História Deidara e Sakura ( anjo em minha vida) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kisame Hoshigaki, Konan, Maito Gai, Nagato, Naruto Uzumaki, Pain, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shizune
Tags Akatsuki, Deidara, Deisaku, Hidan, Itachi, Kakashi, Love, Naruto, Romance, Sakura, Suspense, Uchiha
Exibições 40
Palavras 1.688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Promessa é promessa


Fanfic / Fanfiction Deidara e Sakura ( anjo em minha vida) - Capítulo 3 - Promessa é promessa

Dia seguinte...

Me levanto preguiçosa e sonolenta, vou até o banheiro e tomo um banho, me olho no espelho e vejo manchas roxas em baixo dos meus olhos, parecia que eu tinha levado um soco. Em dizer que o verdadeiro culpado era um Nukennin, o renegado Deidara, não sei oque tava dando em mim. Se a Ino descobrisse oque eu tava passando essa noite e sobre a minha missão, ela poderia me ajudar, mais eu não podia dizer que estava gostando de um renegado e não podia dizer nada sobe minha missão, era segredo, meu e do Naruto, só a Hokage sabia a verdade. Nem o Deidara sabe, se ele descobrir ele pode até me matar.

Saio do banho e coloco um kinomo vermelho floriado, de mangas compridas que batia até a metade das minhas coxas, coloco também minha sapatilha preta e pego minha bolsinha.

Desso as escadas pensado em como vou ver Deidara hoje , tomo café e arrumo a casa.

Então resolvi sair pras ruas de Konoha um pouco, encontro Naruto, corro e dou um abraço enorme nele, o mesmo sempre correspondia meus abraços oque me deixava muito feliz.

-hey Sakura! conseguiu alguma coisa sobre o Nukkennin Deidara ? - disse bem baixinho, pois sabia que era uma missão secreta.

-hey Naruto! consegui, mais pouquíssimas!-digo sussurrando, porém tinha algumas pessoas olhando pra gente e fofocando algo.- e você Naruto?-digo desviando meus olhares das pessoas e focando no Naruto.

-n-nada!- disse sorrindo e todo vermelho, colocando as mãos na cabeça.

-COMO É QUE É? VOCÊ NÃO FAZ NADA! SÓ FICA ENCIMA DOS GALHOS "VIGIANDO" MAIS NÃO FAZ NADA MAIS DO QUE VÊ! APOSTO QUE VOCÊ NÃO FEZ NADA ONTEM. -digo gritando e furiosa com Naruto.

- me-me desculpe S-Sakura!-disse Naruto se encolhendo na minha frente.

Apenas suspiro...

- eu vou indo Naruto...-digo sorrindo... o mesmo me olhou aliviado.

-até mais Sakura!- disse suspirando aliviado.

Voltei a caminhar tranquila, vendo tudo normal, percebi olhares maldosos pra mim , mais fingia que nem tava vendo e segui em frente, são um bando de bêbados , tarados e pervertidos, considerados lixo.

Sinto alguém tocando meu ombro com uma mão leve e respiração calma, paro e ouço uma voz doce me chamar.

-Sakura?- a voz doce.

-D-Deidara?- digo o olhando surpresa por estar aqui na aldeia, no centro de Konoha.- oque você faz aqui? a essa hora da manhã?!- digo seria e brava com ele.

-hey! vim te ver como o prometido, porque? oque tem aver se é de manhã?- disse ele sorrindo, despreocupado e sereno.

-tudo! e manhã tem mais ninjas e também é fácil de te reconhecer . Deidara!- digo ainda seria o observando.

-mais...mais eu vim disfarçado como cidadão de Konoha Sakura-chan!- disse ele me olhando triste.

-aham, sei! De calça moletom preta com uma camiseta branca e um boné para esconder seus cabelos compridos, até de longe eu te reconheceria!- digo sorrindo.

