História Decisoes - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Exibições 15
Palavras 422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada a declarar, boa leitura

Capítulo 6 - Por que não me matou?


Fanfic / Fanfiction Decisoes - Capítulo 6 - Por que não me matou?

Fiquei incociente por um tempo ate que finalmente vi o clarão da luz e tive que piscar algumas vezes para me acostumar com a claridade ate que finalmente abri os olhos por completo, olhei em volta e percebi que eu não etava em casa e nem na enfermaria. Eu estava em um quarto com as paredes pintadas de preto uma bancada com uma televisao enorme e varios video games na mesma, a parede estava com varios posters
-Finalmente acordou- ouvi aguem falar e me virei na direção da porta onde o ceifero de antes estava encostado na mesma
-Onde estamos?- pesguntei confusa
-Na minha casa, mais precisamente no meu quarto- ele respondeu com um soriso malicioso nos labios
-E por que você me troxe aqui?- falei me colocando os pés no chão, porem ainda sentada na cama
-Curiosidade- ele falou e praticamrnte se teletransportou ficando na minha frente, me jogou deitada na cama enquanto segurava meus pulços
-Sai de cima de mim!- gritei tentando parecer com raiva, porem minha voz estava tremula e eu estava quase chorando
-Calma!-
-SEU MANIACO VOCÊ VAI ME ESTUPRAR!!!!- Gritei e senti lagrimas quentes decendo por meu rosto, eu não sentia força para abrir meus olhos, então deixei as lagrimas cairem e parei de me debater, pois ele era mais forte que eu grassas a esse colar idiota
-Você é fraca- Armin falou me levantando pelo pulço e me jogando no chão
-Quem colocou esse celo em você?- ele perguntou olhando pro meu colar
-Isso não é da sua conta, e só pra você saber eu sou mais forte do que imagina- falei me levantando do chão
-Ae, então prova- ele falou prgando uma catana, que eu pude perceber que era amaldiçoada
-Lute comigo- ele me jogou outra catana amaldiçoada
-O. O que?!- falei asustada
-Você não falou que era forte? Então prova- ele disse se colocando em posição de luta.
  Eu não sabia o que fazer e fiquei ali parada chocada tentando empunhar a catana. Mas claramente estava falhando pois minhas mãos estavam tremendo, ele se aproximou pra me atacar mas eu o parei segurando a ponta da catana
-Eu não vou lutar com você- falei encostando a ponta da espada em minha bariga, se ele precionasse um pouco me mataria
-Idiota!- ele falou soutando a catana no chão
-Nem todos vão ter piedade de você- ele estava indo em direção a porta mas eu segurei sua mão
-Então por que você não me matou?- perguntei ainda segurando sua mão e ele me olhou perplexo

                  Continua...

Notas Finais


Desculpem qualquer erro ortografico e ate o proximo capitulo 💖💖💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...