História Death note do prazer. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens L Lawliet, Light Yagami, Mihael "Mello" Keehl, Misa Amane
Tags Death Note
Exibições 17
Palavras 691
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeira história aquiiiii...
Espero que fique boa e que vocês gostem!!!
(+18)

Capítulo 1 - Começando a investigação.


Fanfic / Fanfiction Death note do prazer. - Capítulo 1 - Começando a investigação.

Centro de Investigação de Tokyo, 8:35 da manhã:
             - O queeeeeeeee, como assim mais um caso? Eu preciso de férias senhor L! 
             - Calma Misa, tu precisa resolver apenas este caso e terá suas tão desejadas férias.
             - Hááá, já esperei tanto, o que é mais alguns dias!  
             - Muito bem Misa , aqui está as pastas com os componentes do caso a ser solucionado, forme sua equipe e vamos lá, resolve-lo o mais rápido possível.
             - Isso é o que eu mais quero senhor L.

             Sala de reuniões da delegacia de Akihabara 15:00 da tarde :
            -  Olá detetive Mello, o senhor L mandou mais um caso pra gente solucionar,e eu estou precisando de sua ajuda.
            - Há, sim senhora Misa vai ser um prazer ajuda-lá.
           - Muito bem, este vai ser um caso complicado, eu estava olhando os dados aqui e estão bem confusos. Preciso que o senhor acione sua melhor equipe de policiais e investigadores.

-Não vai ter como senhora Misa Amane.
             -Como assimmmmm, eu estou mandando você fazer isso e é agora!
             - É... que... Senhora, minha melhor equipe de policiais e investigadores já foram convocados pelo chefe do 2º batalhão norte, pois lá em Sapporo havia um serial killer que já tinha assassinado mais de 300 pessoas.
             - Foda-se Mello, eu não perguntei nada disso, mas como foi o chefe do 2º batalhão norte que fez isso eu te perdoo, mas só desta vez, porque se isto acontecer de novo eu vou te capar e depois fazer você engolir seus próprios testículos.

-  Há, já volto, vou ali no banheiro rapidinho terminar de fazer as coisas aqui em baixo !
             Missa espera impaciente na mesa de reuniões e decide começar a analisar o conteúdo que L a deu.
         - Vejamos aqui temos alguns papéis sobre o ocorrido que não falam nada de mais, e mais coisas que não são importantes, francamente em L você não ajuda em nada mesmo!!
              - Voltei Misa Amane.
             - Há, até que enfim né. Bom estava analisando aqui esses negócios inuteis que o retardado do L me deu, e também estava pensando que apenas eu e você poderemos resolver este caso, até porque aqueles policiais não servem pra nada! - Diz Misa exaltada.

- há... si-sim senhorita Misa Amane, iremos fazer do modo que tu achar melhor. 
             - Que assim seja!!

No outro dia 7:00 da manhã no local do crime: 

- Interdita está parte aqui também Mello. 
             - Ok senhora Misa. Bem já formamos um pentágono com estas faixas amarelas.
             - Isso, agora vamos ao laboratório analisar o o defunto .

No laboratório 10:00 da manhã:

- Encontrou algo Mello
             - Não senhora, ainda não.
             -Há, meu Deus Mello, será que eu vou ter que ai examinar, não é possível que nem isso você consegue fazer direito. Tenho pena da sua esposa.

-Por que senhora?
            -Por que Mello?! Porque imagina se você não consegue fazer nem isso direito que é uma trabalho extremamente fácil imagina transar com ela, não deve aguentar nem dois minutos. 
            -Senhora não vamos falar disso agora, por favor. - Mello fica tímido. 
            - Aí Mello, você é uma figura mesmo. Deixa eu ir ai vê se encontro algo 
            Missa vai até o defunto analisa-lo 

-Caralhooo Mello, achei algo.
             - O que a senhora achou?

- Um Hematoma, isso já pode nos dizer grandes coisas.
             - E como é este hematoma?
            - Vejamos é meio pequeno hematoma situado no braço, com um formato circular e ao redor esta levemente roxo.
           -  Senhora estou pensando que pode ter sido uma seringa envenenada ou com algum tipo de dope com a intenção de desacorda-lo que foi enfiada em seu braço bruscamente.

- Odeio concordar com você mas acho que hoje você tem razão.
             - Obrigado senhora, eu sempre tenho a razão!
            -  Mas é convencido mesmo hein?!!
            - voltando ao trabalho senhora, o que acha de irmos até o local do crime procurar algumas provas?
           - Certo, vamos até lá...
          - Eeeeeeeeeee, mais uma vez tive razão, huru huru huru.....
           - Chegaaaaaa Mello.- Misa da um chute no meio das ''bolas'' de Mello e faz chora-lo de dor

 

CONTINUA...
            


Notas Finais


Obrigado a todos que leram e espero que tenham gostado, dizem o que acharam e no que preciso melhorar.
Sempre é bom recebermos criticas construtivas.
E não perca o próximo cap. que mostrara o que Misa achou no local do crime...
É melhor eu ficar quieto se não vou falar de mais!
Mas foi isso, até o próximo cap. , bye bye!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...