História Dear Teacher - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Kookmin, Namjin, Yoovhope
Exibições 138
Palavras 1.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Josei, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EAEEE CARAE!!! FINALMENTE um novo capitulo. Sabe semana de provas. T.T Mas eu finalmente tive tempo de postar. Espero que gostem.

Capítulo 3 - Sua presença...


Jungkook se jogou na cama de casal de seu quarto e respirou fundo. Ainda sentia uma certa quentura em seu corpo. O alfa estava confuso. Não entendia o porquê de suas presas terem saído naquele momento. Era extremamente esquisito. Em sua cabeça a única coisa que o atraia era o corpo e o cheiro de seu professor, mas naquele fatídico momento, ele desejou telo para si. Com todas as suas forças.

- Mas que droga! – o moreno se irritou ao sentir seu coração palpitar mais forte com a imagem do ômega passando em sua cabeça. O moreno saiu de seu devaneios e pegou o celular digitando para Hoseok. Precisava falar com alguém, ou apenas se distrair daquele incomodo.

“Ei mané! Tá ocupado agora?” – Jungkook

“Mané sua bunda. Me respeita moleque! Sim. Tae veio aqui pra casa pra gente assistir um filme.” – Hoseokão

“Só assistir um filme é.... Sei.” – Jungkook

“Tanto faz. O que foi?” – Hoseokão

“Eu meio que to com um problema aqui...” – Jungkook

“Deixa eu adivinhar... Esse problema tem menos de 1.69 e é ruivo." – Hoseokão

“ É...” – Jungkook

“Que merda você fez agora?” – Hoseokão

“Eu meio que quase marquei ele... Tipo isso.” – Jungkook

“O.o!!!MAS O QUE?! Porra mano! Vocês tranzaram?” – Hoseokão

“ Não!(infelizmente) Eu estava quase beijando ele e aí do nada meu lobo tomou conta de mim! Eu não to entendendo mais nada hyung." – Jungkook

“Mano...” – Hoseokão – “Isso tá esquisito. O normal é que as presas saiam quando você tem um nó, mas parece que no seu caso foi diferente...”

“Eu to meio receoso. Acho que o Jimin vai ficar meio longe depois dessa. E eu não quero isso.” – Jungkook

“Eu acho que o Tae deve conhecer. A mãe dele é uma alfa original. Talvez ela saiba o que é.” – Hoseokão

“Isso me ajudaria muito.” – Jungkook

“Beleza cara, mas agora eu vou voltar pra minha sessão (se é que me entende).” – Hoseokão

“Valeu hyung. Aproveite o “filme”.” – Jungkook

Jeon desligou o celular e deu uma breve risada. Sentou-se na cama e respirou fundo. O cheiro de lavanda que Jimin exalava ainda estava presente. Estranhamente presente.

...

- ARGH! – Jimin grunhiu alto passando violentamente as mãos pelos fios ruivos. Estava desnorteado. Quando finalmente havia se acalmado do choque pelo ocorrido daquela tarde. Do nada o cheiro amadeirado do mais novo passou pelar suas narinas.
-O que foi Jimin? – Jin olhou da cozinha para o menor que estava visivelmente incomodado.

Se levantou do sofá e caminhou até o banheiro. Precisava se controlar. Jogou água em seu rosto para tentar tirar aquelas sensações de seu corpo. Talvez fosse seu cio chegando e seu corpo clamasse desesperado por um alfa qualquer. “Tem que ser isso”, pensou.

- Criatura! – Jin falou chegando na porta do banheiro.
- Desculpe hyung... Estou meio atordoado. – o ruivo falou enxugando o rosto saindo do banheiro junto de Jin.
- Jungkook? – o ômega mais velho perguntou vendo o menor assentir. – O que foi agora?
- Bom... Havia acabado de ensinar a matéria para ele e do nada ele me agarrou... Aí do nada senti meu lobo se agitar e quando fui ver ele estava com as presas perto do meu pescoço. – o ruivo falou envergonhado de cabeça baixa. Jin não emitiu nenhum som. Jimin levantou o rosto lentamente e se deparou com um Jin de olhos arregalados como uma estátua.
- Hyung? – o menor ia aproximar sua mão do rosto do amigo, mas rapidamente viu o mesmo se levantar rapidamente com um sorriso enorme no rosto.
- AH!! MEU DEUS! – pegou Jimin pela cintura e ergueu o mesmo girando no ar. – MEU FILHOTE DESENCALHOU!!
- YA! ME PÕE NO CHÃO HYUNG! – o mais velho colocou o menor no chão que o encarou horrorizado. – Que merda foi essa? Ele não me marcou se é o que está pensando.
- Droga. – o mais velho tirou o sorriso, mas esse logo voltou. – Mesmo que não tenha acontecido ainda vai acontecer.
- Como assim? – o menor franziu o cenho. Jin se aproximou do mais novo com um sorriso indecifrável fazendo o mesmo andar pra trás.
- Sabe o que significa as presas de um alfa saírem involuntariamente? E ainda por cima o ômega ceder assim tão fácil? – olhou o ruivo nos olhos.
- Não... – Jimin estremeceu.
- Duas palavras. A-l-m-a g-ê-m-e-a. – falou lentamente fazendo o menor estremecer. “Mas que merda...”, pensou.

