História Death Note [Vkook] - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Death Note
Personagens J-hope, Jungkook, Rap Monster, Ryuuku, Suga, V
Tags Death Note, Vkook, Yoonseok
Visualizações 54
Palavras 1.832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIII que sdds
Bolinhos me desculpem a demora para postar o cap.... As coisas não andam fáceis sabe?
Problemas famíliares acompanhados de escolares... E entrei em férias exatamente está semana, oque me da mais tempo de atualizar com calma minhas fanfics...

Amo vocês <3

Boa leitura

Nome do capitulo: Garoto misterioso

Capítulo 4 - Mysterious boy


Fanfic / Fanfiction Death Note [Vkook] - Capítulo 4 - Mysterious boy


V POV


Me encontrava aflito enquanto saboreava um delicioso bolo de morango qual havia pedido mais cedo. Pela primeira vez em séculos estava sem soluções para tal caso. 
Era realmente estranho um alguem sem identidade causar a morte de apenas assassinos ou pessoas quais ja foram condenadas por crimes terriveis. O mais esquisito, era que o mesmo ou a mesma fazia isso sem precisar estar presente, era algo de outro mundo... completamente confuso.
Levo um pedaço do doce até minha boca em apenas uma garfada.
Temos algumas pistas mas são inuteis até então, sabemos que Kira pode matar alguem sem estar presente ali, também entendemos que o mesmo é temperamental e age com uma certa infantilidade, no caso ''Não sabe perder'', isto decifra que talvez o mesmo ou a mesma seja um estudante...
Outra coisa, não pude deixar de notar que o tal Kira talvez precise saber o nome de sua ''vitima'' para leva-la a o óbito, como percebi? Bom praticamente todos os mortos eram assassinos ou ex condenados como ja disse, e seus nomes foram todos anunciados em site e até mesmo na televisão, não entendi ao certo o por que disso mas é só uma suspeita, mesmo assim prefiro previnir
Mil coisas rodeavam minha mente, estava frustado com tudo aquilo até finalmente encaixar uma simples ideia que talvez fosse útil até então.
Termino meu alimento logo girando minha cadeira em sincronia, meu dedos dedilham rapidamente pelas teclas do computador então inicio uma chamada em voz.

 


-Bom dia senhor V-


Ouço uma voz rouca ecoar pelo aparelho me fazendo limpar a garganta.


-Efetuei está ligação inesperada pois tive uma ideia que talvez sirva para encontrarmos mais alguma pista-


O dono da tal voz grossa ri baixo do outro lado


-Qual sua ideia V?-
Sorrio simplista logo indagando meu orgulho


-Bom... Preciso que você aja como um detetive secréto e siga uma rota de um adolescente. Resumindo, vá até algum colégio ou até mesmo persiga algum grupo de jovens em que ver. Como isto ira ajudar? Bom, em meus calculos espero que com isso o você presencie algo estranho ou indiferente. Mas é claro, por precaução não diga seu nome a ninguém-
Concluo
-Certo, irei por em prática seu plano hoje mesmo-

Encerro a ligação suspirando em seguida

 


**************

 


Jungkook POV

 


Qual o sentido da vida? 
Bom está é uma resposta simples de imediato, a vida é feita por desilusões e sofrimentos alheios, os sentimentos mais conhecidos em causar desgosto é o intenso ''Amor plâtonico''.
Muitas pessoas quais passaram por isso acabam entrando em uma certa depressão profunda e acabando com sua vida, ou até mesmo enlouquecendo e pondo um grande fim a vida de quem também merece ser feliz. E bom essas pessoas são chamadas de ''Assassinos frios'' , quais não conseguem deixar ir aquela pessoa qual se entregou de alma e foi dilaçerado pela mesma que se recusou em corresponder o sentimento.
E também temos o famoso ''egoismo e luxuria''.
Quem possui tais sentimentos são os famosos ''Assassinos mimados'', Quais sempre foram tratados aos luxos quando pequeno, e infelizmente após completar uma idade maior, não soube aceitar a dolorosa palavra ''NÃO'', então começam a dizer sim para sí mesmo enquando todos lhe diziam não.
Mas isto finalmente chegou ao fim pois tenho em minhas mãos um objeto tão poderoso, posso mover o mundo como uma simples peça de tabuleiro, todos são submissos a mim e quero trazer paz a todos quais fazem o bem.