-ha ha ha, mais vai dizer, to bonito não to?! - disse ele sorrindo, dando uma giradinha e fazendo pose. Fico corada com a pergunta.

-s-sim, mais esqueceu de um mísero detalhe.- digo fazedo um sinal de ok "👌" com minha mão.

-aé? e qual é? srt. observadora?!- disse rindo e me olhando nos olhos.

- como qual? a sua bandana, sério Deidara, com o símbolo da aldeia oculta da pedra você? um cidadão de Konoha? Tem que te o nosso símbolo, alta você tem dois moticos pra ser preso. - digo o olhando rindo da cara dele.

- ah... puxa! nem tinha pensado nisso. - disse ele retirando a bandana e pondo em seu bolso.

- toma!- digo entregando a minha bandana pra ele.- usa a minha até tu sair da aldeia, se não você vai ser pego por alguém.- digo seria.

-valeu sakura-chan! te devo muito..- disse sorrindo.- vem! quero te mostrar uma coisa, muito legal.- disse passando por mim me  estendendo a mão. Eu corro atrás dele parando no seu lado.

- pra onde você vai me levar Deidara? - digo o olhando confusa.

- é surpresa, a calma!.- disse ele se acabando de rir, mais porém eu não tenho paciência, fico seria e cruzo os braços.

Enquanto estavam os indo para fora da aldeia, conversávamos batante, parecia que já nos conhecemos a muito tempo. Todos estavam os olhando desconfiados e coxichando algo, mais fingia que nem tinha visto.

Chegando nos portões de Konoha me lembro do que a Hokage tinha me pedido antes. paro um passo antes de passar dos portões .

-DEIDARA!- digo alto, o mesmo para e me olha confuso. - eu não posso ir agora ver oque você quer me mostrar, Deidara.-digo olhando pro outro lado, ele se aproxima mais.-tenho que entregar um pergaminho pro Neji Hyuuga, que vai chegar daqui a pouco da missão. -digo o olhando nos olhos.

-Não vai demorar !  Eu prometo ! - disse ele segurando minhas mãos.

- tem que ser rápido!- digo seria e tirando delicadamente minhas mãos da dele.

- yes !  vamos! - disse ele pulando no galho de uma árvore grande, pulo junto com ele, assim nos fomos para onde ele queria me levar.

Não baixei a guarda nem um estante, sei que ele é um renegdo Nukkennin, ele tava indo pro lado da instalação, oque me fez ter um frio da barriga, resolvi pegar um shurikenn, quanto mais perto chegávamos perto dela, mais eu apertava a shurikenn em minha mão.Quando ele para e eu paro no lado dele.

- Sakura, fique aqui, eu ja volto.- disse ele descendo da árvore indo para a instalação.

Fiz oque ele pediu e fiquei quietinha la no galho da árvore. Fiquei esperando ele no máximo uns 15 minutos, logo vejo que sai o mesmo ruivo que tinha visto antes e outro com o cabelo laranja com pirceis no nariz, depôs sai Deidara ,mais dessa vez ele estava usando uniforme da Akatsuki. Os três estavam conversando logo vejo Deidara se despediu dos dois e veio direto para cá discretamente.

-demorei?-disse ele sorrindo.

-Não, quem são aqueles dois? - digo olhando curiosa pros mesmos.

- aquele de cabelo laranja é o Nagato Uzumaki, mais todos chamam ele de Pain. - disse ele olhando pra ele. - chamam ele de Paim ,  por causa da sua vida sofrida na aldeia, durante a segunda guerra ninja, da aldeia da nevoa.- disse ele ajeitando seu uniforme.

- e o outro? - digo apontando o dedo indicador pro outro.

- aquele é melhor amigo, Sasori Akasuma, manipulador de marionetes da aldeia da areia. - disse ele sorrindo. - bom, vamos?- disse ele pulando em outro galho.

- vamos! - digo o seguindo, a velocidade dele aumentava a cada minuto que passa.

