História Death Line - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 19
Palavras 1.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


AQUI AMORES, espero que gostem, primeiro cáp., chatinho, mas os próximos serão melhores. Bye

Capítulo 1 - 1x01 How The Dead Come To Us


Fanfic / Fanfiction Death Line - Capítulo 1 - 1x01 How The Dead Come To Us

"Há exatos dois meses o mundo foi completamente dominado por mortos-vivos, conhecidos por todos como "zumbis", mais de 97% da população mundial foi morta, porém ainda restaram pessoas tentando sobreviver."

27 de novembro de 2016.

Maryland, Estados Unidos.

Tudo que se via nas ruas eram aquelas coisas mortas-vivas que estavam devastando o mundo,  não havia sinal de vida humana ali, exceto por Robert Wilson, que corria desesperadamente dos zumbis para tentar salvar sua vida.

Correu tanto que começou a ficar sem ar, e acabou ficando encurralado em um beco cheio de mortos-vivos, olhava para os lados e não tinha para onde fugir, se encostou no portão, que estava trancando e ficou olhando aterrorizado os mortos se aproximarem, sentiu uma mão o puxando, olhou assustado para a pessoa que o puxava.

-RÁPIDO!-Gritou um homem alto, negro, aparentemente uns 30 anos.

-CORRER PARA ONDE?

-SÓ ME SIGA-Os dois então correram para trás de um prédio e subiram no portão caindo do outro lado, aliviado, Robert agradeceu.

-Obrigado! Você salvou minha vida.

-Não por que agradecer. Venha, vamos, tem um lugar que podemos ir, um acampamento para sobreviventes.

-Acampamento para sobreviventes? Meu deus.

-Pois é... as coisas mudaram, as pessoas mudaram. Mas e você, como sobreviveu esse tempo todo aqui?

-Eu fiquei escondido dentro de um mercadinho aqui perto, lá dentro tinha bastante comida, água, chuveiro, mas a comida começou a estragar, acabar, a água também, então tive que sair para procurar comida e água, já tinha saído algumas vezes, já matei uns cinco ou seis dessas coisas, mas eles me cercaram e eu tive que fugir, então você apareceu.

-Você tem armas?-Perguntou o moreno.

-Não, só uma faca.-Mostrou sua faca para o mesmo.-Ainda não sei seu nome.

-Sou Adam, Adam Benson.

-É um prazer!

[...] 

*No acampamento* 

-Wayne, aonde você vai?-Perguntou Alycia olhando o rifle do homem.

-Caçar, os suprimentos estão ficando escassos,  quer vir?

-Eu não sei caçar, muito menos, atirar com isso.-Respondeu a garota.

-Bem, você gostaria de aprender?

-Claro!-Afirmou animada.

-Tudo bem, você tem uma faca aí, não é?-a garota confirmou.-Então vamos lá.

Wayne era um homem de 49 anos de idade, ele tinha perdido a esposa um ano antes dos acontecimentos atuais, também tinha um filho que foi morto por zumbis bem no começo da epidemia.

Wayne e Alycia adentraram na floresta, atentos, apesar de zumbis serem raramente vistos, perto do acampamento, as vezes aparecem, geralmente em um, dois, no máximo três.

-Ei, ei, está vendo?-Wayne sussurrou cutucando Alycia de leve com o cotovelo, apontando para um cervo parado atrás de uma árvore.

-Como vamos pega-lo? A árvore está bloqueando a mira.-Pontuou a garota olhando ao redor.-Ali!-Exclamou apontando a uma árvore que seria capaz realizar os disparos.

-Muito observadora você. Vamos até lá, na ponta dos pés para não espantá-lo.

Então os dois foram andando na pontinha dos pés para não assustar o animal. Wayne apontou a o rifle para o animal, apesar de não gostar de fazer isso, era necessário, era sobrevivência.

-Será que eu posso?-Perguntou Alycia antes do mesmo atirar.

-Você quer atirar?

-Eu preciso aprender, não é mesmo?

-Tudo bem.-Alycia então pegou o rifle, Wayne a mostrou como funcionava, ela mirou, ficou olhando através da mira por alguns segundos, e então puxou o gatilho, a garota acertou o cervo em cheio, que caiu já morto no chão.

-Wow. Você tem uma mira e tanto.-Exclamou o mais velho.

-É... parece que eu tenho mesmo.-Respondeu orgulhosa de si.

