História Dear Tomboy - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Lauren G!p, Tomboy
Exibições 478
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiieeee , ignorem os erros okay ? Boa leitura.

Capítulo 29 - Apenas prometa...!


《POV'S LAUREN ON》

Entrei no quarto de Camila com a mesma quase desmaiando . Ela mal conseguia andar. Estava fraca demais.

-Camz , meu amor . Você se alimentou nesses últimos dias ?- Perguntei acariciando seus cabelos enquanto via a mesma com os olhos fixos no urso de pelúcia que dei para a mesma com um sorriso quase inexistente desenhado nos lábios. Camz nada responde, apenas assente. - Não mente pra mim . Eu só quero seu bem , você sabe disso.

-Lauren, eu sei disso mas... - Não conseguiu terminar de falar . Apenas saiu correndo na direção do banheiro.

Ao longe vi ela se jogar de joelhos na frente do vaso sanitário e no segundo seguinte, começar a vomitar. Rapidamente me levanto tiro minha jaqueta de couro e corro até ela , me ajoelhando ao seu lado e prendendo seu cabelo em um falso rabo de cavalo.

Ela começa a tossir e então desaba para o meu lado . Estico um pouco meu braço e dou a descarga no vaso sanitário mas logo encaro Camila preocupada . Sinto seu corpo começar a balançar levemente e vejo que ela está chorando então a única reação que tive foi envolver meus braços em seu corpo em um abraço.

-Shhh , tá tudo bem agora , meu amor . Eu estou aqui com você. Ninguém vai te fazer mal . - Sussurrei depois de um tempo em seu ouvido enquanto acariciava seu braço .

Sinto suas mãos segurando com força meu ombro como se ela estivesse se estabilizando para não cair.

-Você consegue levantar ? - Perguntei perto de seu ouvido e ela assentiu ainda com a cabeça apoiada em meu peito. -Certeza ?

-Não. Mas eu acho que consigo.

-Okay.

Dito aquilo peguei em sua mão trêmula e a ajudei a se levantar. Camila estava fraca mas se apoiou na parede e conseguiu se estabilizar.

-Droga , me perdoe, Lauren. - Disse tocando minha camiseta que notei estar úmida por suas lágrimas.

-Não, tudo bem . Fica tranquila. - Rapidamente respondi.

-Eu devo estar parecendo um bebê idiota...

-Não fala isso - Pedi segurando seu rosto com as duas mãos com todo o cuidado do mundo. Deixei um beijo casto em sua testa e a vi sorrir sem mostrar os dentes - Escove os dentes. Eu vou preparar algo pra você comer.

-Mas , Lauren . Você não precisa fazer isso !

- Você tem razão, eu não preciso. Eu tenho que fazer isso .

Dito aquilo sai do banheiro e caminhei para fora do seu quarto, descendo as escadas e passando pela sala , até chegar à cozinha perfeitamente organizada da casa de minha garota.

Respiro fundo e passo minha por meus cabelos antes de adentrar o cômodo.

***

Coloco todas as coisas que preparei em cima de uma bandeja prateada e com todo o cuidado do mundo subo as escadas novamente.

Ao chegar no quarto de Camila , a porta estava apenas encostada então empurro-a com o ombro e ao olhar para a cama vejo uma cena de cortar o coração. Camz estava deitada em sua cama agarrada a minha jaqueta de couro. Caminho até ela e deixo a bandeja em cima do criado mudo.

Me sento ao seu lado e Camila simplesmente envolveu seus braços em um abraço repleto de medo. Ficamos assim por algum tempo até que eu resolvi perguntar :

-O que aconteceu com você, Camz ?

-Quer mesmo saber ? - Questionou se afastando apenas o suficiente para me olhar e segurou meu rosto com as duas mãos. Apenas assenti - Você tem certeza?

-Camila , eu necessito saber disso . - Sequei seu rostinho banhado em lágrimas - Sem segredos , lembra ?

-Sim...

-Então você vai me contar tudo o que aconteceu com você.

-Sim.

-Não foi uma pergunta. - Falei e vi um pequeno sorriso surgir nos seus lábios mas logo o mesmo sumiu.

Camila se aproximou mais de mim e entrelaçou nossos dedos antes de me olhar e suspirar.

-Semana passada , você não tinha ido ao colégio pois estava doente . Nesse dia , Shawn estava mais violento e desde que pisei naquela bosta no dia , ele não parou de ameaçar eu e você por um segundo. Toda hora falava que iria me estuprar e na saída...Na saída...

-Na saída...? - Incentivei já sentindo meu sangue ferver.

Aquele filho da puta...Argh !

-Na saída ele me arrastou até uma rua deserta , me levou até um beco e nesse bedo ele...Ele...Ele me estuprou ! - Completou com os olhos marejados e eu senti meu coração acelerar e meu sangue ferver assim como meu cérebro.

Me levantei e fui até a janela , respirei fundo umas 10 vezes porém não adiantou ; eu estava completamente possuída pelo ódio que tenho daquele maldito vesgo.

Desferi um soco contra a parede e tentei me acalmar novamente.

-Filho da puta, imprestável, infeliz do caralho ! Você foi mexer com a pessoa errada , seu merda ! - Rosnei e acertei um chute contra a parede.

Só me acalmei quando senti dois braços envolverem minha cintura e uma cabeça repousar na curva de meu pescoço.

-Eu já tô bem agora meu bem . - Sussurrou ao notar que algumas poucas lágrimas de pura raiva corriam por meu rosto.

Me separei do abraço e encarei Camila que tinha um semblante pra lá de triste. Enxuguei minhas poucas lágrimas e repousei uma de minhas mãos em sua cintura.

-Ele...Ele te machucou muito ? - Perguntei e Camila assentiu. - Eu vou matar aquele filho da puta! Hoje ele não escapa! - Ralhei e Camila me beijou.

Eu vou matar ele ! Eu vou matar ele ! Dessa noite aquele demônio não passa ! E se passar vai sofrer nas minhas mãos por muito tempo !

Camila separa nossos lábios pela falta de ar e colou nossas testas.

-Camz... - Ela repousou seu indicador sobre meus lábios me impedindo de continuar.

-Apenas prometa que vai ficar aqui comigo. - Praticamente implorou e eu respirei fundo - Prometa !

-Camz eu não...

-Lauren, apenas prometa que não vai sair dessa casa, que não vai sair do meu lado hoje . Apenas prometa que vai ficar aqui comigo até o amanhecer. Prometa que vai ficar comigo para me proteger de meus pesadelos. Prometa apenas isso ! - Suplicou e eu respirei fundo murmurando um "sim" logo em seguida. - Sim o que ?

-Eu prometo que vou ficar aqui com você... - Menti e Camila assentiu me dando um selinho e caminhando até sua cama e pegando a bandeja no criado mudo , colocando-a na sua frente.

É...Parece que pela primeira vez na minha vida eu não vou cumprir uma promessa.


Notas Finais


Até o próximo cap , bjuuusss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...