História Deceived - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Suga, V
Tags Blockb, Bts, Chanbaek, Exo, Got7, Jikook, K-pop, Monstax
Exibições 8
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Tudu bom contigo ?
Então gente nesse primeiro capítulo está faltando umas informações porque é pra ter esse mistério mesmo okay ?
Espero que gostem amores ^^

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Deceived - Capítulo 1 - Capítulo 1

                
   . Finalmente saindo do avião, Carter esticou as costas e vislumbrou onde havia parado, era a primeira vez que vinha a Coréia depois de quase 10 anos, a paisagem de céu escuro era familiar mas trazia uma nostalgia ruim, coisas que a garota não queria lembrar, mas sua vida não se tratava de um passeio e sim de uma missão.

     Depois de um longo passeio de táxi chegou na casa dos tios, apenas seus primos moravam na casa devido ao ocorrido, um flashback passou pela mente de Carter mas decidiu afasta-lo para não manifestar sua tristeza na frente da família, passou os dedos levemente pelos longos cabelos loiros e se olhou uma última vez no reflexo da janela do carro, sua visão não era clara mas conseguia ver os olhos verde claros e a boca carnuda que sempre teve, os primos não a viam a muito tempo mas não tinha mudado quase nada,  eles a reconheceriam. Parou em frente a casa se preparando psicologicamente para tocar na porta, ela não avisou a ninguém que viria a voltar para o país, foram dadas a ela essas instruções, manter extremo sigilo, o lugar estava com a mesma estrutura mas não tinha mas a cor verde de tons pastéis e sim um azul escuro que a deixava mais moderna,  com certeza fora idéia de seus primos,  os mais velhos sempre gostaram de coisas diferentes.

       Bateu na porta ainda receosa em entrar na caixa de lembranças que costumava chamar de lar, logo ouviu gritos e a porta foi aberta dando a visão do primo baixinho de cabelos laranja, Jimin apareceu na pequena fresta olhando quem era,  ao ver a garota arregalou os olhos e abriu mais um pouco a porta, estava em choque, mas não era de se esperar menos, ele não via a prima e nem tinha notícias a 10 anos, mal sabia se estava viva

-Carter…- ele tocou os braços da maior confirmando se não era apenas uma visão e sorriu contente diminuindo ainda mais os olhos pequenos, por um momento percebendo que agora estava maior que o mais velho a viajante não conteu um pequeno rosto.

-Oi anão Jiminnie.- o garoto bufou com o apelido que havia recebido ainda quando criança e pulou na mais alta a abraçando forte.

-CARTER- ele gritou ainda sorrindo animado e ela envolveu seus braços no menor, apesar de pequeno Jimin era pesado e bem forte, ele soltou a garota por um momento e fez cara de bravo dando leves socos nos ombros da prima que se limitou a rir,  o menor sempre teve uma personalidade bipolar.

-PENSEI QUE NUNCA MAIS VERIA VOCÊ SUA MALUCA, ONDE ESTAVA?.-

          Antes da garota responder pode ouvir passos vindo das escadas,  Taehyung desceu as escadas perguntando para Jimin quem era na porta,  o ruivo abriu totalmente a porta dão a visão de Carter ao irmãos mais novo que abriu a boca em um perfeito “O”.

-Ai meu Jesus .- ele pulou na loira quase derrubando a mesma que se assustou com o quanto o primo havia crescido, estava alto e bonito assim como Jimin,  os dois tinham evoluído muito desde que ela partiu.

-Gente o taxista não vai ficar para almoçar, me ajudem a pegar as malas.- o taxista ja estava entediado e reclamando da demora então os três abriram o porta malas tirando as malas de lá.

-Caramba ,trouxe a casa inteira? - Jimin disse colocando a mala na calçada mas logo Carter a pegou com a maior facilidade, deixou a mala menor para Jimin levar e assim o fez.

-Vamos entrar logo, você precisa nos alimentar -Taehyung fechou a porta atrás deles e a garota riu com o descaramento, lembrou de como os dois eram dependentes dos pais e não se cuidavam sozinhos praticamente.

-Não estou aqui pra isso.- colocou as malas no sofá e cruzou os braços encarando os dois, eles teriam que conversar, Carter havia passado a viagem toda pensando no que falaria para os primos, tinha tudo na ponta da língua.

-Mas nossos pais viajaram sem nos dizer o porque, temos comido a gororoba do Jimin, não aguento mais macarrão com tomate cru, ele só faz isso.-

          Carter tinha esquecido por um momento a “viagem” de seus tios,  suas mãos começaram a suar,  era estranho como a inocencia do primo a deixava nervosa, mal conseguia disfarçar o desespero,  o maior de cabelos loiros ainda olhava em seus olhos esperando uma resposta,  ela estava estática .

