História Dear, Sophie. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos
Personagens Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos
Tags Álvaro Morata, Cristiano Ronaldo, Francisco '' Isco'' Alarcón, Gareth Bale, Jamez Rodriguez, Karim Benzema, Sergio Ramos, Toni Kroos
Exibições 126
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olássssss! Volei!
Bem acho que já faz mais de 15 dias que não posto (Até mais, creio). O capítulo não ficou o que eu esperava, mas é que eu tive que tirar o clímax e por no próximo (Para prolongar a fanfic um pouco mais). Não sei se vocês irão gostar, eu particularmente não gostei, mas eu dei o meu máximo para que não ficasse algo tão bosta (apesar de que eu acho que vocês vão achar bosta). Sem mais delongas, minha semana de Provas Finais começou hoje, portanto só voltarei dia 6 (Fim das provas). Os capítulos já estão escritos, falta alguns retoques. Pode ser que eu poste até antes do dia 6, vai depender do meu adiantamento nos estudos. Beijos e Boa leitura.

RECADO SUPER IMPORTANTE NAS NOTAS FINAIS!

Capítulo 7 - I remember it as if it were today.


Fanfic / Fanfiction Dear, Sophie. - Capítulo 7 - I remember it as if it were today.

Sergio Ramos 

 

"Eu me lembro disso, como se fosse hoje" 

 

Pronunciei para Julia que me olhava como se não estivesse entendendo. Repeti o mesmo ato: "Quanta saudades eu tenho", falei. Julia continuou a me encarar e depois desviou o olhar, sorrindo para o casal. Talvez ela não se importasse com essas lembranças. Prefiro acreditar na hipótese de que ela preferiu não me responder, ao da que se que esqueceu de nossos momentos juntos. 

Pilar voltou depois de um longo tempo, não sabia aonde estava, mas percebi nervosismo estampado em seu rosto. Trazia Junior em seus braços, sonolento e cansado. O pego nos braços e me dirijo á ela. Me entrega Junior com certa frieza, como se o nosso filho não significasse nada á ela. Ignoro a sua atitude mesquinha e me pronuncio. 

 

____ Aconteceu algo? ____ Pergunto, na esperança de obter uma resposta, clara ao menos. 

 

____ É claro que não. ____ Dá uma gargalhada debochada. ____ É preciso que aconteça algo para que eu me sinta cansada? ____ Responde grossa e sarcástica, nada parecida com a Pilar que eu havia me casado. 

 

____ Para você qualquer coisa é motivo de histeria. ____ Falo no mesmo tom. 

 

____ Para mim, está me estranhando? ____ Pilar retruca. 

 

____ Não vamos discutir agora, por favor. ____ Falo me sentando a cadeira. 

 

____ Que seja! ____ Bufa ____ Estou cansada, vou pra casa. ____ Fala pegando suas coisas em cima da mesa. 

 

____ Leve Junior consigo, ele está cansado. ____ Falo novamente me levantando. 

 

____ Cuidei dele por dois anos. Fiquei com ele sozinha nesses últimos dias, agora é a sua vez de cuidar do nosso  filho. ____ Diz visivelmente arrogante. 

 

____ Nosso filho? Tens certeza? Você parece não se preocupar com ele! ____ Esbravejo assim que Pilar sai, sem nem ao menos levar nosso pequeno. 

 

Junior havia dormido. Fiquei por mais alguns minutos apenas conversando com meus antigos amigos e observando algumas pessoas de Camas, que não as via a muito tempo. Junior despertou dos meus braços eufórico, entrou em uma crise de choro que não parava, tentei de todas as formas agradá-lo e nada.  

 

____ Deixa eu te ajudar. ____ Julia apareceu do nada, surpreendendo a mim e a todos. 

 

____ Eu não sei porque ele está assim. ____ Falo vendo Julia se agachar a minha frente. 

 

____ Acho que a Fralda dele está cheia. ____ Julia repete. ____ Você trouxe fraldas? ____ Me olha. 

 

____ Não que eu saiba. ____ Falo. Julia percebe uma mala de criança, em cima da mesa. Abre-a e pega uma fralda. 

 

____ Você troca, ou quer que  eu troque?____ Pergunta e eu assinto, estendendo-a Junior.  

 

____ Prefiro que você o faça. ____ Julia assente pegando Junior dos meus braços e se levantando. Caminho junto consigo.  

 

Caminhamos em direção ao banheiro feminino, logo a frente havia uma placa escrita fraldário. Júnior parecia não se acalmar, para mim, toda essa euforia não era por uma simples fralda, havia algo a mais.  

 

____ Fique tranquilo garotinho, já estamos chegando. ____ Julia tenta acalmá-lo. ____ Sinto muito, mas aqui você não pode entrar. 

