História Decisões de uma vida. - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Blue, Brendan, Brock, Calem, Clemont, Cynthia, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Diantha, Drew, Elesa, Gary Carvalho, Grace (mãe de Serena), Hilbert, Hilda, Korrina, Lyra, May, Misty, Nate, Natural Harmonia Gropius "N", Paul, Personagens Originais, Professor Carvalho, Professora Juniper, Rosa, Serena, Shauna, Tierno, Trevor, Trip, Yancy, Yellow
Tags Amor, Amourshiping, Ash, Ash Ketchum, Colegial, Discussões, Escola, Ódio, Pokémon, Romance, Serena, Serena Grace, Vida
Exibições 207
Palavras 1.034
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoal ^-^ eu pensei que iria demorar mais para postar mas consegui tempo e fiz esse capítulo, e acho que na próxima semana eu irei demorar muito para postar, pois eu vinha me preparando para um trabalho já faz algum tempo e finalmente vou por ele em prática e isso requer o máximo da minha atenção, mas por outro lado eu posso voltar a postar diariamente, pois assim que isso terminar minhas tarefas vão diminuir bastante, e também não posso me esquecer de agradecer sempre ao apoio de vocês, sério eu fico sem palavras para expressar minha felicidade.

Boa leitura ^-^

Capítulo 37 - Insegurança.


Fanfic / Fanfiction Decisões de uma vida. - Capítulo 37 - Insegurança.

Por Serena

 

Depois de ter uma conversa desagradável com o Gary, chego no meu quarto e vejo o Ash e a Dawn sentados de frente para o outro e ambos de mãos dadas, e ela ainda diz que quer contar algo a ele, sério essa garota está pensando o quê? Até quando ela vai entender que o Ash já tem namorada e que ela não devia ficar perdendo o tempo dela querendo o namorado dos outros? Pode ser irmã da Cynthia mas não se parece em nada com a irmã.

 

- Vamos Dawn eu te fiz uma pergunta eu quero uma resposta! – Digo e ela olha para baixo –

 

- Bem...e-e-e-u.... – Ela tenta dizer mas o Ash intervém –

 

- Calma Serena você tá deixando ela nervosa, e eu e a Dawn somos amigos, ela poderia ir contar algo pessoal dela, e que ela não se sente confortável em te contar. – Ele diz e ela confirma com a cabeça –

 

- Dessa vez vou acreditar em você Dawn, e me desculpe se estou atrapalhando algo, com licença eu vou sair um pouco. – Digo isso sentido algo bem ruim, uma vontade de chorar –

 

Por Ash

 

Nossa raramente eu vejo a Serena desse jeito, ela quase nunca concorda quando eu defendo alguém e muito menos a Dawn, tenho que fazer algo.

 

- Dawn me desculpe mas podemos conversar outra hora, acho que preciso ajudar outra pessoa agora. – Digo olhando para a Serena que saia lentamente e cabisbaixa em direção a porta –

 

- Tudo bem, depois nos falamos. Tchau. – Ela diz e me dá um beijo no rosto e sai e enquanto a Serena estava saindo eu pego no braço dela e ela me abraça na hora. Consigo ver que ela está mal por algo e pego ela no colo e a deito na cama e fico acariciando seu cabelo –

 

- Amor o que você está sentindo? – Pergunto e ela fica calada, mas percebo que seus olhos estão chios e prontos para chorar –

 

- Insegurança. – Ela diz e me surpreendo –

- Há algo lhe afligindo. – Pergunto –

 

- Sim Ash, eu estou começando a me sentir insegura com você. – Assim que ela diz eu fico bem surpreso –

 

- Comigo? Mas o que eu fiz para você está agindo assim? – Pergunto –

 

- Bem, desde aquela nossa conversa sobre a Dawn. – Assim que ela me diz as memórias veem em minha mente e lembro-me até que nesse dia a Serena estava bem pra baixo e falou até para nos separarmos e eu ficar com a Dawn, eu acho que ela ainda ficou com aquilo na cabeça –

 

- Amor porque ainda continua pensando nisso? – Pergunto –

 

