História Deixe a Janela Aberta - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano, Luan Santana, Zé Felipe
Personagens Henrique, Personagens Originais
Tags Romance
Exibições 110
Palavras 686
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Não é vítima é corno mesmo


Fanfic / Fanfiction Deixe a Janela Aberta - Capítulo 23 - Não é vítima é corno mesmo

---------------------------Carol Off----------------------
--------------------------Henrique On------------------
O menino foi embora agora eu posso ir conversar com ela,pulo a cerca,dou uma volta até a janela dela,do lado da janela dela tem uma planta que fica na parede então não é muito difícil de subir,subo abro a janela entro dentro do quarto e fecho a janela pra ninguém perceber,fico alguns minutos ali admirando aquela linda e doce menina,a minha menina ela fica tão linda dormindo até parece um anjo
Sento na cama dela,e chamo ela enquanto a chamo passo a mão no seu cabelo,Carol...Carol...acorda anjo
Demora um pouco pra ela acordar mais finalmente ela acorda
C:Você tem que parar com isso e tem que me deixar dormir
H:Você adora minhas visitas de noite
C:Agora que você me acordou fala logo o que você quer
H:Quero conversar com a minha muié, ué
C:Sua mulher está no hospital,junto com o seu filho
H:Minha mulher no papel,porque no meu coração é você,só você
Falo isso é ela me beija e quando dou por mim já estamos transando,acabo dormindo lá,dormir com a Carol de conchinha é a melhor coisa do mundo
Estava tudo indo perfeito até aquele menino chegar,a Carol me chama desesperada falando que eu tinha que sair dali porque o Zé tinha chegado,eu odeio quando ela o chama de Zé,ok agora o que é que vamos fazer?eu vou me esconder no armário?não tem como ou sou eu ou a barriga.Se esconder debaixo da cama?Também não,a cama da Carol é cama box,até que ela chega com a solução
C:Lihá pro Ju e fala pra ele vim pra casa  agora
H:Mais o que o Juliano vai nos ajudar
C:Simples,você se esconde no quarto dele,eu trago o Zé pro meu quarto e quando o Ju chegar você finge que chegou com ele.
H:Gostei disso não,aquele menino no seu quarto?
C:Sim,até parece que a gente nunca
Eu coloquei a mão na boca dela pra ela não terminar de falar,não suporto a nem em pensar que ela já transou com outros caras imagina saber!!!Ela tem que entender que é só minha.
Não falei mais nada apenas fiz o que ela mandou
-----------------------Henrique Off-------------------
----------------------Carol On---------------------------
O Henrique foi se esconder no quarto do Ju,e eu fui abrir a porta pro Zé,parece que ele sabia que o Henrique tava lá em casa
Z:Cadê ele?
C:Ele quem?tá doido é?
Z:O Henrique,anda eu sei que ele tá aqui
C:Tem ninguém aqui
Z:Anda Carol cadê ele
C:Já falei que ele não tá aqui
Z:Você não vai falar por bem então vai ser por mal
Ele termina de falar isso e levanta a mão pra me bater,quando ele ia me bater o Henrique segurou a mão dele
H:Tem a certeza que você vai fazer isso?
Z:Então o rato apareceu!
H:Você está falando de si mesmo?porque o único animal que tem nessa sala é você
Z:Como é?
H:Eu gaguejei?
O Henrique falou isso e eu pensei comigo mesma fudeo,o Zé vai pra cima do Henrique mais o Henrique que bater nele.Disse isso e aconteceu como eu acabei de descrever,ainda bem que na hora o Juliano chegou junto com a Isadora,o Ju tirou o Henrique de cima do Zé,e eu fui pegar alguma coisa pra limpar o machucado dos dois,quando eu volto com a caixinha de remédio o Zé fala
Z:Você é uma vagabunda Carolina
J:Veja bem como você fala da minha irmã rapaz
Z:Tô falando alguma mentira?
O Henrique já chegou gritando
H:Você sabe muito bem que ela me ama e por isso você fica aí se fazendo de vítima mais você não é vítima,você é corno mesmo
J:É cornão
Eu tentei mais não consegui eu ea Isadora começamos a rir sem parar feito duas loucas
Z:Vocês me pagam
H:Vai procurar sua chupeta que você perdeu o menino
J:É sai daqui o criança,não se mete em conversa de adulto
O Ju fala isso e ele sai bufando de raiva,o Henrique senta no sofá e eu sento também pra limpar os machucados dele
H:Ai ai
C:Seje homem,nem doi tanto
H:É porque você nunca brigou com alguém e se machucou na briga
C:Tabom então
H:Você já brigou?
Começei  a contar toda a história pra ele....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...