História Deep Love - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BtoB, EXO, Girls' Generation, Got7, I.O.I, Monsta X, Red Velvet, TWICE
Tags Joyri, Seulrene
Exibições 48
Palavras 1.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E cá estou euuuu!
Boa leitura e ignorem os erros, como de costume! ❤
Desculpem pela qualidade horrível da capa!

Capítulo 8 - ChanYeol VS Wendy


Fanfic / Fanfiction Deep Love - Capítulo 8 - ChanYeol VS Wendy

Kim YeRim

Após contar toda a história e os acontecimentos do dia a Joy, ela me disse a seguinte frase.

— Pesado...

É, ela continua a mesma idiota que não sabe o que falar nas piores horas.

— Você é péssima – bufei e comecei a mexer em algumas mechas do meu cabelo.

— Eu acho... – ela me olhou.

— O que? – suspirei a encarando.

— Que você ficou mais bonita depois que pintou o cabelo de loiro.

— Sinceramente, Joy... – me sentei na cama. — Qual é seu problema?

— Eu também queria saber, YeRim. – ela olhou pro lado. — Eu sou superficial em todos os sentidos, eu já nem sei mais o que tá acontecendo, você se afastou, me maltratou e agora tá aqui. E eu estou te recebendo. 

— Se o problema for estar aqui, eu vou embora. – me levantei, mas a mesma me puxou.

— Não é isso, não vá! – eu a encarei confusa. — São coisas acontecendo, eu vejo pessoas me seguindo, eu estou com medo. Eu me sinto fraca e incompetente, me sinto superficial, pareço ser fabricada.

— Igual as ricas e gostosas da escola? 

— Elas tem uma personalidade, pelo menos. Desde que comecei com o Sungjae, me sinto apenas uma delas sem ter algo que elas tem. Um mês assim... – ela parou pra pensar.

— Quem está te seguindo, sua doida? E sobre isso tudo, você quis ficar logo com um desses malas populares. E já tem um mês, né. – eu cruzei os braços.

— Eu não sei! Mas, eu sinto! Eu vejo caras de preto atrás de mim! – ela me olhou.

— Ninguém vai querer sequestrar você, Joy. Você é burra e não é rica! Não tem muita coisa pra oferecer! – eu dei risada.

— Você é insensível e idiota. – ela bufou.

— Eu acho que você não tem condições de falar de mim, nem pra ser você mesma, você presta. – eu disse séria.

— E você é o que? Personagem clichê de filme que todos se apaixonam! – ela revirou os olhos.

— Antes ser a principal clichê, do que a amiga amoeba sem personalidade dela! 

— O QUE?! – Joy veio pra cima de mim. — EU SOU O QUE?!

— Amoeba sem personalidade! Sai de cima de mim, Joy! – eu gritei.

— Só se você pedir desculpas! – ela relaxou o corpo.

— Não temos mais 11 anos pra você me forçar a pedir desculpas subindo em mim! – eu tentei empurrar a ruiva.

— E daí? – ela segurou meus pulsos acima da minha cabeça.

— Joy...isso tá estranho... – dei uma risadinha.

Ela me olhou séria e começou a se aproximar.

— Joy... 

— Yeri...

— Não faça isso. 

Joy chegou bem pertinho e começou as cócegas, eu odiava isso e ela sabia.

— NÃO, JOY! NÃO! – eu gritava desesperada.

— Pede desculpas! Agora! – ela continuava.

— OK, OK! Desculpas, Joy... – eu dizia com a respiração ofegante.

Estávamos descabeladas e vermelhas, Joy não parava de rir enquanto eu implorava pra ela sair de cima de mim.

— Joy... – sua mãe abriu a porta e nos encarou por uns segundos, ela nos olhava de um jeito estranho, provavelmente, interpretou a cena de outra forma.

Ela nem falou mais nada, apenas saiu do quarto fechando a porta. Eu e Joy começamos a gargalhar, confesso que estava sentindo falta disso.


3 dias depois, terça-feira.

Hoje era dia do Show de Talentos! O dia mais aguardado pelos clubes da escola. Tínhamos vários clubes, entre eles: Dança, rap, canto, teatro, entre outros. Mas, os únicos que podem participar do Show de Talento são dança, rap e canto. E o clube de teatro faz uma apresentação antes da competição começar, a peça desse ano seria Romeu e Julieta.

Os líderes das equipes eram:

Equipe feminina de canto: Wendy

Equipe masculina de canto: Chen

Equipe feminina de rap: Jennie

Equipe masculina de rap: Jooheon

Equipe feminina de dança: Momo

Equipe masculina de dança: Yugyeom

E os membros de cada de equipe são:

Feminina de canto: -Wendy-, Jihyo, Yeonjung, Sejeong, Nayeon, Rosé, Somi, Jisoo e Jeongyeon.

Masculino de canto: -Chen-, Baekhyun, Kyungsoo, Kihyun, Youngjae, Jaebum, Jinyoung, Sungjae, Eunkwang, Changsub e Xiumin.

Feminina de rap: -Jennie-, ChaeYoung, Irene, Nayoung, YooJung, Dahyun e Joy.

Masculina de rap: -Jooheon-, ChanYeol, Ilhoon, Mark, Jackson, I.M e Minhyuk.

Feminina de dança: -Momo-, Lisa, Chungha, Seulgi, Kang Mina, Sana e Myoui Mina.

