História Deixe a Janela Aberta - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano, Luan Santana, Zé Felipe
Personagens Henrique, Personagens Originais
Tags Romance
Exibições 126
Palavras 819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Social I


Fanfic / Fanfiction Deixe a Janela Aberta - Capítulo 33 - Social I

Acordei e fui arrumar as nosas malas porque se  depender do Henrique ficamos ali pro resto da vida, foi até a cozinha e estava ele ea Marília, pensei em tudo em que ele me disse e ele tinha a razão não rinha um motivo pra ficar com ciúmes deles, ficamos ali conversando um bom tempro,fomos nos arrunar e fomos pro aeroporto a Mari ia vim com a gente, ela tinha show aqui em São Paulo e ela ia ficar na casa do Henrique,chegamos na casa dele e como sempre eu estava exausta tomei um banho e fui deitar e como a tradição a Maria eo Henrique ficaram na piscina bêbedo, fui acordada com o Henrique no quarto pelado
H:Oh Carol
C:Fala Henrique
H:Tava dormindo?
C:Não, tava pulando amarelinha, agora vai colocar a sua roupa
H:Porquê? Eu gosto de ficar pelado
C:Porque você ta com visita
H:A Mari não é visita e sim minha irmã, agora Boa Noite e vai dormir
C:Tabom, Boa Noite
Esperei ele dormir e fui limpar a bagunça que estava perto da piscina, tilenha várias garrafas de bebidas e vários copos, confesso que quando eu vi eu não conseguia acreditar que eles tinham bebido tudo aquilo ai lembrei que se tratava do Henrique rsrs
Acordei e vi o Henrique desmaiado na cama ainda bem que o show dele só ia ser as 21hrs, deixo um remédio pra dor de cabeça e um copo com água  em cima da mesinha, vou até a cozinha e faço ovo mexido e um suco de laranja pra todo mundo, me sento na bancada ea Mari chega
M:Bom Dia Carolzinhau
C:Bom Dia Mari, dormiu bem?
M:Sim, só tô com um pouco de dor de cabeça
C:Quer remédio?
M:Já tomei
C:Tabom então, tem ovo mexido e suco de laranja em cima da mesa
M:Tabom
Ela pega um prato e se serve, eu e ela estava conversando de boa, até o maluco do meu namorado entrar pelado na cozinha, coçando o olho e perguntando aonde ele estava
H:Carol, aonde eu tô
C:Henrique pelo o amor de Deus olha a Mari, vai subir e colocar uma roupa depois eu te falo aonde você tava
Olhei pra Marília e ela estava segurando o riso, ele saiu e começamos a rir feito duas loucas
M:É efeito da cachaça!!!! Se prepara que vai ser sempre assim quando ele receber alguma visita que gosta
C:Ainda bem que amamos muito ele né filha, rsrs se não
M:Ele te ama muito, ele nunca amou ninguém como é com você
C:É eu sei eu também amo muito ele,mais do que qualquer coisa, ele ea Ester são a minha vida
M:Ester?
C:O nome do bebê, ele não te contou?
M:Não
C:Provavelmente ele não te contou que você vai ser ai
madrinha dela também
M:Madrinha?
C:Sim madrinha e eu não aceito não como resposta
M:Nossa, não esperava e qum eo vai ser o padrinho?
C:Vai ter duas madrinhas e dois padrinhos, que no caso será você eo Luan e o Ju ea Isa
M:Eles vão ficar muito felizes
Ficamos ali conversando um bom tempo, meu celular toca e eu vou atender
C:Alô! Quem ta falando?
L:Já esqueceu de mim?
C:Nunca né, você trocou de número foi isso
L:Hum ta bom,agora deixa eu te falar hoje as 18hrs vai ter uma social aqui em casa, vêm traz o Henrique ea Marília
C:Não sei Luan tenho que ver com o Henrique
L:Oxi ta dependendo de homem agora? Vai ver  nada vai vim e pronto
C:Tabom agora tchau
L:Tchau
Fui falar com o Henrique e ele falou que ia só que não ia ficar muito pois tinha show fui falar com a Mari e pra ela tudo bem, passou algumas horas e fomos nos arrumar e ir pra Alphaville que é aonde o Luan mora, se passou uma hora e lá chegamos toquei a cambainha ea Bru que atendeu
B:Finalmente você chegou minha irmãzinha tava quaze indo te buscar
C:Foi o trânsito, agora deixa eu te apresentar esse daqui é o Henrique
B:A jura, nunca ouvi falar no nome dele
C:A fica quietinha e essa daqui é a Marília
Entramos, apresentei a tia Marizete eo Tio Amarildo a eles quando o vejo descendo as escadas não me preocupo muitos com o que os outros vão pensar porque a sala estava cheia de gente, e corro pros braços dele o dando um abraço
L:Que saudade da minha pequena
C:Eu digo o mesmo monstro
Todos olham sem entender nada, mas o que ninguém sabia é que eo Luan eramos como irmãos, fazia
um bom tempo que eu não o via, porque ele estava fazendo show fora do Brasil
C:Deixa eu te apresentar
L:O meu cunhado?
J:Nosso Luan
L:Fica quieto cabeça
C:Esse daqui é o Henrique meu namorado e essa daqui é a Marília mais especificado a madrinha
L:Que madrinha?
C:Há da Ester que vai ser junto com você
Ele não fala nada apenas me puxa pra um abraço



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...