Ouço Ryuuku pigarrear me fazendo enfim sair de meus pensamentos alheios. 
Estavamos caminhando pela calçada, a criatura flutuava ao meu lado, algo que ja havia me adaptado. Estavamos perto da estação onde iria pegar o metrô que me leva-vá diariamente ao colégio.
Após uma caminhada cansativa, em poucos minutos chegamos ao local, e por sorte meu metrô se encontrava pronto para dar sua partida. 
Corro até o mesmo adentrando ali então caminho lentamente evitando qualquer contato visual com as pessoas presentes ali.
Não me animava muito dividir espaço com estranhos, os mesmos me passam um sentimento esquisito, sinto-me sufocado imaginando quantas raças diferentes existem ali, quantas mentes manipuladoras ou assassinas podem existir ali?
Me sento em um banco isolado, pelo menos até então. Um homem alto adentra o metrô seguido de outro homem encapusado. 
O 1 homem se aproxima logo sentando-se ao meu lado, oque me fez limpar a garganta encomodado.


-Bom dia-


Disse o mesmo sorridente com um animo até o pescoço. Franzi o cenho logo sorrindo em seguida sem responder absolutamente nada, não gostava de pessoas digamos... Felizes logo de manhã.
O homem parece se aquietar envergonhado então suspiro.
Alguns segundos depois aquele segundo homem qual trajava preto e um capuz, para em meio a todos ali presente então saca uma arma me fazendo arregalar os olhos


''Maldito''

 


Penso logo apanhando meu caderno de dentro da mochila. Mordo meu lábio inferior pensando em um plano bem bolado a minha altura. Após um tempo finalmente penso em algo então me mantenho intacto e abro meu caderno folheando as paginas


-Quero deixar claro, irei pegar apenas coisas quais são consideradas de valor! Quem não tiver algo a me propor morre-


O bandido dizia com um sorriso cínico em seus lábios me fazendo sentir uma leve pontada no estômago por conta da ânsia.
Volto ao foco de atenção em meu caderno


-Hey.. Não faça barulho ele pode vir até nós-


A mesma voz dizia em sussurros ao meu lado, era o mesmo homem qual flertou comigo mais cedo.


-Olhe, sou um detetive e estou aqui trabalhando no caso Kira-


O mesmo disse apanhando seu destintivo e trazendo-o um tanto perto de meu fisico.
Encaro o objeto não deixando de notar seu nome


''Kim Ayato''


Leio mentalmente seu nome, gravando o mesmo a sete chaves em minha mente... Infelizmente ele não passava de um hipócrita qual queria se intrometer na reforma em que estava fazendo nesse mundo, por que ninguém é capaz de entender o bem que estou propondo a todos? Estou praticamente colocando a paz mundial aqui.


-Me chamo Jungkook-


Digo  calmo


Bufo levantando o olhar logo lançando um pequeno sorriso ao mesmo que retribui.
O homem horrendo de pé a nós se aproxima, seu cheiro de pinga era inalado por minhas narinas me fazendo grunhir em reprovação, aquele cheiro poderia ser sentido a quilômetros daqui!


-Oque estão cochichando aqui em?-


O crápula dizia apontando sua arma em minha cabeça. Me encontrava inexpressivo, então apenas folheio meu caderno


-Oque é isso?-


O homem diz apanhando meu caderno e o folheando rapidamente


-São nomes? Oque é isso.. São nomes conhecidos, por que marca nomes em seu caderno ?-


O mesmo apontava a arma em minha testa me fazendo sorrir.
Ele havia caído perfeitamente em minha armadilha! 
Logo o mesmo encara sua frente tendo ali a imagem perfeita de Ryuuku, o homem assustado saca sua arma novamente apontado para o mesmo.
Meu plano foi algo simples mas também bem bolado, como ja sabia que quem relace em Death Note, começaria a desfrutar do caderno e ver também o Shinigami. Ao me recordar disso tive a brilhante ideia de chamar sua atenção forjando uma ação, e para minha alegria fui surpreendido com a ajuda do homem ao meu lado qual não desconfiava de nada.
Com isso o bandido viria até nos e com toda certeza iria apanhar meu caderno... E bum, veria Ryuuku oque todos pensariam que o mesmo estivesse sobre efeito de drogas ou em uma alucinação pois apenas ele veria o mesmo.