Eu ja estava me cansando. - acho que não vou conseguir o acompanhar.- digo mentalmente. Nagato Uzumaki, Nagato Uzumaki, Nagato Uzumaki, ficou ecoando em minha cabeça, ele faz parte do mesmo clã que o Naruto, mais da aldeia da névoa, será que Naruto faz parte daquela aldeia?. Fiquei me perguntando. 

A Hokage mandou outra missão pro Naruto, que se encaixa na minha, eu tinha que descobrir informações e ele tinha que investigar a Akatsuki inteira.

Estava com mals pressentimentos ,  Estava segurando uma Shurikenn nas mãos. Observava Deidara, tava tão calmo e sereno, não dava pra acreditar que ele era um Nukkennin.

Raios de sol estava refletindo nele, parecia um anjo, seus cabelos dourados e olhos escarlates, tava tão lindo.

Ele pula pro chão e eu desso junto com ele, o mesmo começa a fazer os mesmos movimentos com a mão da última vez, apareceu novas em sua mão, nelas saíam argila, que se transformavam naquele pássaro enorme.

- essa é minha arte Sakura! - disse ele sorrindo olhando pra ave.

- sério? como você...fez esse pássaro, enorme?- digo olhando surpresa.

- com argila e chakra. - disse fazendo carinho no pássaro.

- qual a sua opinião sobre a arte Deidara?- digo olhando pra ele.

- bom, a minha opinião sobre a arte é que é algo passageiro, que se afasta rapidamente, a opinião do meu amigo sasori é diferente, ele acredita que a arte é algo maravilhoso, que é deixado muito tempo no futuro, na verdade não sei qual das duas é mais exata, mais casa um tem seu geito de pensar- disse ele me olhando sereno. - qual é a sua opinião sobre a arte, Sakura? - disse ele sorrindo sapeca, como se estivesse me testando.

- para mim, a arte é uma manifestação do espírito humano, ela expressa sentimentos, emoções antes de mais nada. - digo sorrindo, o mesmo me olha impressionado com a minha resposta e sorri.

- n-nossa! sua opinião é muito interessante, Sakura. - me olhou surpreso. - qual é a sua arte? - disse subindo encima da ave.

- minha arte é jutsu Byakugou, esse kinjutsu me dá grandes vantagens, assim como imensas dificuldades, ele na vedade é um jutsu que libera todo o meu chakra, do selo da minha treinadora e do meu, por todo o corpo da mesma, aumentando o fluxo de chakra por todo o corpo. - digo pensativa me lembrando do que esse kinjutsu pode fazer.

 bela arte! Sakura- disse ele se ajeitando encima do pássaro- vêm! sobe aqui! - disse ele sorrindo e estendendo a mão pra mim.

- e-eu não!. - digo dando um passo para trás.

- ah!, não me diga que tem medo de altura! - disse ele se debochando e se acabando de rir.

-eu não tenho medo de altura!- digo seria cruzando os braços, fazendo biquinho.

- ah que fofa. - corei ao ouvir isso.

Derrepente sinto algo me puxando para trás, olho para baixo era o braço de Deidara, quando ia me soltar ele me puxa me sentando em seu colo, quando olho pra baixo, já estávamos voando, apertei seus braços que estavam em volta da minha cintura com as unhas, o mesmo rio.

- me-me coloca no chão por favor, agora! - digo apavorada com a altura que estávamos.

- calma Sakura, eu não vou te deixar cair, relaxa um pouco, era isso que eu queria te mostrar, por favor, não fava disfeita. - disse ele triste, suspiro fundo e me acalmo aos poucos.

Olho pra baixo me segurando pra não ter um ataque, ele tava calmo e sereno como sempre, seus braços eram quantes, o que me deixou confortável em seu colo.

Estava com vergonha e estar no colo dele, ele parecia não se emportar de eu estar em seu colo.

Estava me sentindo mais segura e protegida em seus braços quentes.

















Continua


Notas Finais


Foi mais um espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...