-Eu, eu não estou aqui pra isso Tae.- ela tentou rir irônica mais saiu mais como um suspiro de alívio.

-Na verdade você ainda não disse oque te trouxe aqui Carter, olha estamos muito felizes em saber que você está sabe...viva, mas vou ser sincero, estou muito irritado, não pode sumir todos esses anos sem dar notícias e esperar que não perguntemos nada.-

      Jimin a olhava desconfiado, obviamente tinha se magoado com a prima que praticamente fugiu da vida deles deixando apenas o recado que estaria morando com a avó paterna nos Estados Unidos. Ela respirou fundo e soltou sorrindo um pouco depois,  sentou no sofá e pediu que os dois sentassem ao seu lado, entrelaçou os dedos e batucava os pés no chão inquieta.

-Olha, me desculpem mesmo, depois do incidente eu tive que ir embora e seguir minha vida longe de tudo isso aqui, depois de um tempo me recuperei da depressão mas minha avó adoeceu,  tive que ficar cuidando dela…até que me pediram pra voltar para cá.-

       Eles olhavam atentos para a mais velha e esperavam suas palavras de esclarecimento, nada estava claro para os dois meninos.

-Carter…a sua volta tem alguma coisa a ver com a viagem de nossos pais ?.- a esperteza de Jimin era algo que poderia atrapalhar Carter, e muito.

-Na verdade eles me pediram para cuidar de vocês enquanto eles viajam.- mentiu.

-Ah, então eles preferem fazer você mudar de país e deixar sua avó sozinha depois de 10 anos longe do que nos deixar sozinhos?  É isso Carter ?.-

-É…-responde e apenas Taehyung parece convencido pois dá de ombros e abraça a mais velha.

-É tão bom te ver noona.-ele a chamou pelo termo coreano para garota mais velha e a mesma sorriu de canto, era divertido ver como Taehyung cresceu, lembrou de como segurava ele mo colo quando era apenas um bebê, agora com seus 21 anos observa o menino de 17 ultrapassando sua altura,  enquanto isso o de 20 à olha com dúvida, nem Jimin sabia se ficava feliz pela volta da melhor amiga de sua infância ou desconfiava da situação.

-Jiminnie, não fique assim comigo, eu senti sua falta, vem aqui, abraço em trio.- ela estendeu o braço para o menor de bochechas coradas,  odiava ser meiga mas não poderia manter a pose durona a esse ponto, precisava proteger seu segredo.

-Ai noona eu senti sua falta também,  mas ainda não engoli essa história viu.- ele se rende com um sorriso e abraça os dois juntando o círculo,  ficam ali por um tempo até Carter decidir subir para o carto de visita levando suas malas com cuidado pelas escadas,  apenas os dois mais novos ficam na sala e Jimin se sussurra para o irmão.

-Tae... A mamãe disse o por que iria viajar ?. -O mais novo deu de ombros indiferente e pegou uma jujuba no pote de emergência como costumavam chamar,  sempre algo ali quando sentiam fome.

-Disse que precisava cuidar de assuntos quando ligou no dia seguinte, mas ainda acho um descaso, eles nem se despediram.-falou e pegou uma mala que havia ficado no térreo.

-Vamos, me ajuda essa parece mais pesada.- o mais novo chegou a ficar vermelho de tanto esforço que fazia, o irmão o ajudou e os dois subiram o chumbo que Carter chamava de mala,  chegando no outro andar se aproximaram do quarto onde a garota estava.

-Esta trazendo tijolos na mala noona?. - a loira parece se assustar com a mala que os dois traziam mas sorriu exageradamente, puxou a mala com facilidade espantando os meninos com tamanha força.

-Obrigado meninos,  agora eu vou tomar banho okay?  depois vejo oque vou cozinhar para a janta.- o sorriso de Taehyung foi indescritível, parecia estar ouvindo oque desejava ouvir a tempos.

-Graças a Deus.- respondeu o mais alto e os dois sairam do quarto rindo fechando a porta atrás de si,  por um momento Carter pode respirar e se jogou na cama analisando o teto, era horrível ter que mentir para a única familia que tinha atualmente,  dever era protege-los do que estaria por vir, essa missão foi dada a ela, tudo parecia mais fácil quando estava longe, ela não se preocupava com nada além do sucesso na missão mas agora devia satisfações para os primos que mantinha afastados todo esse tempo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...