...

Haviam se passado dois dias sem ver Jimin. Final de semana pra ser mais exato. Em plena segunda de manhã (horário de aula), Jeon estava no shopping com Tae e Hoseok. Mas algo estava incomodando o mais novo que estava desatento a conversa.

- Jeon! – Tae chamou pelo alfa que estava alheio.
- Ah. Desculpe. – o moreno sem endireitou na cadeira.
- Tá pensando no crush? – Hoseok provocou rindo ao que o mais novo mostrou o dedo do meio.
- Então Tae. O que sua omma disse sobre aquele assunto? – o alfa perguntou retomando a postura de sério. Não estava com cabeça pra ficar ouvindo as brincadeirinhas dos amigos.
- Ah sobre isso... – o ômega se soltou de seu alfa e apoiou-se nos cotovelos. – Ela me contou algo sobre alma gêmeas.
- Alma gêmeas? – Jeon franziu o cenho.
- Ela me contou que em alguns casos, quando um alfa e um ômega nascem eles podem ter suas almas conectadas. É como se eles dois estivessem marcados. Sentem a necessidade um do outro e isso se torna forte quando as almas finalmente se encontram. Eles rapidamente se sentem atraídos. – Tae explicou calmamente vendo o amigo arregalar os olhos.
- Ah... – Jeon ficou sem palavras, mas antes de formular uma única frase sentiu seu corpo esquentar. Não de uma maneira prazerosa, mas algo agonizante. Sentia raiva.
- Jeon? – Hoseok olhou o amigo de maneira confusa até notar os olhos do mais novo se tornarem cor de sangue. Puxou seu ômega para perto vendo o amigo se levantar cheirando o ar.

Naquele momento era o lobo de Jeon agindo. Estava irritado. Algo não estava certo. Parou sugando o ar com força sentindo o que procurava. “Lavanda”, pensou atordoado. Correu entre as pessoas ouvindo Hoseok gritar de longe. Seu lobo estava agitado. Parou ao notar uma multidão em seu caminho. O cheiro vinha do meio dela.

- ME SOLTA KWAN! – seu corpo tremeu ao ouvir a voz do ômega de maneira desesperada.

O moreno rosnou alto fazendo as pessoas se afastarem. Um alfa rosnar de raiva não era bom sinal. A cena a sua frente fez seu lobo surtar. Um homem alto segurava com força o braço de Jimin que tinha uma expressão de dor e tentava a todo custo se soltar.

O ômega havia ido para o shopping para comprar algumas roupas até que se deparou com Kwan, seu ex namorado que não havia aceitado o termino e ao ver o menor não agiu de maneira muito amigável.

Os dois olharam para o moreno que já estava com as presas para fora e o olhos mais avermelhados que o normal.

- Solta ele. – Jeon falou segurando o pouco de consciência que ainda tinha. O alfa que segurava Jimin apertou mais ainda o braço do menor que grunhiu.
- E se eu não soltar pirralho? – o alfa riu debochando. Jeon sorriu levemente e se aproximou do alfa socando seu rosto fazendo o mesmo bater no vidro de uma loja que se estilhaçou no chão.
- Isso desgraçado. – se aproximou do mesmo que tentava se levantar do chão mas foi parado pelo rosnado forte de Jeon que segurou o alfa pela gola. – Não chegue perto do meu ômega, ou da próxima eu te mato. – falou o moreno olhando nos olhos do outro que se mostrou apavorado.

Jeon se afastou e foi em direção a Jimin que estava amedrontado. O mais novo rapidamente abraçou o menor levantando o mesmo de maneira que enlaçasse suas pernas em seu quadril e rumou para fora do shopping. O ômega estava assustado e logo se agarrou ao moreno deixando suas lagrimas caírem. Se sentia aliviado. Seu lobo estava feliz. Feliz por sentir que seu alfa estava por perto.


Notas Finais


Tenho que dar um aviso. O próximo capitulo não tem previsão. Talvez demore um pouco... Problemas pessoais (notas). Bom espero que tenham gostado do capitulo.
AH... e o Kwan ainda vai aparecer de novo. Pra botar fogo no circo né nom. ~le joga bomba ~le sai correndo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...