-O-oque é você?-


O homem conversava com o Shinigami deixando todos ali confusos, oque me fez sorrir.
Alguns disparos são iseridos pelo mesmo a criatura ali presente, logo após isso vejo Ryuuku aproximar-se do bandido o fazendo se escorar na porta do metrô.


-O-oque você quer?-


Dizia assustado até em fim tropeçar quando a porta se abre e dar de frente com o veicúlo que vinha em seguida.
Suspiro aliviado e apanho meu caderno me levantando as pressas


-Hey onde vai? Iram precisar de testemunhas aqui.

..-
O mesmo homem dizia cujo nome era Ayato me fazendo revirar os olhos


-Tenho aula-
Digo frio logo saindo do local as pressas.

 


***************


V POV


Eram exatamente 14:00, estava completamente entediado sem saber oque fazer, havia dado um tempo no caso Kira enquanto esperava receber respostas do detetive que mandei neste caso secreto.
Suspiro já não suportando mais o silêncio que fazia aquele local. Me levanto apanhando meu notebook, enfim começo uma chamada por voz com o detetive.


-Olá-


Ouço sua voz simplista


-Então novidades?-


Pergunto esperançoso.
-Sim... Na verdade muitas, o metrô qual estava foi assaltado... E o homem qual fazia o assalto morreu, teve algumas alucinaçõs estranhas após pegar o caderno de um pobre adolescente que estava junto a mim no metrô-


O mesmo dizia me fazendo tombar a cabeça


-Como assim? Ele morreu? Mas você percebeu algo estranho? Que garoto é esse?-
Varias perguntas são soadas por mim fazendo o homem suspirar
-Calma... Bom ele morreu na hora, e não percebi nada estranho... Na verdade um pouco, apenas um adolescente reservado ao meu lado e quieto até demais. No momento do assalto o mesmo apanhou um caderno negro oque não entendi muito bem, apenas desfolhava as paginas do caderno me fazendo perceber algumas coisas escritas ali qual não pude ler... Mas após isso o bandido pegou seu caderno e disse ter lido nomes conhecidos ali... Não entendi ao certo, talvez estivesse drogado-


Aquilo me fez sorrir, mais uma pista foi estabelecida no caso, e ja tinhamos o primeiro suspeito! Um alguém jovem e que não conversa muito, tem um caderno... Com nomes? isso é realmente uma boa pista.


-Você sabe o nome dele?-


Pergunto ancioso por sua resposta


-Sei sim... Se me lembro era Jungkook... Algo assim-


Suspiro aliviado então me despeço do mesmo logo encerrando aquela chamada. Me dirijo até minha maquina de sabedoria e dedilho as teclas com precisão, levo minha mão livre ao mouse arrastando a seta até a barra então pesquiso sobre o tal nome.
Por ser um detetive tinha esses previlégios, comigo ficava a identidade e um pouco sobre a vida de todos daquele país.


''Jungkook''

Pesquiso em uma lista de pessoas da cidade e por incrivél que pareça o primeiro era ele.


''Jeon Jungkook, nascio dia 01 de Setembro, signo virgem. Aluno numero um no colégio....'


Um grande relátorio é lido por minha pessoa, então percebo o quão inteligente aquele garoto era, oque era mais uma suspeita minha pois o tal Kira parecia fazer tudo bem bolado.
Abro uma foto em que estava em seu perfil de identidade sentindo meu corpo impactar com a visão, o garoto era realmente lindo, cabelo em formato de tijeta, seus olhos escuros se adaptavam a mesma cor de cabelo e sua pele branquinha destacava seus lábios rosados.
Com certeza essa carinha bonita poderia enganar milhões de pessoas facilmente. Penso
Um longo tempo depois flertando sua biografia, desligo a maquina ja me deitando sobre o colchão.


''Amanhã mesmo irei tomar uma providência com isso''


Notas Finais


Bom é isso meus amores ;-;
To morrendo de sono ;^;
Por que? Por que eu to indo dormir 4:45 da manhã..
;-;
Espero que tenham gostado <3
Não sei quando saíra cap novo mais provavelmente daqui 2 dias '3'
beijos de luz c: amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...