História Dear Valentina - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Álvaro Morata, Claudio Marchisio, Cristiano Ronaldo, Gianluigi Buffon, Gonzalo Higuaín, James Rodríguez, Lionel Messi, Neymar, Paulo Dybala
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Carta, Paulo Dybala
Exibições 38
Palavras 549
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Surpresa :)
Agora teremos a resposta da Valentina pra carta do Paulo.
Espero que gostem desse aqui também, boa leitura <3

(Misturei duas músicas pra escrever esse: Apologize, do OneRepublic e Talking to the moon, do Bruno Mars)

Capítulo 2 - Dear Paulo


Fanfic / Fanfiction Dear Valentina - Capítulo 2 - Dear Paulo

Querido Paulo,

Já faz quase um ano que recebi sua carta, mas não tive coragem de responder e acabar relembrando ainda mais nossos momentos, principalmente o que nos separou. Mas hoje, olhando uma caixa com fotos, percebi que ainda te amo muito. De verdade, mesmo depois do que aconteceu. E queria que você soubesse algumas coisas que também estão entaladas na minha garganta desde aquele maldito dia.

Quando soube das notícias pela televisão, entrei em choque. Não acreditava que logo você, que dizia me amar tanto, teria sido capaz de fazer isso comigo. Tudo bem – nem tanto –  que estávamos nos desgastando por conta do seu ciúme, mas nunca imaginei que isso poderia acontecer.

Te amo tanto que eu me arriscaria por você, levaria um tiro em seu lugar. Preciso de você como um coração precisa de uma batida, como precisamos de ar para viver. Eu realmente pensei que tinha encontrado o homem da minha vida, mas aparentementeme enganei.

Não pude suportar a dor que se alastrou em meu peito depois da notícia e acabei me mudando para a França. Precisava te esquecer, mas a cada hora me lembrava de alguma coisa que passamos juntos. À noite, quando as estrelas iluminam meu quarto, encosto no parapeito da janela e falo com a Lua pensando em ti. Sim, parece ser louco, mas isso me faz chegar perto de você de alguma maneira. Ainda tenho esperança de que você esteja do outro lado falando comigo também. Mas aí paro e penso ‘será que sou uma tola aqui sozinha e conversando com a Lua?’.

Passamos por coisas boas e ruins, sempre lembrarei de grande parte. Como esquecer do dia em que levamos o maior tombo da história na neve? Ou o dia em que você conheceu meus pais. Nunca te vi tão nervoso em nenhum momento juntos. E o seu futebol.... Ah meu menino, você ainda vai voar muito. Me orgulho de ter te visto jogar. Continue fazendo aquilo que gosta, tenho certeza que seu pai se orgulharia muito disso. Você foi o melhor cara que conheci, apesar de tudo.

Eu também não consigo ouvir mais nossa música. Fico quebrada e com saudades de você. Seus olhos foram os mais bonitos que já vi pessoalmente. Você é todo bonito. Lindo por fora e mais ainda por dentro... pelo menos eu esperava que fosse. Mas aí veio aquele dia e eu passei a ter dúvidas a respeito disso.

Tenho te visto saindo com algumas mulheres desde que terminamos, e tenho a confirmação de que ainda te amo mais do que gostaria. Mas querendo ou não, esse tinha que ser nosso destino. Poderíamos ser amigos, quem sabe. Não consegui voltar a ter um relacionamento depois de você. Acho que é o medo de partir o coração de novo.

Mas quando a saudade aperta, olho para o céu e imagino que você está fazendo o mesmo enquanto pensa em mim. Talvez minha demora para te responder tenha congelado seu sentimento, mas quero que saiba que o meu continua ardente como uma chama.  

Eu te quero de volta, mas agora é tarde demais para voltar atrás. Sinto muito, meu amor. Te desejo o melhor de tudo, de verdade. Continue me orgulhando com seu futebol e nunca, nunca mesmo, desista daquilo que quer muito.

Com muito amor,

Valentina.


Notas Finais


E aíi? ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...