-Agora vamos levá-lo até o acampamento.

[...]

-Chegamos!-Exclamou Adam estacionando o carro perto de outros.

-Como conseguiram carros?

-Achamos, esses carros com as chaves dentro.

-Todos eles?-Adam afirmou balançando a cabeça.

-Isso que é sorte.-Riram.

-Vem, vamos conhecer os outros.-Os dois foram andando até o acampamento, que era bem grande por sinal.

-É bem grande aqui. Quantas pessoas tem aqui?-Perguntou Robert.

-Vinte e duas, contando com você são vinte e três.

-E vocês se dão bem? Todos vocês?

-Bem... nós tentamos ao máximo.-Respondeu rindo.-A maioria das pessoas aqui são legais, vai gostar delas.

-Eu espero que gostem de mim também.-Falou mais para si do que para Adam.

-Eles vão.

Quando os dois chegaram ao acampamento, haviam algumas pessoas em uma roda, conversando e rindo, Robert não conseguia imaginar o motivo de ter alguém rindo em uma situação como essa. 

-Pessoal!-Adam chamou desviando a atenção das pessoas até ele.-Esse é o Robert, ele de Maryland.

-Olá Robert. Sou Karen, essa é minha filha, Beatrice.

-Oi!-Disse pequena sorrindo.

-Sou Jamie.-Disse a garota asiática cumprimentando-o.

-Eu Ariana, e esse é meu namorado, Justin.

-Finn.-Disse o último garoto presente ali.

-É um prazer conhecer vocês pessoal.-Respondeu Robert gentilmente, apesar de seu nervosismo.

Alycia e Wayne acabavam de voltar.

-Gente, pegamos um cervo.-Disse Wayne.-Quem é esse.

-Robert, esses são Wayne e Alycia, pessoal esse é o Robert.

-Bem-vindo. Agora quem está com fome? O resto do pessoal já está comendo.

-Eu estou morta de fome.-Disse a pequena Beatrice, fazendo todos ali rirem.

-Somos duas.

[...]

-Hum.. é bem melhor do que eu achei que seria.-Comentou Tyler, um outro membro do grupo.

-Realmente...-Concordou Jennifer.

-Robert, o que você fazia antes disso tudo?-Questionou Kilye curiosa.

-Eu era corretor de imóveis. Minha vida era tediosa e pacata, mas sinto falta dela.

-Eu quem o diga, eu era uma diarista.-Retrucou Karen.-Naquela época eu era feliz e nem sabia.-Suspirou.

-Eu estava fazendo faculdade de engenharia civil, tenho que confessar que era um saco.-disse Garrett causando risadas.

-Bom, isso que prova que a vida da maioria aqui era chata e pacata.

[...]

Ariana estava sentada do lado de fora de sua barraca, ela olhava as estrelas imaginando se uma dia as coisas voltariam a ser como eram antes.

-Ari, o que está fazendo acordada?-Perguntou Justin sentando ao lado da namorada.

-Nada demais, só... pensando.

-Em que?

-Em tudo, em como era antes, só nós dois, nossos planos de viajar, agora só podemos sobreviver, eu só queria que as coisas voltassem ao normal.

-Eu sei amor, eu também queria que tudo voltasse ao normal, mas sabe, nada nos impede de ter um encontro...-Respondeu o loiro sorrindo.

-Um encontro? Sério?

-Claro, me espera aqui.-Justin adentrou sua barraca e voltou com alguns sanduíches e dois copos de refrigerante.

-Aonde você arrumou tudo isso?-Perguntou Ariana chocada.

-Hoje, quando fui procurar suprimentos com o Finn e o Tyler. E aí, quer comer ou não.

-Isso é refrigerante? 

-Vamos comer!

-Eu te amo, Ariana!-Disse Justin beijando a namorada ternamente.

-Eu também te amo, Justin!-Respondeu Ariana se aconchegando no colo do mesmo.

Depois de seu pequeno "encontro romântico", Justin e Ariana voltaram para sua barraca e acabaram pegando no sono. 

Robert olhava fixamente para cima, apesar de estar em segurança, ele ainda se sentia preocupado, seus pensamentos acabaram parando em sua mãe, mais especificamente quando ela se sacrificou para que o filho pudesse fugir e sobreviver. Então em meio as lágrimas, ele sussurrou.

-Sinto sua falta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...