História Dear Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekyeol, Chanbaek, Oneshot
Visualizações 17
Palavras 815
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fluffy, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uma oneshot bem neném porque me deu vontade de escrever.

Espero que gostem <3

Capítulo 1 - One


Chanyeol respirava fundo, enquanto pensava se deveria ou não enviar aquela tão comprometedora mensagem.

Destinatário? Seu melhor amigo.


Baekhyun.


A mensagem em si não tinha nada de mais, e sim o que viria depois que a mesma fosse enviada.

Chanyeol estava nervoso.

Suas mãos tremiam e suavam, enquanto o mesmo encarava o celular, incerto do que deveria fazer.

Era questão de um único toque na tela para sua vida mudar completamente. Só não sabia se para melhor ou pior.

Fechou os olhos pela centésima vez nos últimos cinco minutos. Respirou calmamente - ao contrário de sua mente, que estava a mil - e voltou a olhar para a tela do celular.


Click.


Enviou. Uma onda de arrependimento o atingiu em cheio em menos de dez segundos. Ele realmente era uma pessoa muito inconstante.

O menino tinha medo de que a amizade deles acabasse devido às consequências dessa única mensagem.


"Me encontre na praça central. Estou esperando."


Ele iria se declarar.


*********


Chanyeol estava encostado em uma das muitas árvores que haviam no local. Era uma praça tranquila, sem muitas pessoas ou movimento nos arredores. Perfeita.

Avistou um acastanhado de baixa estatura se aproximando, com um sobretudo marrom escuro e calças pretas rasgadas no joelho. Definitivamente, Byun Baekhyun.

Fez sinal para o mesmo, que se aproximou assim que o viu.

Mais uma vez, Chanyeol suava frio, tamanha tensão presente em si. Tinha medo de que tudo desse errado. Muito medo.


- Chany, o que houve? Vim assim que li sua mensagem, fiquei preocupado. Você foi tão sério.


Baekhyun estava realmente preocupado. Terminava seu banho quando recebeu a mensagem, e assim que a viu, tratou de se vestir para encontrá-lo no tal lugar.

Chanyeol esfregou as mãos numa forma de se esquentar - e de controlar seu nervosismo. Era agora ou nunca.


- Bom... Desculpe por ter te deixado preocupado...


- Chanyeol, para de me enrolar e fala logo.


"Chanyeol". Seco. Baekhyun só o chamava assim quando se irritava.

"Oh meu Deus, eu ainda nem falei nada e ele já tá com raiva. O que que eu tô fazendo??"

Mais nervoso que estava, não poderia ficar. Então, decidiu colocar tudo para fora de uma vez.



- Olha Baek, eu te chamei aqui porque tenho que te dizer algo muito importante, que não poderia ser dito por telefone.

O acastanhado o encarava em expectativa. O que seu amigo tinha de tão grave para lhe dizer? Nunca o havia visto tão nervoso como naquele momento.


- É que... Hm... Talvez eu... Goste de você... Mas só talvez, porque eu tenho medo de fazer uma grande besteira e você nunca mais querer falar comigo, e isso é totalmente o contrário do que eu quero. - o garoto começou a falar, desesperado, enquanto o Byun tentava assimilar as palavras ditas pelo mesmo - Eu tenho vontade de te abraçar e te beijar, te proteger de todo e qualquer mal, de te ter em meus braços e de estar com você a todo momento, mas eu me preocupo com a nossa amizade, e provavelmente eu estou jogando ela no lixo agora, e você nunca mais vai querer olhar na minha cara... - nesse momento, Baekhyun já estava derramando lágrimas livremente, o que não passou despercebido pelo garoto que se declarava - Espera, você está chorando?? Oh meu Deus, eu não queria... Baek, por favor, não chora... Eu fiz tudo errado, me desculpa, podemos fingir que isso nunca aconteceu? Só não fica triste, por favor...


- CHANYEOL! Você fala demais! - disse Baekhyun, com a voz embargada.


O castanho puxou o Park pelo casaco, diminuindo a distância - desnecessária - entre os dois.


- Você fala demais... - sussurrou, olhando nos olhos do mais alto. - Eu já entendi. - E selou seus lábios.


Chanyeol estava estático. Parecia um sonho. Um simples selar, mas que mexeu com todo o seu corpo e mente. Estava tudo uma bagunça. A melhor bagunça que ele tinha em sua vida.

Baekhyun separou-se dos lábios alheios momentaneamente, apenas para encostar suas testas, fazendo um leve carinho na nuca do outro.


- Eu te amo, Chanyeol. Mas você era tapado demais para perceber. - Sorriu e selou os lábios mais uma vez.


Dessa vez, o mais novo se deixou levar por aquelas novas sensações que inundavam seu peito. O mais alto pediu passagem com a língua, que foi prontamente concedida pelo outro. Aprofundaram o beijo, tornando-o intenso e cheio de sentimentos. As línguas dançavam em sincronia e com calma, enquanto do lado de fora, Chanyeol segurava firme na cintura e seu amado, enquanto o Byun passava seus braços ao redor do pescoço do garoto.


Quando a falta de ar se fez presente, o Park encarou o mais baixo seriamente. Quase o assustou, porém finalmente falou.


- Eu te amo, Byun Baekhyun. Muito.



Este sorriu, deixando seu tom vermelho transparecer em sua pele clara.



- Eu te amo, Park Chanyeol. Muito.



Notas Finais


Bom... Foi isso...

<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...