História Deixa eu te amar (sans x leitor ) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Asriel, Char X Asriel, Chara, Frisk, Leitor, Sans, Sans X Leitor, Undertale
Exibições 75
Palavras 1.583
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nada a declarar

Capítulo 7 - Cap 7 ( Lara ? )


Ao acordar com o maldito som irritante do despertado ao meu lado eu mi levanto visto um vestido branco a jeito meu cabelo e saio do meu quarto com algumas coisas minhas em uma mochila eu acabei escutando um barulho que vinha do lado de fora então eu mi aproximei da janela e era o sans jogando uma pedrinha na mesma eu olho o despertado e eram 3:30 a.m ele estava tentando ser decreto mais logo ele viu um carro marrom com farol alto vindo pra casa era o meu pai , aquilo era estranho pois ele sempre voltava 00:00 eu mi abaixo até o chão esperando ele entrar em casa e ir pro quarto da minha mãe oque demorou 15 minutos mais quando já havia passado mais alguns minutos mi levantei do chão olhei pro sans que esperava escondido em un arbusto da entrada da minha casa , eu fiquei posicionando meu corpo para mi jogar da janela , meu quarto era bo segundo andar quando dei impulso que mi levou para minha queda que foi interferida pelo sans que usou seus poderes pra mi segurar
-pronta ?
Perguntou o esqueleto que ofereceu o braço pra mim
- sim pronta !
Respondi animada aquilo era emocionante , eu sentia adrenalina em meu sangue eu queria correr era como si estivesse em um filme de ação no qual eu era uma espiam ou uma fugitiva oque não era mentira pois estava fugindo temporariamente de casa deixei meus pensamentos de lado e segurei o braço de sans que nos teletransporta pro quarto da frisk na qual a garota já estava pronta pra nossa aventura e misterioso lugar no qual havia uma menina no subsolo
-bom dia s/n
Disse frisk animada mais bem baixinho pra não acordar nem quem de casa
- bom dia , vamos ?
Disse também animada e baixinho
- vamos !
Seguramos os braços de sans que nos teletransporta para o mesmo local onde eu havia encontrado a menina misteriosa
- bom e aonde começamos ?
Disse frisk animada e com o tom normal da voz
- acho melhor vocês dois procurarem um pouco longe do bosque enquanto isso eu olho por aqui perto está bem ?
Disse normal com um sorriso um pouco forçado pois sentia minhas costas se arrepiar e uma sensação de que havia mais alguém lá
-tem certeza ?
Disse sans sério acho que ele também percebeu a presença de mais alguém no local
- sim podem ir na frente eu não vou demorar muito , bos encontramos daqui 20 minutos ta bom ?
-está bem , vamos frisk
Sans chama frisk que foi correndo atrás dele fiquei observando eles até que desaparecem de minha visam eu mi viro e vejo a árvore começar a brilhar
- eu sei que você está ai , olha não se preocupe eles já foram embora estamos sozinhas
Eu disse em um tom alto para ela escutar e logo a pequena menina apareceu por trás da árvore ela se aproximou de vagar até mim
- v-verdade ,?
Ela disse nervosa , seu rosto estava corado e seis olhos ficavam destacados pelo brilho das flores e da arvore que era grande
- sim não se preocupe , vem
Ela se sentou no chão perto de mim já que eu também mi sentei ela estava fria eu abri minha mochila e peguei um casaco azul meu de quando eu era menor eu havia trago pra mesma pois pensei que poderia dar pra ela
- toma isso pode te esquentar
Dei o pequeno casaco pra ela , o casaco ficou um pouco grande nela mais ficou fofo ao mesmo tempo era do estilo de casaco que você apenas veste pois não tem zíper e tem uns botões bracos que decoram a roupa e um legueno capuz que não era muito destacado por sua cor que se escondia pela roupa
- e mi diga oque você ia mi dizer naquele dia ?
- mmmm bom era minha vez de mi apresentar , eu mi chamo Lara tenho 2 anos
- você não acha que é muito inteligente pra uma criança de 2 anos ?
- sim , mais ....
- mais ?
- mais eu sou órfão , meus pais morreram em um acidente de transito e na batida acabei parando nesse buraco e mi escondo dos outros
- por que ?
- eu não quero ir pro orfanato , não quero ser adotada , não quero ficar perto de nem quem que eu não conheça
- mais si é assim ? Por que está perto de mim ?
