História Definitive Choices - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Bambam, Got7, Jackson, Jark, Mark, Markson, Youngjae, Yugyeom
Exibições 266
Palavras 734
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente! Como prometido, hoje está liberado o antepenúltimo capitulo!
Espero que gostem!! Boa leitura!

Capítulo 28 - Despedida


Fanfic / Fanfiction Definitive Choices - Capítulo 28 - Despedida

Despedida

Se passaram dois dias, hoje é o enterro dele... o enterro do meu pai. Os últimos dois dias eu dormi em casa para fazer companhia para minha mãe, ela ainda está muito abalada assim como eu. Nayeon, Momo e Yugyeom vieram para cá anteontem, eles vieram ver como estávamos e nos dar apoio. Jackson passou a dia de ontem inteiro aqui em casa comigo e minha mãe. Na frente dela, eu tentava me manter calmo, segurar minhas emoções para tentar conforta-la, mas quando eu estava sozinho com Jackson eu desabava, só conseguia chorar e pensar que aquilo não poderia ser real, que era um pesadelo que iria acabar assim que eu acordasse. Jackson tentava me confortar, mas ele não conseguia, na verdade ninguém conseguia. Eu apenas queria ficar em seus braços e chorar, era a única coisa que eu conseguia fazer quando estava sem minha mãe por perto.

Chegou a hora, estou terminando de me arrumar para o enterro, minha mãe e Jackson já estão prontos. A convivência entre eles ainda não era das melhores, mas eles estavam se esforçando. Pelo menos minha mãe não está mais contra nós, eu só lamento que meu pai teve quer morrer para isso acontecer. Saio do meu quarto e desço as escadas, os dois estavam sentados me esperando para irmos.

Mark: Estou pronto, vamos!

O pai de Jackson veio nos buscar de carro, durante todo o caminho eu só pensava no meu pai. Os momentos que passamos juntos, as vezes que ele me apoiou, as risadas que dei por sua causa e todas as outras coisas. O pior é que eu nem tive a oportunidade de me despedir, dizer o quanto eu o amava e o quanto eu sentirei sua falta.

Depois de cerca de 40 minutos, nós chegamos ao cemitério. O lugar era esteticamente bonito, mas ainda assim era um cemitério. Entramos lá e fizemos todos os preparativos até a hora que os outros chegaram para podermos enterrar meu pai. Durante toda a cerimônia minha mãe chorava, não só ela, mas familiares e amigos também. Eu tentava me segurar mas não aguentei, acabei deixando minhas lágrimas saírem. Jaebum e Youngjae vêm falar comigo assim como Nayeon, Jinyoung, Momo, Yugyeom, Minhyuk e seu irmão Hyungwon. Todos eles são meus amigos e eu queria que eles estivessem ao meu lado nesse momento.

Todos os mais próximos de meu pai vão até seu caixão se "despedir" dele. Espero todos irem e então eu me aproximo para eu ter minha vez de fazer aquilo que queria ter feito antes de vê-lo partir.

Mark: Pai, eu... eu quero te agradecer por tudo, por cada momento que passamos juntos, por você ter me criado tão bem e ter feito de mim o que eu sou hoje, por ter estado sempre ao meu lado e por me amar tanto!! Eu te amo pai, sempre irei te amar!!

Queria ter dito mais coisas, mas já estava na hora de enterra-lo. Seguimos todo o caminho até chegarmos no nosso destino, algumas pessoas deixaram flores em sua sepultura assim como eu. Minhas mãe não conseguia ver aquela cena então apenas escondeu seu rosto em meu peito e chorou.

Após o termino, todos se dirigiram até a saída, mas eu fiquei mais algum tempo ali. Jackson ficou afastado me esperando, ele sabia que eu precisava desse tempo. Ali eu consegui dizer ao meu pai tudo o que eu não consegui antes, as lágrimas que antes caiam do meus olhos, agora não caem mais. De certa forma sinto um alívio em meu peito por ter dito tudo o que eu precisava, mesmo tendo feito isso depois dele já ter partido. Me levanto e vou até Jackson.

Jackson: Está melhor!?

Mark: Sim, agora podemos ir!

Me despedi de todos os que vieram para o enterro e voltei para casa. Passei o resto do dia com Jackson no meu quarto já que minha mãe queria ficar sozinha. Eu e ele conversamos o resto do dia, eu contei a ele histórias do meu pai, acabamos por rir de algumas por serem muito engraçadas. De certa forma, falar sobre ele com o Jackson estava me fazendo bem. A noite chega, vou tomar meu banho e colocar minha roupa para dormir, Jackson logo em seguida faz o mesmo. Deito e tento fechar meu olhos, a única coisa que quero é esquecer de tudo o que aconteceu nesses últimos dias sem meu pai.


Notas Finais


E então, o que acharam?
Este capitulo também é bem triste ;-;
Espero que tenham gostado!
Até o próximo capitulo! Bjs <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...