História Deixe a Janela Aberta - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano, Luan Santana, Zé Felipe
Personagens Henrique, Personagens Originais
Tags Romance
Exibições 92
Palavras 941
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo ficou grande pra compensar o de ontem

Capítulo 32 - Brigas de amor dão em nada


Fanfic / Fanfiction Deixe a Janela Aberta - Capítulo 32 - Brigas de amor dão em nada

Acordamos,tomamos café com toda aquela gente da festa menos a Marilia,o Henrique disse que ele tinha uma proposta de uma música pra fazer com ela chamada impasse,ok não gostei muito mais Carolina vamos diferenciar a vida normal dele e da profissional,terminamos de tomar café e ele foi me levar pra andar de cavalo,no início estava morrendo de medo mas logo me acostumei,não demorou muito ea Marília chega,eles vão pra uma sala me deixando sozinha,ELES FORAM PRA UMA SALA,AONDE SÓ OS DOIS ESTAVAM
Tabom agora fiquei bem nervosa,não sou muito de ter ciúme mais isso pra mim já é demais,eu que sou a namorada dele não ela,eu que tô grávida dele não ela,mais tudo bem,se ele quer me provocar com outras cantoras famosas,eu também posso o provocar com outros cantores famoso
Se passaram mais ou menos umas duas horas,eles saíram e eu estava no sofá mechendo no instagiram
H:Oie meu amor
Ele falou isso e se sentou ao meu lado
H:O que cê tá fazendo?vêm falar com a Marilia
C:Bom se você não está vendo eu tô mexendo no Instagram e conversando com o meu amigo,e não eu não vou ir falar com a Marilia
H:Que amigo?E por que você não vai ir falar com a Marilia?
C:O meu amigo que se chama não é da sua conta e eu não vou ir falar com a Marilia porque ela já tem sua amizade né?agora se o senhor me dar licença vou ir sair
H:Sair pra onde?espera que eu vou com você
C:Não você não vai comigo,vai ficar aqui fazendo companhia pra sua amiga,e vou pra onde não é da sua conta
H:Há Carolina cansei vai ir se fuder
Ele falou isso e eu não respondi nada,peguei minha bolsa e fui pro Centro da Cidade,estava procurando alguma coisa que desse pra Ester,vi uma coisa mais linda que a outra até eu encontrar um bore todo branco enscrito:I ♡ Tocantins me apaixonei na hora comprei e fui tomar açaí, que por sinal é uma das melhores coisas do mundo
-------------------------Carol Off------------------------
-------------------------Henrique On-------------------
Eu ea Carol tivemos um dia maravilhoso sem brigas sem nada,conto a ela da minha proposta de emprego pra Marilia com a nova música impasse ela até que gostou da música,mais não gosfoi do fato da Marilia estar cantando junto comigo e que ela iria ir pra chácara,não demorou muito ea Marília chega,como de costume eu dou um abraço nela ea Carol só sentada no sofá,observando Tudo,Marilia chega e da um beijo nela é claro que ela não ia deixar a Mari no vácuo pois o problema é comigo,eu da Mari entramos pra uma salinha pra ficarmos mais a vontade pra conversar sobre a música,ficamos ali algumas horas,saímos da sala e fui falar com a Carol ela me tratou super mal e eu não aguentei e mandei ela ir se fuder,EU MANDEI ELA SE FUDER
Ricelly Henrique você tem a noção do que você fez,você que tem que ir se fuder não a Carol,Não a minha Carolzinha,a Mari foi embora e eu fiquei ali pensando no meu erro,olho no relógio e já são 18hrs,mano cadê a Carol,começo a ficar desesperado,então decido ir procurar Ela,procuro primeiro pelo o bairro,depois pela a saída da cidade mais nada da Carol,então me lembro que não a procurei no Centro,vou até lá ea vejo parada em um ponto de táxi,chego com o carro perto e falo
H:Carol,vêm
C:Não tô bem aqui
H:Carol entra vamos pra casa conversamos melhor lá
C:Ricelly,não me irrita mais do que você já me irritou hoje
H:Eu não quero te irritar,só quero levar minha muié daqui
C:Ultimamente quem parece ser sua mulher é a Marilia certo,então vai atrás dela
H:Não ela não é minha mulher,você que é,A mãe do minha filha e que será a mãe dos meus próximos filhos,agora entra nesse carro que conversamos melhor em casa
A Carol não disse nada apenas entrou
--------------------Henrique Off-----------------------
-------------------Carol On------------------------------
Eu estava lá feliz da vida tomando meu açaí e pensando como séria a carinha da Ester,vou pro ponto de táxi e fico esperando um,se passa alguns minutos e adivinha quem chega lá?Sim o Henrique,ele fala pra entrar no carro e é claro que eu eu me nego,algumas horas atrás ele estava lá com a amiguinha dele e agora ele vêm atrás de mim?eu mando ele ir atrás da Marilia que ela era a "muié"dele não eu e foi quando ele fala
Não ela não é minha mulher,você que é, A mãe da minha filha e que será a mãe dos meus próximos filhos,agora entra nesse carro que conversamos melhor em casa.
Confesso que me deu vontade de chorar e até falar um chupa Marilia rsrs, A viajem toda foi aquele silêncio,Não demorou muito e chegamos em casa sem falar nada saio do carro,é vou direto tomar banho,saio do meu banho que estava uma maravilha e vou pro quarto,entro e vejo Henrique me olhando com aquele olhar sério que ele têm e que olhar
H:Será que podemos conversar agora?
C:Vai falando que eu vou escutando
H:Carol,eu sei aue você me ama e tudo mais,mas você tem que separar o Henrique cantor do Henrique seu marido,A Marilia não é minha única amiga e voce não tem a noção da torcida que tem pra que a gente se separa....Mais isso não vai acontecer,eu tive que encarar a sua mãe,uma prisão,minha carreira quase acabada pra finalmente poder ficar com você,então eu não vou deixar que qualquer pessoa nos separe,é eu também queria te pedir desculpa por ter mandado você se fuder eu estava de cabeça quente...
Não falei nada apenas o puxei pra um beijo e falei no seu ouvido Brigas de amor dão em nada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...