- Ash eu posso estar sendo ciumenta, mas eu não consigo sentir que você confia em mim. – Eu fico calado e abaixo minha cabeça –

 

- Serena, me desculpe. Eu acho que estou errando desde o início, posso usar como desculpa que é a primeira vez que namoro, mas vi que eu consigo te fazer mal em algumas vezes, então peço que me dê mais uma chance de te mostrar que eu te amo, e me ajude a te conhecer melhor, e... – Quando vou dizer mais a Serena se levanta e põe o dedo em meus lábios –

 

- Acho que eu também não venho sendo a melhor namorada, e também não te conheço muito, mas sei que você me ama e eu te amo, e assim são os relacionamento, buscamos sempre deixar o outro feliz e ficar feliz também, e com o tempo podemos nos conhecer mais e mais, pois acho que exageramos demais para que namora a uma semana. – Assim que ela me diz, nos beijamos e ao nos separarmos vejo bem o sorriso em seu rosto. –

 

 

Por Hilbert

 

Eu estava procurando pela Hilda e não estava encontrando ela em lugar algum. Fui até o quarto do Ash e da Serena, ao chegar lá eu vejo ela na porta do quarto deles e ela estava escutando algo que acontecia lá dentro. Chego sorrateiramente e fico do seu lado e em seu ouvido falo.

 

- Deixa de ser curiosa. – Assim que digo ela se assusta –

 

- Eu só estava vendo um casal apaixonado seu inconveniente. – Ela diz emburrada –

 

- Mas isso é feio. E quando se referiu a eles como casal apaixonado, o que você pensa de nós dois? – Eu pergunto –

 

- Acho que somos…um...um...um…um casal... – Ela fica enrolando –

 

- Diz logo! Um casal? – Pergunto –

 

- Um casal sem amor. Nós brigamos muitos, ficamos muito tempo longe do outro, pouco se divertimos juntos, e nossos amigos são meio diferentes. – Assim que ela diz eu fico bem preocupado, pois ela parece estar falando sério –

 

- Hilda, no que está pensando? Ou melhor, o quer dizer com isto? – Pergunto e ela abaixa a cabeça –

 

- Nada não. Esquece isso que eu falei. – Ela diz e sai andando –

 

- Espera... – assim que vou atrás dela ela se vira e começar a rir –

 

- Seu idiota. Hahahahahahaha, você é muito fofo quando fica correndo atrás de mim, e sempre cai nas minhas brincadeiras. – Assim que ela diz eu me irrito, mas fico aliviado de ser brincadeira –

 

- NÃO FAZ MAIS ISSO NUNCA! FICA ME DEIXANDO PREOCUPADO SEMPRE! – Digo e ela me abraça –

 

- Foi mal. – Ela diz e quando olhamos vimos o Ash e a Serena. –

 

- Ei dá pra parar com o barulho aí. – A Serena diz –

 

- Tudo bem só estávamos conversando. – Diz a Hilda e a Serena fica com uma cara engraçada para nós e saímos rindo –

 

Por Dawn

 

Cheguei no meu quarto bem triste, de novo falhei com o Ash. Me jogo na cama e fico olhando para cima e escuto o Gary entrando, mas ele não me nota.

 

- Quem é o bixinho mais fofinho do pai? Eu ouvi Eevee, pois é você Eevee. – Ele diz enquanto fica fazendo cócegas na barriga do animalzinho, mas confesso que não é a coisa mais bela de se ver. –

 

- Pai? Kkkkkkkkk acho que esse animal vez você mudar mesmo Gary. – Digo rindo e ele se assusta –

 

- Bem...bem...bem...a quer saber, sim eu gosto muito dele mesmo, ele gosta de ficar comigo e isso me deixa bem de alguma forma. – Ele diz de uma forma bem alegre, realmente esse Eevee mudou ele –

 

 

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por lerem ^-^





perguntas.....





1- A Serena estava certa em sentir insegurança com o Ash ?





2- A Dawn vai conseguir ficar com o Ash algum dia ?





fora a fic....



Bem essa pergunta é de fato algo que eu gostaria muito que se possível vocês respondessem ^-^





3- Algum anime que você me recomendaria para assistir ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...