História December Is Back - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez, Taylor Swift
Tags Drama, Justin Bieber, Romance, Selena Gomez
Visualizações 58
Palavras 924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura...

Capítulo 2 - Bem vinda de volta.


Fanfic / Fanfiction December Is Back - Capítulo 2 - Bem vinda de volta.

Califórnia - Los Angeles

06:15pm

Já estava dentro do avião apenas esperando decolar. 

É uma mistura de sentimentos, medo, ansiedade, confusão, eu não sei... é tanta coisa mas o que mais se destaca é o medo. Será que ele irá me querer de volta? O que aconteceu na sua vida durante esse tempo? Eu perdi tanta coisa, tanta coisa que eu poderia ter participado, junto com ele, ao lado dele, casada com ele. Me arrependo tanto.

Canadá- Toronto
           11:00am

Eu não sabia nem onde iria ficar, eu estava perdida. Acabo de ter a plena certeza que sou louca. Como eu posso sair de Los Angeles sem nem saber onde eu vou ficar aqui em Toronto? Eu estava morta de cansaço, precisava de um lugar para descansar, foram horas de vôo 
 A primeira pessoa que me veio na cabeça foi Pattie, claro, vou para lá. Ela muito provavelmente está chateada comigo, com certeza Justin contou tudo para ela mas fazer o que, eu não tenho mais pra onde ir. 

Peguei um taxi, passei todas as informações pra ele e fiquei observando a paisagem. O Taxista falava coisas que eu não faço a miníma ideia do que era pois não prestei a miníma atenção, eu só conseguia pensar no momento que eu reencontrar o Justin. Vai ser tão bom revê-lo, rever seus olhos, seu rosto...

Senti falta de Toronto, é um lugar extremamente lindo, eu cresci aqui e aqui é meu lugar, não posso sair daqui mais uma vez.

[...]

Finalmente cheguei na casa de Pattie, apertei a campainha várias e várias vezes e ninguém atendeu. A principio achei estranho pois quando eu ainda morava aqui sempre ficava alguém em casa, Pattie sempre foi muito sistemática. Mas passou-se anos, tudo deve ter mudado, então acabei desistindo de apertar a campainha e me sentei na calçada, fiquei olhando para o céu. 

O vento gelado batia contra o meu rosto, o barulho das folhas... Esse tempo com certeza me dará uma bela gripe.

— Olá? — Ouvi a voz doce e adorável da dona Pattie, pensei duas vezes em olhá-la. Me levantei e me virei para ela com receio, ela abriu sua boca em um belo 0, quase ri com a cena. — Não acredito...

— Pattie...?

— Como você está diferente, como cresceu desde quando saiu daqui.

— Um pouquinho. — Sorri e ela fez o mesmo.

— Venha cá. —Pattie abriu seus braços e eu fui correndo a ela. Fazia tanto tempo que eu não sentia o prazer de ter um abraço desse, um abraço maternal... Pattie sempre fez esse papel para mim, o papel que minha mãe não foi capaz de fazer. 

[...]

Entramos para dentro de casa, bom... da casa de Pattie, de uma forma estranha eu me senti em casa, deve ser pela maneira que ela me acolheu. Ela sempre foi do tipo que não guarda mágoas das pessoas mas ela não podia deixar de tocar no assunto de Justin Drew Bieber. 

— Sei que provavelmente você não irá querer tocar no assunto mas... minha curiosidade é maior Selena. — A olhei como se desse permissão para continuar. — Por que não aceitou se casar com meu filho? Por que foi embora daquela forma? — Respirei fundo e pensei muito bem na maneira que a responderia. 

— Sendo sincera Pattie, nem eu mesma sei. Na época eu achava que me casar era tão precipitado, e realmente era, poxa eu tinha 15 anos. Nessa idade eu queria sair, curtir, ser livre, crescer, amadurecer, fazer minha faculdade e aí sim casar e ter filhos...

— Você estava grávida não é? Você tirou a criança?

— Sim, eu estava grávida.  Não pensei na criança e muito menos no Justin, foi tão egoísta da minha parte. Naquela época eu estava apaixonada por um carinha do colégio e ele iria embora para Califórnia e já que meu pai morava lá eu resolvi ir também, bom... eu estava cega, adolescente apaixonada é complicado... Justin e eu éramos melhores amigos, não havia sentimentos, pelo menos eu achava que não mas estava completamente enganada. — Respondi ignorando completamente a pergunta sobre o aborto e ela pareceu aceitar o fato de eu não querer falar sobre o ocorrido.

— Como assim enganada? — Pattie me olhou com receio.

— Eu o amo Pattie, o meu pior erro foi ter o deixado. Eu o amo tanto. — Suspirei. — Sou completamente apaixonada por ele, voltei por ele! 

— Selena você precisa saber que o Justin... — Ela ia continuar mas ouvimos um barulho na porta e vozes... Como eu esqueceria aquela voz? 

— Desculpe mãe, não sabia que estava de visita. — Ouvi sua voz ofegante.— Quem é? Não irá me apresentar? — Obviamente ele não me reconheceu de costas, eu estava completamente sem coragem de levantar e me virar para ele.

— Bom... você já conhece. — Pattie falou sem jeito.
Jaxon, irmãozinho mais novo de Justin veio correndo para minha frente, parou, olhou por alguns segundos e abriu um sorriso.

— Tia Selena... — Ele veio me dar um abraço, retribuí e fiquei pensando como ele me reconheceu mas fui tirada de meus pensamentos com a voz de Justin. 

— Selena? — A voz dele enfraqueceu, meu coração acelerou. Me virei para Justin e ele estava com os olhos cheios de lágrimas. Por um momento eu esqueci como se respirava.

— Acho que vocês tem muito o que conversarem... Vamos crianças. — Pattie falou pegando na mão dos irmãos de Justin. — Bem- vinda de volta Selena. — Pattie sorriu e subiu com as crianças.

— De volta? — Justin perguntou deixando uma lágrima cair mas já tratando de limpá-la.

— Eu voltei Justin. — Falei dando um sorriso de canto tentando controlar as lágrimas que desciam já sem permissão.


Notas Finais


Deixe seu comentário por favor, é muito importante.

Me desculpe pela demora, eu estava com sérias dúvidas se eu continuaria com está fanfic mas cá estou eu, vamos ver no que vai dar haha.

xoxo da tia Gabi

Trailer da fanfic: https://www.youtube.com/watch?v=3Dk3P2UjX8k


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...