente da casa e vou até a garagem.

Ao entrar no carro sinto um forte ódio me tomar. Ainda me pergunto porque faço isso. Me sinto um idiota por tudo, mas infelizmente, essa é a minha realidade.

Começo a dirigir de volta para casa. Durante o caminho todo pensava na minha família, pais e etc. Realmente não quero pensar nisso agora. Frustadamente, ponho uma música tentando me distrair o que foi em vão. Acelerei o carro e logo cheguei em casa.

Entro passando pela as vadias que tentavam chamar minha atenção, mas no momento eu só queria uma pessoa..

Chego ao meu quarto e rapidamente grito Namjoon.

-Me chamou, Senhor? -Aparece na porta em seguida.

-Sim, traga (S/N) até mim, agora!

-Sim, Senhor! -Diz e sai rapidamente.

Tiro a camisa e me sento na cadeira. Me sirvo com whisky em um copo e dou um gole no mesmo. Brevemente vejo minha porta se abrir e (S/N) cair de joelhos para mim.

-Aí está, Senhor! -Diz Namjoon e sai do quarto.

(S/N) fitava o chão com a cabeça baixa.

-Olhe para mim! -Digo e a mesma obedece. -Pelo visto aprendeu a obedecer minhas ordens! -Digo e levanto indo até a mesma. Puxo a pelo o braço lhe fazendo ficar de pé e me fitar. Seu olhar continha medo. Ri anasalado e a beijei lentamente fazendo-a sentir o gosto do whisky em meus lábios.

-Quero testar coisas novas com você, mas antes, preciso prepara-la mais um pouco! -Digo e sorrio de lado.

Jogo a na cama ficando por cima e logo arranco suas roupas. A mesma cora e tampa suas partes me fazendo revirar os olhos.

-Tira as mãos daí antes que eu seja obrigado a prende-las! -Digo irritado e logo a mesma faz.

Mordo seus seios com força ouvindo a mesma soltar gemidos de dor, ignorei e enfiei três dedos bruscamente em seu inteiro fazendo-a gritar. Rapidamente retiro minhas roupas e a penetro com força sentindo a mesma cravar suas unhas em minhas costas. Estoco rapidamente enquanto a mordia toda. Ouvi a gemer alto e logo gozamos juntamente. Sai de dentro de (S/N) e a me joguei ao seu lado. Assim que a respiração foi acalmada, me levantei indo ate o banheiro, tomei um banho rápido e logo voltei para o quarto. A mesma já havia se vestido e estava pronta para sair.

-Se prepare para amanhã, (S/N)! Pois não terei piedade de você! -Digo fazendo-a se assustar e sair rapidamente do quarto. Apago as luzes e me deito, dormindo em seguida.





Continua(?)...


Notas Finais


HueHue *carinha do mal*
O que acharam do cap?
E essa nova "descoberta" sobre a vida de Jeon Jungkook? Em breve tem mais! :3

Até breve!
Kissus '3' ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...