História Dear Life (Imagine J-Hope BTS) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Tags Bangtan Boys (bts)
Visualizações 31
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


voltei

Capítulo 5 - Lost


Fanfic / Fanfiction Dear Life (Imagine J-Hope BTS) - Capítulo 5 - Lost

Jungkook POV

Lembrança On

Quando eu era criança e ainda estávamos em Busan nós ficávamos o tempo inteiro brincando, eu, Jimin e Soojung, por mais que Soo fosse muito mais próxima a S/n ela gostava de brincar mais comigo, elas tinham apenas um ano de diferença sendo S/n a mais velha

SJ- oppa, quando s/n vai voltar, ela disse que voltaria semana passada - falou com lágrimas nos olhos

- eu não sei Soo, logo eu acho - eu ficava triste por ver a pequena assim, as vezes parece que s/n nem se importa.

Brincamos mais um pouco e fomos para casa, tivemos a surpresa de ver que minha irmã já tinha chegado, dava para ver a felicidade nos olhos da pequena Soojung, eu admito que tinha um pouco de ciúmes mas minha relação com s/n era muito forte, nós sempre compartilhávamos segredos, sabíamos tudo sobre o outro sem faltar nenhum detalhe

S/n- KOOKIE - largou Soo e correu em minha direção me abraçando, kookie... o apelido carinhoso que eu ganhei e que apenas ela me chama, eu amo esse apelido

- senti sua falta - falei em meio ao abraço

S/n- eu tenho muita coisa para te contar

Naquela época, minha irmã era transparente para mim, e feliz com tudo e todos, eu admirava isso nela, essa capacidade de não se abalar por qualquer coisa e levantar cada vez mais forte, na verdade, eu a invejava por isso. A vida de todos de minha família mudou em um dia que fomos ao parque 

S/n- Omma, posso comprar um sorvete?

omma- claro - entregou o dinheiro para a mesma

SJ-  eu quero um também - disse dando pulinhos

S/n- tudo bem, espere aqui 

SJ- eu quero ir junto

S/n- fique aqui, tem muita gente lá - falou indo até a sorveteria, mas mesmo assim Soo foi atrás dela. Caminhei até minha mãe para perguntar se já podíamos ir para casa

S/n- cadê a Soojung - perguntou com os dois sorvetes na mão

- ela foi com você

S/n- não foi, eu disse para ela esperar aqui

omma- você deixou sua irmã sozinha s/n - disse brava

S/n- não, eu deixei ela aqui - disse preocupada

- ela foi atrás de você

S/n- ela não estava comigo

omma- meu deus

Começamos a procurar a pequena por todos os cantos e não achamos, perdemos Soojung por culpa dela

Depois de um tempo viemos para Seul para ficar longe dessas lembranças, culpo s/n pelo que aconteceu então eu a maltrato junto com meus amigos. S/n mudou drasticamente, ela se fechou e se tornou fria, o sorriso que antes eu via todos os dias não existe mais , eu não a conheço e nem nossos pais.

Lembranças Off

Faz cinco anos que isso aconteceu, ninguém nunca ousou falar o nome dela e isso meu deixou com mais raiva de s/n ainda .

S/n POV

Depois de minha discussão com Jiwoo fui para a sala com o Bacon, vi Hoseok no corredor, o mesmo parece não ter me visto aqui tanto é que esbarrou em mim

Hs- me desculpa

- beleza

Hs- a é você, deleta as desculpas

- toma no cú então palhaço

Hs- tu me respeita - ficou na minha frente, ele encarou meu olhos e ficou calada

Bh- olha o climão - riu

Eu/Hs- cala a boca - nos olhamos e rimos

- da próxima vez presta atenção no caminho - falei andando para minha sala

Hs- pau no seu cú - gritou de longe

Bh- eu senti o climão

- Baek

Bh- eu

- cala boca

Bh- oxi

Entramos na sala e sentamos em nossos lugares, que era do lado da janela e baek era na minha frente,vi Jungkook que entrou com uma cara nada boa, ele sabe que dia é hoje e pelo visto eu vou ter uma longa noite pela frente. 

Honestamente, eu não me importo tanto, não por que eu a odeie, pelo contrário, é que eu reencontrei Soo já faz um tempo e falo com ela todos os dias desde então, apenas Baekhyun sabe disso. Ela está linda, não me culpem por não falar, fiz isso a pedido dela, ela disse que por mais que sinta falta de nossa família, está melhor assim, a ausência de nossos pai nunca foram boa. Soo foi adotada por uma família incrível mas que infelizmente morreram, então ela mora com o irmão aqui em Seul que acabei descobrindo ser o boy do meu melhor amigo.

A aula estava passando rápido, o dia não estava em um dos melhores, o tempo estava fechando e estranhamente as pessoas estavam mais quietas que o normal, até parece que adivinharam minha morte que vai acontecer mais tarde, mas enfim ,chegou a hora do intervalo e eu fui com Baek até os fundos da escola, quase ninguém ia lá e eu sou muito agradecida por isso, sentamos no banco eu ficava embaixo da grande árvore de folhas secas, aqueles é o nosso cantinho e até as poucas pessoas que vem aqui sabem, me vi perdida olhando as folhas avermelhadas caindo das árvores ao redor avisando que o inverno estava próximo, meu amigo conversava animadamente comigo, mas eu não entendia uma palavra sequer, eu já tinha ido longe demais em meu próprio mundo, as vezes eu gostaria de ficar ali ,sozinha com meus pensamentos ,é estranho o fato de eu gostar de ficar sozinha e odiar me sentir solitária.

Bh- ei - acordei de meu transe com ele estralando os dedos em minha frente

- desculpa, eu estava longe

Bh- percebi, você vai dormir lá em casa hoje?

- por que?

Bh- jungkook, não quero te ver machucada

- eu acho melhor eu ir para casa, ele vai me bater de qualquer forma

Bh- pelo menos me mande uma mensagem para mim saber se você está viva

- se eu não desmaiar ou dormir por causa da dor eu mando, senão eu mando amanhã

Bh- eu odeio seu irmão - bufou

- não o odeie ,deixe esse serviço para mim

Bh-se eu não receber um sinal de vida eu vou atrás de você

- é capaz de ele te macucar também

Bh- eu levo meu macho - rimos

Eu não poderia pedir por amigo melhor, Baekhyun realmente é um dos poucos motivos pelo qual eu ainda aguento minha vida.

 

 


Notas Finais


Espero que gostem
até o próximo
2bjo
.
pra quem le as minhas outras ff, me desculpem a demora é que ta difícil ter tanta ideia, mas logo eu posto.... eu espero


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...