Masculina de dança: -Yugyeom-, Kai, Lay, Sehun, Shownu, Hyungwon, Peniel e Hyunsik.

Depois de fazer essa anotação mental, eu fiquei me perguntando o porquê de fazer essa anotação mental.

Eu, Suho e Chaeyeon cuidaremos da aparelhagem, eu estava doida pra zoar com a apresentação de todo mundo, mas, tomaria uma suspensão fodida.

Eu já estava a caminho da escola, não teria aulas hoje, e quem não participava de nenhum clube que iria se apresentar hoje, arrumava o palco. 

Chaeyeon conversava com Suho perto da aparelhagem.

— Bom dia... – eu falei.

— Bom dia! Faltam 5 minutos pra começar, tá atrasadinha... – Suho cruzou os braços.

— Obrigada por me falar o ÓBVIO. – sentei do lado de Chaeyeon.

(...)

A equipe feminina de rap iria entrar agora, a masculina já estava no palco a sua espera.

— Pode vim, Jennie e sua equipe – Tzuyu falava, ela estava "apresentando".

Jennie entrou, mas, sozinha, logo em seguida, pegou o microfone.

— Pode vim, Wendy. – Jennie sorriu e todos ficaram com cara de wtf.

Wendy não fazia rap, Wendy era líder do grupo de canto, O QUE DIABOS WENDY FAZIA ALI?

— Vocês estão surpresos, certo? Mas, eu tô aqui pra desafiar uma pessoa em especial. – Wendy falou — Yeonjung será uma boa líder pra equipe de canto hoje, e eu serei o centro das atenções, certo, ChanYeol? – a morena se virou para ChanYeol com um sorriso debochado.

— O que você tá fazendo, Wendy? – ele olhou pra garota — Você é tão ruim de rap que me lembra o Vernon Headlines – ele se aproximou da garota rindo.

— E você é tão ruim, que me lembra você mesmo. – ela peitou o menino-megatron. 

Aquele tipo "Uuuuuh" foi ouvido pelo auditório.

— Tem certeza que quer competir, garota? – o ChanYeol era engraçado tentando bancar o rapper destemido. — Vai se arrepender.

— Vamos ver então. – ela empurrou o garoto.

Wendy então começou, todos ficaram surpresos porque a garota realmente sabia fazer rap, Suho mexia a holofote sempre o colocando em Wendy e ChanYeol. Ela parecia relaxada, tudo num ótimo tom e a letra era boa.

— Você quer me ouvir soletrar? F-R-A-C-A-S-S-O, defini o que você é! – ela terminou o verso. 

ChanYeol começou seu verso logo em seguida, ao contrário de Wendy, ele estava nervoso, e improvisava a letra. Wendy debochava do garoto enquanto ele fazia seus versos.

— Volta pro Canadá e não sai de lá, garota! – ele se aproximou ficando bem perto do rosto de Wendy.

O holofote então foi na direção de Wendy e as batidas mudaram. A garota voltou a fazer seus versos com calma, ela não perdia a chance de debochar do maior. O auditório estava uma loucura.

— Eu vou te dizer, garoto, você acabou de perder. – ela se virou pro auditório com os braços pro alto.

Uma gritaria forte começou depois disso. Tzuyu pegou o microfone e disse:

— Temos a vencedora do Show de Talentos. 

Tzuyu levou o prêmio até Wendy, que agradeceu e se retirou logo depois de ChanYeol, que saiu do palco frustado enquanto Jooheon puxava a equipe de rap.

(...)

Mesmo depois do Show de Talentos ter acabado, os alunos paravam Wendy para parabenizá-la. Eu e Chaeyeon andávamos do lado dela e toda hora éramos empurradas pelos novos fãs da Wendy. 

— Por que você teve que ganhar esse concurso? – eu brinquei rindo.

Seulgi me parou no meio do corredor, Wendy logo se distanciou e Chaeyeon foi com ela.

— O que foi?! – eu perguntei.

— Joy tá desesperada, disse que tem uns caras atrás dela! – Seulgi disse afobada.

— De novo essa história? Onde ela está? 

Eu e Seulgi fomos até Joy, que estava na sala de biologia chorando, Irene estava do seu lado a consolando.


Park SooYoung

Estava a caminho da escola, havia saído rapidamente pra comprar algo pra comer, se fosse rápida o suficiente, daria tempo de ver a última apresentação, a de rap.

Andava tranquilamente, até ver dois homens de preto, o desespero bateu de um jeito...havia dois dias que eu estava sendo seguida, eu tenho certeza que estava. Comecei a andar mais rápido, os homens também. 

Eu estava sendo seguida. 

Não demorou muito e eu estava correndo, os homens também. Entrei em um beco e eles vieram juntos, me escondi atrás de uma lixeira. Os homens não me viram, então sai correndo novamente, após me perceberem, voltaram atrás.

Eu estava desesperada, me sentia em um filme e estava mais confusa ainda, por que me seguiam?

Eu estava perto da escola, eles continuavam a correr atrás de mim. Entrei num outro beco, que era um atalho pra chegar na escola.


Kim YeRim

— O que houve, Joy?! – perguntei desesperada vendo o estado da mesma.

— Os homens de preto.








Notas Finais


Espero que tenham gostado! Perdão se ficou curto! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...