História Dear Teacher - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson
Tags Boyxboy, Cat, Dear, Harry, Larry, Louis, Styles, Sylinson, Teacher, Tomlinson
Exibições 25
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


*repostando o capitulo por que achei que tinha postado as partes erradas, mas estava certo. desculpe o transtorno*

Capítulo 4 - Capitulo 3


 

 

Agora já fazia uma semana que Harry e Gemma estavam estudando.

Estava tudo ocorrendo bem. Mas Harry gostaria de ter feito algum amigo, mas apenas ficou todo o tempo com sua irmã e pensando em razões que explicassem por que o professor de literatura deveria ser um urso.

- Você está ficando obcecado com isso, estou começando a ficar preocupada. - Gemma falou enquanto conversam no tempo livre.

- Não estou obcecado. Só curioso.

- Harry, você passou a semana inteira o encarando com se ele fosse virar algum monstro a qualquer momento. - Gemma falou entediada.

- E se ele virar? Ele tem cheiro de urso, e ursos são imprevisíveis e violentos! - Harry a respondeu.

- Harry, pelo amor, ele não é um urso! Ele já teria marcado território se fosse.

- Mas por que ele tem um cheiro forte de urso? E não me venha falar que meu olfato está ruim.

- Harry, ele n-

Gemma parou de falar quando seu celular tocou.

- Alô? - ela o atendeu - Ah, oi Meggie. Aconteceu algo?..... Serio?..... Certo - ela agora tinha uma expressão preocupada - Ok, vou dar um jeito de sair agora, vamos resolver isso... sim, tchau.

- O que foi? - Harry perguntou assim que Gemma encerrou a chamada.

- Preciso resolver algo muito importante agora. Vou dizer que estou passando mal e pedir para sair. Fique aqui e tenha cuidado.

- Cuidado? O que aconteceu? Gemma, me fale! - Harry exigiu começando a ficar preocupado.

- Não posso. Apenas fique aqui e seja cuidadoso. - Gemma se levantou apressadamente.

- É sobre a C? Eles me encontraram? - Harry perguntou preocupado usando a abreviatura de Central.

- Eu espero que não. Fique aqui, não vá para o apartamento quando largar, vá para a casa da mãe da Meggie, ok? - ela falou e esperou Harry assentir e se aproximou e beijou a cabeça dele - Tenha cuidado - repetiu antes de sair.

Harry estava sentindo suas mãos ficarem suadas, ele odiava essa sensação de medo e nervosismo. Ele respirou fundo repetidas vezes. Precisava se controlar ou sua alma apareceria.

Vai ficar tudo bem. Vai ficar tudo bem.

Harry repitiu o mantra em sua cabeça quando viu que era hora de voltar para a classe.

[ . . . ]

Os últimos dois tempos de Harry eram aulas do professor Louis, e ele havia chamado a atenção dele dizendo que ele estava desatento, inclusive perguntou se ele estava bem, Harry apenas respondeu que sim e então o professor Tomlinson disse para ele prestar atenção na aula.

Mas ele realmente não fez isso, não conseguia se concentrar, estava preocupado com o que Gemma tinha ido resolver.

Quando o sinal para o fim das aulas tocou Harry correu para fora da sala com sua bolsa carteiro pendurada no ombro.

Eles estava entrando nos corredores perto da saída quando ele paralisou com a imagem a sua frente.

Ao lado do portão de saída estavam dois homem vestidos em ternos brancos.

Eles são da central.

Harry tinha certeza disso, já havia visto eles quando tinha oito anos.

O Styles deu passos lentos para trás, tentando não atrair a atenção de ninguém. Ele se encolheu ao lado de alguns armários do corredor.

Os dois homens vestindo ternos brancos ergueram a cabeça e mexeram o nariz parecendo sentir cheiro de algo.

Meu cheiro!

Os homens começaram a andar.

O coração de Harry parecia que iria saltar de sua garganta.

Ele se arrastou pela parede lentamente saido do campo de visão deles e assim que havia virado o corredor ele correu, correu como nunca havia corrido na vida. Trombou em vários alunos, mas não se importou, apenas precisava sair dali.

Ele correu para o estacionamento e se escondeu entre os carros. Estava encostado em uma picape preta. Seu peito subia e descia rapidamente enquanto tentava recuperar o fôlego.

- Ei, o que estava fazendo ai? - o coração de Harry quase parou pelo susto. Ele estava tão ofegante que nem conseguia falar.

O professor Tomlinson o encarava esperando uma resposta.

Harry virou e o olhou, mas então ele viu que, atrás de Louis, os dois homens de ternos brancos saiam da universidade.

- Por favor - Harry arfou - Me leve para longe daqui!

Louis franziu o cenho confuso com o tom desesperado do rapaz.

- Por favor! Por favor! - a voz de Harry estava trêmula, ele começaria a chorar a qualquer momento.

Louis abriu a porta da picape.

Harry entrou rapidamente se encolhendo no banco do passageiro.

Louis entrou e fechou a porta.

Harry olhou pelo retrovisor e viu os homens se aproximarem do estacionamento.

- Rápido, rápido! - implorou a Louis que logo ligou o carro e logo estavam fora do campus.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...