História Deixa - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Normanih
Exibições 288
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drabs, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - About you


Lauren: 

Droga! De onde a Dinah tirou essa pergunta? Eu não posso responder isso, na verdade eu não sei como responder isso. Camila me olhava por de trás do copo, e a Mani ria de mim, acho que estava com cara de assustada. 

-Não vai responder Lauren?- pergunta a Dinah, acho que já tinha passado muito tempo que estava em silencio. 

-Eu acho que passei a noite inteira encarando ela porque simplesmente não consigo entender como pode ser tão linda assim e com um corpo tão bonito. - isso faz com que meu rosto queime de vergonha, olho pra Camila e ela esta mordendo a boca do copo me olhando como se tivesse muitas perguntas pra me fazer. 

-Nossa Lauren, seu lado sapatão as vezes aflora muito! - Mani não podia perder a chance falar algo. 

-Então posso girar agora? Porque já passei vergonha suficiente por hoje. - as três concordam, giro a garrafa e ela para na Mani. -Ora, ora, parece que o jogo virou não é mesmo, verdade ou desafio senhorita Kordei ? - se ela escolher verdade ela me paga. 

-escolho desafio senhorita Jauguari – droga tenho que pensar sobre o que escolher, Mani toma a dose e fica esperando o desafio, então sinto Camila se aproximar de mim e cochichar no meu pescoço isso faz com que eu arrepie mas acho que não era esse o motivo. 

-fala pra ela pedir a Dinah em namoro ! - olha Camila, não podia negar que você tinha uma mente do mal. 

-Eu desafio você a fazer uma coisa que já era pra ter feito faz tempo – ela engole seco e acho que já sabe o que é - desafio você a pedir a Dinah em namoro. 

Com isso parece que o mundo da Dinah congelou, ela travou na hora, ela estava tão feliz com a brincadeira e do nada fica seria, e no mesmo momento que isso acontece a Mani se levanta, vai em direção a mochila dela que estava no canto do quarto, procura algo na bolsa e volta para onde estávamos sentadas, levanta Dinah e se ajoelha na frente dela, mostra uma aliança, eu e Camila estávamos estáticas de como tudo aquilo estava acontecendo na nossa frente. 

-Olha Dinah, esses meses que estamos juntas tem sido maravilhosos e cada dia ao teu lado tem sido o melhor possível, você ao meu lado sempre me provou que a diferença de idade não atrapalha em nada, e hoje tu conheceu minha melhor amiga e o modo como se relacionou com ela me mostrou que você é a mulher que quero ter ao meu lado. Dinah Jane quer namorar comigo? - gente, o que esta acontecendo a minha melhor amiga está apaixonada, não a minha melhor amiga está muito apaixonada! 

-Olha Mani, eu não sei como tudo isso aconteceu mas eu não posso - não ela só pode estar tirando uma com nossa cara né. Mani parecia que tinha morrido estava palida. - estou brincando meu amor,claro que eu aceito namorar com você. - não faço ideia de quem ia infartar primeiro, eu ou a Mani com a resposta. O sorriso que a Mani da pra Dinah é contagiante, e só vejo a Dinah pulando em cima da Mani e as duas caindo, agora acho que vou ver muito mais a Dinah e espero que a Camila também.

Camila:

Minha melhor amiga estava finalmente namorando, ela e a Normani estavam ficando acho que a uns seis meses e todo mundo que ficava perto delas conseguia sentir que elas se amavam, só faltava um empurrão. Eu achava que a brincadeira tinha acabado ali, mas acho que não era assim, vi a DJ descendo do colo da Normani e voltando para o lugar onde estava sentada.

-Vamos continuar gente? – perguntou a DJ, acenamos com a cabeça.

-Vai amor, agora é sua vez de girar a garrafa- fala DJ entregando a garrafa pra Normani.

-Nossa acabaram de começar o namoro e já ta chamando de amor, nossa DJ tu é uma menininha mesmo, Normani o que você fez com a minha melhor amiga, e olha você deveria ter feito isso antes – eu não poderia perder essa chance nunca, a Dinaj chamando alguém de amor, sim mundo eu vivi pra ver isso.

-Vou girar a garrafa -  a Normani grita, um dos momentos que você vê tudo em câmera lenta é quando a garrada está quase parando e tudo que você não quer é que não pare em você, mas parece que quando você menos quer é que vai parar em você, e é assim mesmo, a garrafa para apontando para mim.

-Muito bem Camilinha, o que você escolhe, verdade ou desafio? Mas antes todo mundo bebe uma dose – bebo minha dose, e a tequila desce rasgando, eu deveria ter comido direito antes de estar bebendo.

-Eu escolho, desafio. – na hora que falo me arrependo da escolha.

-Eu desafio você a dar um beijo na Lauren – eu olho para ela com cara de assustada, e olho para Lauren, ela estava abraçada com uma garrafa, estava tão linda, com uma carinha de sono, estava desligada que acho que nem ouviu o que a Normani falou. Eu nunca tinha beijado uma menina, não que não tivesse vontade, mas nunca tive coragem, e cara a Lauren era linda e distraída ficava mais ainda, e como a Normani tinha me desafiado não tinha como fugir.

-E ai Camila vai fazer? Lauren, ta ai?

-Oi? Mani, estava distraída desculpa – como ela pode ser tão linda, ela tem traços marcantes, um sorriso lindo, e porra que olhos verdes apaixonantes, tomo a minha dose e vou engatinhando até a Lauren. Ela me olha com cara de assustada e as meninas estavam quietas, o modo como ela me olhava sem entender me dava vontade de rir, mas se eu fosse rir eu perderia a coragem.

Seguro na mão dela e ela parece prender a respiração, me aproximo dou um beijo na bochecha dela, e quando me afasto ela parece voltar a respirar, então me aproximo de novo dela, só que dessa vez encosto meus lábios na boca dela, eu sinto eles macios e quentes, ela se retrai um pouco, eu acho que ela não queria me beijar, quando começo me afastar devagar , ela me segura e me beija e desta vez quem se assusta sou eu.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...