 

____ Não se preocupe, eu espero aqui. ____ Falo a vendo adentrar a porta com o meu filho. 

 

Minutos depois, Julia volta com Júnior. Agora bem mais calmo e sorridente, estava com a mamadeira atracada aos lábios. 

 

____ Você é um anjo, Julia. Não sei nem como te agradecer. ____ Falo. 

 

____ Não custa ajudar. ____ Responde. 

 

____ Vem filho? ____ Estendo meus braços em sua direção, no intuito de pegá-lo. Junior esquiva e gruda no pescoço de Julia. Solto uma gargalhada. ___ Parece que alguém gostou de você. ____ Falo. 

 

____ Crianças são fáceis de se apegar. ____ Julia observa atentamente. 

 

____ Qualquer pessoa se apegaria a você, Julia. ____ Falo, um tanto quanto sem pensar. Simplesmente sai. 

 

____ Acho que alguém vai dormir comigo hoje. ____ Julia sorri sem graça. Percebo que a mesma tentou mudar de assunto. 

 

____ Olha que não seria uma má ideia. ____ Solto uma gargalhada sarcástica. 

 

____ Sergio Ramos eu estou falando do seu filho. ____ Me olha assustada. Solto uma risada. 

 

____ Eu sei. ____ Sorrio. 

 

 

(...) 

 

____ Ainda bem que eu encontrei vocês. ____ Alice aparece na varanda do local. ____ Sophie está louca atrás de você, Julia.  

 

____  Meu Deus, a onde ela está? ____ Julia pergunta. 

 

____ Estou aqui mamãe.  

 

Sophie apareceu logo atrás de Alice. Estava com os olhinhos brilhantes e cansados. Sentou ao lado da mãe e passou a encarar Julia, que estava com Junior em seu colo. 

 

____ Quem é esse mamãe? ____ Pergunta atenciosa e bem baixinho, pois Junior dormia nos braços de Julia.  

 

____ É o filho do Sergio, amigo da mamãe. ____ Sophie passa a então me encarar. 

 

____ Você quem é o Sergio? ____ Assinto sorrindo. ____ Você me salvou aquele dia na praça. 

 

____ Sim, foi eu. ____ Sorrio me sentando ao seu lado. 

 

____ E cadê a mamãe dele? ____ Pergunta curiosa. 

 

____ Ela não está aqui agora. ____ Respondo. 

 

____ Por isso a minha mamãe está fazendo ele dormir? ____ Pergunta. 

 

____ Sim, por isso. ____ Respondo mais uma vez sorrindo. Era incrível como ela puxou a Julia essa mania de questionar tudo. 

 

____ Então você vai me dar colo agora. ____ Sophie se ajeita no sofá, sentando em meu colo. Me assusto um pouco, mas depois a aconchego em meus braços.  

 

Sinto uma sensação tão calma e confortante me tomar o corpo. Fecho meus olhos, o que me traz um certa paz e me faz pensar o quão bom era poder abraçar a minha menina. Julia apenas observa a cena, surpresa como eu e ao mesmo tempo receosa. Parecíamos uma família juntos, mas apenas parecíamos. Por mais que eu quisesse continuar e sentir ainda mais, a realidade me impedia. 

 

(...) 

 

____ Sergio Ramos, acorda. ____ Me cutucara.  

 

____ Ham? Quê? ____ Acordo de um sonho. Um sonho tão bom. 

 

____ Já são quatro da manhã. ____ Alice fala. 

 

____ Meu Deus, o que aconteceu? ____ Pergunto não me lembrando de algumas coisas, como a de ter dormido em uma cadeira. 

 

____ Você acabou bebendo demais e dormiu. ____ Alice responde. 

 

____ Cadê meu filho? ____ Levanto-me assustado e apreensivo. Não tinha a menor ideia de onde estava Junior. 

 

____ Fica calmo, ele dormiu no colo de Julia. Ela levou ele e Sophie para casa. Disse que voltaria para te buscar, mas acho que ela acabou dormindo. ____ Fala, sinto um alívio ao saber que ele estava com Julia. Porém, esse alívio se vai, ao pensar que certamente, Pilar e minha mãe iria me matar.

 

Leiam as notas finais!


Notas Finais


GALERAAAAA
Estou escrevendo outra fanfic, já tenho o enredo (E CONFESSO ESTÁ BEM LEGAL).
Estou pensando em fazê-la com o Marcinho (Marco Reus) ou com o Bürki (Roman Bürki). Qual deles vocês preferem?Deixem nos comentários. Beijocas!

Trailer da Fanfic: https://www.youtube.com/watch?v=IC6OEot6gws


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...