- por que seu pai é amigo dos meus pais
Fiquei em choque com aquele comentário mais olhei para Lara que encostava sua cabeça em meu colo ela parecia cansada , suja , com fome e machucada eu apenas fiz carinho nela fazendo a mesma dormir
- oque eu devo fazer com você ?
Perguntei baixinho , a pergunta não era pra ela , era pra mim e a mesma ecoava em minha mente até que veio uma resposta não muito decidida mais com esperança de que tudo dê certo
- por enquanto irei cuidar de você pequena
Disse baixo dando a resposta pra minha própria pergunta peguei a pequena menina em meus braços, cobri seu rosto com o capuz do casaco , mi levantando e andei a procura de sans e frisk , o enorme silêncio reinava lá era tudo quieto até que finalmente encontro os dois
-voltei
- essa é a menina ?
Disse sans olhando a mesma em meus braços dormindo bem calma e aconchegante
- sim
- El- quero dizer ela é bem fofa
Frisk quase grita mais logo para sua frase de euforia e diz animada com a voz um pouco mais baixa
- sim , bom eu preciso voltar pra casa senão minha mãe acorda e surta se não mi ver na cama
Disse para eles entenderem que já estava na hora de voltar pois já eram 5:00 a.m sans oferece seus braços e logo seguro com um braço mais sans decidi mi puxar pela cintura pois eu estava segurando a Lara e frisk segurava o outro braço do sans que nos teletransporta pro quarto de frisk
- e oque você vai fazer com ela ?
Disse frisk que soltou o sans e se jogou em sua cama
- bom eu vou ter que voltar aqui nais tarde né ?
Perguntei esperando um "sim" como resposta
- sim , e sua mãe vai reagir como com você segurando uma menina pequena ?
Ela tinha razão nessa parte então tive minha decisão
- por isso que por enquanto eu vou esconder ela , mais frisk posso vim aqui mais tarde para cuidar dela ?
- pode ! , não à problema ainda mais você precisa fazer os testes e me falar oque aconteceu ?
Disse frisk que não tirava os olhos da pequena que dormia tranquilamente em meus braços
- tá bom depois eu te falo , tchau
- tchau
Sans que ainda segurava minha cintura nos teletransporta pra sala da minha casa e solta minha cintura
- você quer ajuda pra cuidar dela ?
Disse sans se oferecendo pra cuidar da menina que dormia
- não precisa eu não quero te incomodar
Disse fazendo não com a cabeça
- tem certeza ? Por que eu não sei se as pessoas vão pensar bem quando verem você com uma menina pequena e que não tem roupa pra se vestir sem dizer que pra mim não sera um incomodo
Ele insistia em mi ajudar então suspiro bem fundo pois Sans tinha razão si mi encontrarem comprando roupa pra uma pequena menina , sem dizer que a vida da família não era nada privada por meu pai ser conhecido até mesmo na internet e fora dela
- está bem , preciso que você compre roupa intima pra ela e só o resto eu tenho aqui , mais se for possível compre alguns remédios pros machucados dela tá ?
Disse pra ele falando oque deveria comprar
- tá , então eu venho te pegar as 14:00 tchau
- tchau
Quando ele sumiu da sala fui diretamente pro meu quarto com muito cuidado para não fazer barulho nenhum , coloquei na menor na cama para dormir mi dirigi até o banheiro do meu quarto preparo o banho da Lara , pego uma sacola velha que ficava encima do meu guarda roupa conseguido pegar a sacola comecei a tirar algumas roupas que eram minhas quando eu era menor por sorte minha mãe deixou uma calcinha na sacola separei uma roupa pra Lara , coloquei encima do criado mudo olhei pra cima do meu guarda roupa e vi minha pequena mala rosa que estava guardando meus bichinhos de pelúcias dentro peguei a mesma e abri encontrando meu castor , meu coelho , meu gato e meu urso de pelúcia , levei os bichinhos pra cama do lado de Lara depois de arrumar mais algumas coisas eu finalmente mi jóquei na minha cama mexia no meu celular até cair no sono outra vez acabei acordando com Lara que havia girado do seu lado da cama até mim a mesma mi abraçava e sussurrou bem baixinho uma palavra
- mamãe
Isso doeu meu coração pois saber que uma criança tão pequena perdeu a família mais eu pretendia cuidar dela então peguei meu cobertor embrulho nós duas e durmo abraçando a menina de cabelos castanhos e de olhos azuis
Continua......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...